A Coluna do Roberto Maciel (quinta, 5.8): A lorota da “terceira via” ajudou Hitler a dominar a Alemanha e a empurrar o mundo para a guerra

  • Terceira via numa eleição pode ser lorota, conveniência, oportunismo ou burrice. Ou tudo isso junto. Não há definição além dessas. Nem má-fé ou ingenuidade podem representar com nitidez esse mantra entoado por alguns dirigentes partidários e prováveis candidatos ao pleito de 2022 que, desde já, não têm chances na disputa. É representativo, por sinal, o caso da “terceira via” na cena alemã na década de 1930. Era essa a posição que os sociais-democratas alimentavam, numa avaliação muito próxima da dos comunistas. Era uma postura passiva, leniente, abobalhada. Foi quando Adolf Hitler ascendeu a chanceler em 1933. Havia, então, a defesa de que era possível achar alternativa de poder entre os polos políticos. Seria a tal da “terceira via”. Pois bem: deixaram Hitler crescer e a história revela como ele esmagou a bem-comportada social-democracia germânica e o desorganizado e desamparado comunismo. E mostra também como o líder nazista, o “mito germânico”, empurrou o mundo inteiro para o precipício da II Grande Guerra.

Comandante do golpe
A apreciação a seguir é de Michel Temer, o comandante do golpe que resultou em 2016 no impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT): “Eu acho que é indispensável a terceira via e não é em função do candidato. Essa é uma homenagem ao eleitor. O eleitor tem que ter uma opção. Hoje há duas radicalizações, o eleitor tem que ter a oportunidade de encontrar o caminho do meio, porque não pode acontecer de votar em branco porque não vão querer votar nem em um e nem em outro”. O caráter e o papel cumprido por Michel Temer no palco recente não deixam espaço para surpresas.

Tudo a temer
Michel Temer, que era o vice de Dilma e, assim, manobrou para removê-la do Planalto, ocupando funções para as quais não havia sido eleito, responde historicamente por parte do quadro em que o Brasil se encontra hoje. Fomentador de uma crise sem precedentes, abriu caminho para que Jair Bolsonaro, os filhos e gente como Olavo de Carvalho, Sara Winter, Oswaldo Eustáquio, Abraham Weintraub, Ricardo Salles, Roberto Jefferson, Augusto Heleno, Allan dos Santos, Bia Kicis, Daniel Silveira e Carla Zambelli ganhassem terreno na República. Hoje, Temer defende a “terceira via”. E, sem pudor, diz que isso é uma “homenagem ao eleitor”. Ora mas tá!

Democracia sob ameaça
Note-se que uma eleição no Brasil pode ter terceiras, quartas, quintas vias e o que mais seja. Essa é a chancela que a lei dá aos partidos no primeiro turno. Já no segundo turno, favorecem-se o diálogo e o entendimento entre as siglas e, em consequência, com o eleitor. Dão-se às legendas as possibilidades de interagir, negociar, acertar rumos e aparar arestas. Só não participa disso quem se esconde atrás do passaporte e foge das responsabilidades. Ou quem ameaça sangrar a inviolabilidade do voto e boicotar a democracia.

De olho


O Governo do Ceará vai por um drone do tipo VANT (Veículo Aéreo não Tripulado) para apurar gestão e fiscalização dos recursos hídricos. O equipamento tem asa fixa e é dotado de câmeras modernas RGB e multiespectral. Parece um aviãozinho de ficção-científica. Só pode ser operado com permissão das autoridades ao tráfego aéreo. Além desse aparelho, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos tem outros cinco para monitoramentos.

Contas outras
O Tribunal de Contas do Ceará agendou para o próximo dia 10 (terça-feira), começando às 9h30min, sessão plenária extraordinária. Será em formato misto – presencial e telepresencial. A pauta inclui processos que foram objeto de destaque nas sessões virtuais por pedido de sustentação oral, devido a votos distintos ou a pedido de conselheiro. As sessões extraordinárias também prevêem processos administrativos sobre matéria normativa e outros que não possam ser julgados no Plenário Virtual.

Marrion agradece

Marrion: conheça cadelinha de Sarto e como ela influenciou a campanha do  prefeito eleito - Política - Diário do Nordeste


Já está regulamentada por decreto do prefeito José Sarto Nogueira a lei 11.140, que proíbe fogos de artifício zoadentos em Fortaleza. O decreto define critérios, condições e procedimentos para apuração de infrações e aplicação de medidas administrativas e penalidades. A cachorrinha de Sarto, Marrion (acima), que debutou politicamente na campanha de 2020, há de agradecer penhoradamente.

Estresse
Mas não são apenas os bichos de estimação que se incomodam com o barulho de fogos. Fala de José Sarto: “Há inúmeros relatos e também pesquisas sobre o barulho ocasionado pelos fogos de artifício, que causa estresse e outros prejuízos a pessoas enfermas, idosos, bebês e pessoas com autismo. Existe ainda um potencial nocivo para os animais. Com a lei, passam a ser usados os fogos de artifício silenciosos, com efeitos visuais”. Aliás, foi o projeto dessa lei, da vereadora Larissa Gaspar (PT), que levou um alucinado a ameaçá-la de morte.

Retorno
Os deputados estaduais cearenses voltam hoje (quinta, 5.8) às rotinas do plenário. A Assembleia Legislativa faz, a partir das 9h30min, a primeira sessão ordinária do segundo semestre de 2021. E têm assuntos aos montes: da CPI no Senado ao hackeamento do celular do governador Camilo Santana (PT), das agressões do presidente Jair Bolsonaro à democracia, tentando impor na marra o voto impresso, às Olimpíadas. Das vacinas à morte de 560 mil brasileiros.

Dá licença?
E, claro, há a produção legislativa. É que serão lidos nesta quinta-feira 23 projetos de lei e 15 de indicação dos parlamentares, além do requerimento do deputado Moisés Braz (PT, foto) com pedido de licença para tratar de interesse particular por 120 dias.

Moises Braz | Partido dos Trabalhadores

Live
Tive uma conversa bem proveitosa com o professor Eudes Baima, historiador e destacado militante da esquerda no Ceará. Falamos sobre conjunturas local e nacional, cultura e economia, além de perspectivas políticas. A live, do meu projeto Coluna da Hora, pode ser conferida abaixo. O registro está disponível no peril @robertoamaciel, no Instagram:

Sua opinião é muito importante
Leitores têm canais permanentes com o Portal InvestNE e com a Coluna do Roberto Maciel. O e-mail é portalinvestne@gmail.com e nosso número novo(!) de WhatsApp é +55 85 99855 9789.

Deixe uma resposta