Empresa desenvolve primeiros adesivos vitamínicos do Brasil

E empresa Knit está lançando os primeiros adesivos Vitamínicos do Brasil.

O produto é justamente um adesivo que colabora para o autocuidado e praticidade, sendo utilizado também no lugar de comprimidos e/ou injeções. “A rotina de cuidar com a saúde ficou mais observada com a pandemia, mas essa questão também pode acontecer de forma funcional. Trazer os Stickers Vitamínicos para o Brasil é uma revolução neste cuidado”, conta Henrique Zorzi, co-fundador da Knit. 

A origem dos adesivos é dos Estados Unidos, fazendo da Knit pioneira no Brasil. Todos os Stickers Vitamínicos possuem certificação de Patch Composition, e são parte do objetivo da empresa ser uma solução para o bem estar/wellness, além do conceito sustentável presente na composição do produto e embalagem, além de construir um canal de Private Label de produtos para redes de farmácias, suplementos e demais segmentos.  

Cuidados e utilização 

Os Stickers Vitamínicos possuem formato adesivo, que permite que os ativos sejam absorvidos pela pele, diretamente para a corrente sanguínea ao longo do dia. Neste primeiro momento, a KNIT disponibiliza 4 versões, cada uma com seus benefícios, sendo elas:

  • Immuno Booster – formada por Vitamina C + Glutationa + 10.000iu. Ideal para ação antioxidante, que retarda os efeitos dos radicais livres no corpo, e reforça a imunidade através das vitaminas presentes na composição.
  • Red Energy – Cafeína + Taurina + Chá Verde. Esta auxilia na concentração e disposição física e mental, além de estimular o metabolismo através de suas propriedades termogênicas e desintoxicante.
  • Beauty Care – Colágeno + Nanobelle CoezimaQ10. Como o próprio nome diz, ela possui exclusivos Nanobelle Coenzyme Q10 e Mel de Manuka, e traz elasticidade e hidratação para a pele, além de auxiliar no clareamento de manchas.
  • Anti-Aging – Xantona + Vitamina E – Antocianina + Vitamina C + Glutationa. Sendo assim, tem uma fórmula exclusiva com poderosos antioxidantes que dão elasticidade para a pele e auxiliam na redução da aparência de rugas e linhas de expressão.

De acordo com o nutricionista Juliano Marques, a suplementação, de um modo inovador, é realidade atual, que colabora para diversos benefícios. “É simplesmente algo magnífico. Sabemos que, com a correria da rotina, as pessoas têm apresentado dificuldades de estar em contato com o sol e acabam não atingindo excelentes níveis em vitamina D e, nas mais das vezes, não conseguem apresentar uma alimentação rica em micronutrientes, como por exemplo vitaminas do complexo B, C, E, D, K. Estas carências podem ser responsáveis na minimização de nossa performance, tanto física como mental. Tendo em vista estas condições e entendendo a necessidade destas pessoas, vimos que poderíamos contribuir com os nossos Stickers Vitamínicos de forma prática, tecnológica e que as pessoas pudessem levar para qualquer lugar”, completa Marques. 

Os ativos de cada Sticker ficam concentrados no adesivo, sendo assim, quando cola sobre a pele, o calor e a umidade da pele começam a extrair estes ativos do adesivo. Os componentes são absorvidos pelo Estrato Córneo, que é a camada mais externa da pele. Por fim, os capilares sanguíneos da pele fazem com que estes ativos comecem a circular na corrente sanguínea. “Eles podem ser utilizados diariamente, aplicados no pulso ou braços. Cada um tem duração de efeito de 8h, além disso, podem ser utilizados mais de um adesivo por vez, por exemplo um para energia e outro com foco nos cabelos e pele”, explica Pedro Zorzi, co-fundador da marca. 

Tendências e estudos

O projeto dos Stickers Vitamínicos Knit é baseado em relatórios de tendências, pesquisas e insights extraídos da WGSN, empresa internacional de previsão de tendências. “Por meio desses estudos, percebemos uma solução de consumo transdérmico de vitaminas que ainda não é explorado no Brasil, uma vez que já são extremamente difundidos nos Estados Unidos, Europa e Oceania, e já cumprem todos os requisitos regulatórios da FDA- agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA. Vimos então uma grande oportunidade no nosso nicho wellness”, conta Henrique Zorzi.

Além disso, os sócios Pedro e Henrique Zorzi, observaram que o comportamento da população mundial está voltado para a manutenção da saúde física e mental, imunidade, bem estar e valorização do tempo. “Nosso conceito é voltado para multivitamínicos, uma vez que no país são utilizados medicamentos via derme para Alzheimer e até anti- tabagismo. Abrir as portas para essa outra vertente pode ser um grande passo para a praticidade no cuidado com a saúde e bem-estar no país, e ficamos felizes em sermos pioneiros neste posicionamento e disponibilização”, finaliza Pedro Zorzi. 

Ainda, segundo a Accont Director da WGSN, Bruna Ortega, foi observado que as tendências ressaltadas cresceram ainda mais depois da pandemia, como é o caso desta consciência da importância da saúde e autocuidado. “O boom de produtos nutricosméticos é retrato dessa procura, que busca promover a beleza de dentro para fora, através de compostos vitamínicos e ingredientes com caráter restaurativo”, explica Bruna.

De acordo com a Accont Director, a ajuda da tecnologia materializa os desejos por meio de novas ciências, como a psicodermatologia. “A procura por produtos que estimulem o bem-estar não se limita apenas à esfera individual, com o consumidor priorizando marcas que também tenham em mente o bem-estar coletivo. Por isso, produtos ou alternativas com design circular e/ou sustentáveis se tornarão ainda mais relevantes”, finaliza Bruna. 

Deixe uma resposta