Nordeste é a região que mais sofre com o descontrole dos preços de combustíveis

O mais recente levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL) mostra que a Região Nordeste apresentou os maiores aumentos de preços do etanol e da gasolina em julho, na comparação com o fechamento do mês anterior. O etanol, que avançou 2,05%, foi encontrado pelo valor médio por litro de R$ 5,269, o mais caro do País. Já a gasolina esteve nos postos à média de R$ 6,064, após alta de 2,69%.

“Seis dos nove estados nordestinos registraram preços da gasolina acima de R$ 6,00 em julho. Ceará, Maranhão e Paraíba não superaram a marca. O aumento menos significativo na região foi registrado na Bahia, de 1,55%. Já a maior taxa, no Rio Grande do Norte, foi de 4,95%”, pontua Douglas Pina, Head de Mercado Urbano da Edenred Brasil.

O estado com a gasolina mais cara do Nordeste em julho foi o Piauí, onde o combustível foi encontrado nos postos a R$ 6,307, valor muito próximo do registrado no Rio Grande do Norte, de R$ 6,301. Na Paraíba, o menor preço médio foi encontrado, a R$ 5,790. O etanol mais barato esteve nos postos da Bahia, a R$ 5,009 o litro. No Rio Grande do Norte, o combustível com maior preço médio foi comercializado, a R$ 5,662. O aumento mais significativo foi registrado em Alagoas, de 3,53% na comparação com o fechamento de junho.

Na média da região, o diesel e o diesel S-10 também avançaram. O tipo comum foi encontrado a R$ 4,825, e o tipo S-10, a R$ 4,865. Os aumentos foram de 1,77% e 1,80%, respectivamente.

Alagoas apresentou os dois tipos do combustível com preços médios mais altos da Região Nordeste. O diesel comum foi comercializado a R$ 4,949 no estado, e o S-10, a R$ 5,019. Na Paraíba, o tipo comum foi encontrado pelo menor valor médio por litro, a R$ 4,730. Já o tipo S-10 mais barato esteve em Pernambuco, a R$ 4,666.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados à Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.

Variações e correlação gasolina x etanol

Deixe uma resposta