Empresa de crédito explica como evitar fraude na solicitação de empréstimo

Em alta no Brasil, o empréstimo se tornou comum para quem precisa de um dinheiro extra, está em uma emergência financeira, necessita comprar algo ou até realizar um investimento. Diante desse cenário, a GFT Credmais, empresa brasileira com foco na área de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS, explica como evitar fraude na solicitação dessa modalidade de crédito, uma vez que apesar dos benefícios, o setor de empréstimos também sofre com tentativas ilícitas que prejudicam os clientes.

De acordo com o CEO da GFT, Leonardo Albuquerque, um dos primeiros passos é conferir o nível de reputação do local onde o empréstimo será realizado. “É de suma importância que a empresa esteja registrada como uma correspondente autorizada, por exemplo. E isso pode ser consultado no site do Banco Central do Brasil, pelo telefone 145, órgãos públicos como o Procon e em sites de reclamação como o Reclame Aqui”, destaca.

Além disso, fique atento caso solicitem dinheiro antecipado para a liberação de crédito, pois bancos e instituições não realizam esse tipo de solicitação aos seus clientes. “Ele pode ser a solução de diversos problemas financeiros. Entretanto, se não for feito da maneira correta, o consumidor pode acabar com mais problemas”, ressalta Leonardo.

Segundo o profissional, existem diversas maneiras de driblar os fraudadores e solicitar um empréstimo com segurança. “Desconfie de empréstimos vantajosos via e-mail ou celular. Não passe dados e senhas bancárias através de ligações”, finaliza o CEO da GFT.

Sobre GFT Credmais

Com ampla presença nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste, a GFT Credmais é referência em soluções financeiras e atua no mercado desde 2000 com foco na área de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS. Com prioridade na excelência em atendimento, além de discrição em negociações claras e transparentes, a GFT conta com uma equipe altamente qualificada para atender todas as demandas.

Deixe uma resposta