#Concursos do Tribunal de Justiça de Goiás e do Banco do Brasil são os mais buscados do segundo trimestre

Levantamento da empresa Gran Cursos Online, especializada em educação e capacitação para concursos públicos, mostra quais são os cinco concursos públicos mais buscados pelos brasileiros ao longo do segundo trimestre de 2021, com relação ao primeiro.

O certame do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) é o que reúne o maior volume de busca e interesse dos candidatos, apresentando um aumento de 207922% nos últimos 90 dias. 

Em seguida, destaca-se o concurso do Banco do Brasil, com crescimento de 7567%. O salto está associado ao lançamento do edital e abertura de inscrições para preencher as vagas de Agente de Tecnologia e Agente Comercial no último mês e por ser em um órgão bastante visado e concorrido, que teve o último edital publicado em 2018. 

O monitoramento, que apurou os concursos mais buscados durante o segundo trimestre, quando comparados com o trimestre anterior, pelo Google Search Console, aponta que, logo na sequência, aparecem o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) e Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), respectivamente, como as oportunidades de carreiras mais desejadas pelos concurseiros. 

Confira, a seguir, o ranking do aumento da busca por concursos públicos no Brasil no segundo trimestre:

ConcursosAumento de busca
Banco do Brasil7567%
TJGO207922%
TJDFT59%
TJRJ30,12%
ABIN4,68%

(Fonte: Gran Cursos Online)

“Entre os principais motivos pelo aumento de busca e interesse pela carreira pública, destacam-se o avanço da vacinação no país, a retomada gradual dos concursos públicos, com oportunidades para órgãos que atraem bastante atenção dos concurseiros e são concorridos, como o Banco do Brasil e os Tribunais de Justiça, além da estabilidade financeira e empregatícia”, comenta Gabriel Granjeiro, diretor-presidente do Gran Cursos Online.
 

Dentro desse crescimento, o levantamento revelou ainda que o Distrito Federal é o Estado que mais comprou cursos preparatórios para concursos durante os meses de abril, maio e junho, seguido por São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Deixe uma resposta