A Coluna do Roberto Maciel (sábado, 24.7): O desafio de prevenir mais, e muito graves, sequelas da #covid19

  • O Governo do Estado lançou o Programa Ceará Educa Mais. A meta é a de elevar o desempenho acadêmico dos estudantes do ensino fundamental e médio da rede pública estadual de ensino. A retórica oficial adiciona: “buscando a aquisição dos níveis de proficiência adequados a cada série/ano e também o desenvolvimento das competências socioemocionais necessárias à formação integral dos alunos”. Até aí, ok. É, de fato, obrigação do poder público cuidar das adequadas políticas de ensino – que, eficiente, é a base de qualquer iniciativa que se faça em áreas como saúde, infraestrutura, segurança, qualificação humana e o que mais se possa relacionar. Há, porém, a necessidade de se admitir que a medida tem um sentido extra: combater efeitos nocivos da pandemia da covid-19.

Além das mortes

Número de mortos pelo novo coronavírus no Brasil passa de 60 mil -  01/07/2020 - Equilíbrio e Saúde - Folha


É de se destacar que os achaques do coronavírus vão além das 550 mil vidas de brasileiros levadas – aquilo que o presidente Jair Bolsonaro chama de “coisa de maricas”, de “frescura” e de “mimimi”. A pandemia vai se prolongar pelos próximos anos na forma de lesões graves na educação. Tanto escolas públicas quanto privadas tiveram de suspender aulas em razão da necessidade de se prevenirem contaminações, internações e mortes. A lacuna responde por expectativas soturnas para crianças e adolescentes em aprendizagem, além de estabelecer campo favorável para a evasão escolar. Isso tudo é capaz de matar a sociedade.

Sinal de alerta
O gesto do Governo do Ceará, embora merecedor de reconhecimento, é também prova de que mais uma vez os estados e municípios vão ter de se requebrar para tentar corrigir rumos e por o futuro nos trilhos. Fora uma manifestação atrapalhada do ministro da Educação – em tom ameaçador, até -, não se viu do Planalto menção nenhuma a apoiar estudantes, professores, técnicos e famílias no sentido de arrumar o funcionamento das escolas. O que se percebe é, sempre, uma doentia vontade de atacar profissionais, dilacerar histórias e, por fim, torturar o presente e eliminar o futuro.

Sistemática
Fala do governador Camilo Santana (PT), definindo o Ceará Educa Mais: “São ações e programas que já estão sendo desenvolvidos e outras inovações em articulação com a educação em tempo integral e com a educação profissionalizante e tecnológica no Estado do Ceará. Os focos são a inovação educacional, a superação dos desafios com o intuito de promover as transformações necessárias à educação e criar oportunidades para os nossos jovens, melhorar cada vez mais as condições para nossos jovens e professores”. A ação se baseia nos eixos do Aperfeiçoamento pedagógico; Desenvolvimento e qualificação dos professores; Avanço na aprendizagem; Tempo integral; Cuidado e inclusão; Preparação para o Enem; Educação conectada; e Qualificação acadêmica e profissional dos estudantes.

Abismo racial

Refugiados africanos falam sobre experiências de racismo no Brasil: "Dói  muito" - CÁRITAS RJ

Dos empreendedores brancos que recorrem a empréstimos bancários, 57% recebem resposta positiva das instituições financeiras. Entre negros, no entanto, a proporção cai para 44%. O dado, avassalador para uma sociedade miscigenada e plural, como a brasileira, está na 11ª edição da Pesquisa de Impacto da Pandemia do Coronavírus nas Micro e Pequenas Empresas. O Sebrae e a Fundação Getúlio Vargas assinam o estudo. Outra constatação: o número de empresários negros que pediram empréstimos tem sido superior ao de brancos.

Grave
O presidente do Sebrae, Carlos Melles, diz que empreendedores negros também estão mais endividados que os brancos, assim como as perdas de faturamento foram piores entre os negros. Completa Melles: “Enquanto 43% dos negros que são donos de pequenos negócios estão com dívidas e empréstimos atrasados, entre os brancos esse percentual cai para 32%. Essa pode ser uma das justificativas para uma maior recusa de crédito para esse público”.

Articulação pela saúde e pelos direitos sociais
O Pacto Contra o Coronavírus no Ceará, liderado pela Assembleia Legislativa, colocou Canindé e Baturité na rota dos municípios a serem visitados. Deputados e técnicos estarão nessas cidades na próxima segunda-feira (26.7), agregando apoios para evitar que as pessoas deixem de ser vacinadas contra a covid-19. A ação já passou por Sobral, Viçosa do Ceará, Crateús, Tauá, Aracati e Morada Nova.

Presidente da AL-CE anuncia que ações do Pacto contra o Coronavírus terão  início nesta sexta, 2 | Política - Últimas Notícias em Fortaleza e Ceará -  O POVO

Mãos à obra
Importante notar: o Pacto está sendo realizado justamente num período em que o plenário da Assembleia está sem funcionar, por causa do recesso. Além disso, os deputados bolsonaristas, como André Fernandes, Francisco Cavalcante, Silvana Oliveira e Noélio Oliveira estão ignorando a iniciativa olimpicamente.

Sons
Termina hoje (sábado, 24.7) a edição 2021 do Fórum Harmônicas Brasil. Este ano, o evento foi completamente digital, contando com a participação dos gaitistas Márcio Abdo, Little Will e Márcio Scialis (SP), Pablo Fagundes (DF) e Benevides Chiréia (PR). Todos estão entre os mais reconhecidos instrumentistas nacionais – aplaudidos em outros países. Na edição 2021, os episódios têm apresentação do jornalista Roberto Maciel e do gaitista André Reis, de Fortaleza. Os conteúdos estão em www.youtube.com/forumharmonicas, também disponibilizados em modelo de cortes, e serão postados em formato de podcast na plataforma Spotify.

Coluna da Hora
Está no ar no podcast da Coluna da Hora live com o deputado estadual Salmito Filho (PDT). Ex-vereador, Salmito fala sobre os desafios da socidade de, passada a pandemia, retomar a normalidade. E trata também de propostas em tempos de pandemia. Todas as entrevistas da Coluna da Hora estão nas principais plataformas de áudio.

Você pode escolher os conteúdos e as plataformas:

BREAKER https://www.breaker.audio/coluna-da-hora-roberto-maciel

GOOGLE https://www.google.com/podcasts?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy81Nzk0NGNlMC9wb2RjYXN0L3Jzcw==

RADIOPUBLIC https://radiopublic.com/coluna-da-hora-roberto-maciel-G4OwnD

SPOTIFY https://open.spotify.com/show/7K2jicVkzRVoePNumXUTIw

A caminho
Terça-feira próxima, o entrevistado será o músico carioca Jefferson Gonçalves, artista que faz interessantes e releantes conexões criativas entre o blues e os gêneros do Nordeste. O encontro está marcado para as 18 horas, no perfil @robertoamaciel, no Instagram.

Sua opinião vale muito
Os leitores têm canais livres com o Portal InvestNE e com a Coluna do Roberto Maciel. Nosso e-mail é portalinvestne@gmail.com e o número de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta