Como ganhar dinheiro na queda de ações? Especialista dá dicas

É possível ganhar com a quedas de ações, sim! A máxima reflete, apenas, para investidores arrojados. E, para alcançá-la, alguns recursos são aplicados: o investidor pode alugar o papel e operar vendido, vender contratos de futuro de índice, comprar dólar (queda para uns, provável alta de outros) e operar com derivativos.

Essas e outras orientações partem de Dany Chvaicer, gestor da área de Renda Variável e cofundador da Ébano Investimentos. “O importante é o investidor entender o que está fazendo e os riscos de cada operação, pois apostar na queda, entre outras coisas, significa perder na alta”, inicia Dany. 

De acordo com ele, existem duas operações a destacar. Uma é a venda coberta, na avaliação dele, ótima opção para mercado lateralizado ou leve queda. “Consiste em ter o ativo e vender opções de compra, assim o investidor recebe dinheiro à vista, mas por outro lado será obrigado a vender o ativo, caso no vencimento ele esteja acima do strike. 

A outra é a compra de put, que funciona como um seguro. Ao contrário da call que é um “teto” a put funciona como um “piso” garantindo a possibilidade de vender pelo preço do strike. “Essa é uma opção interessante, pois o investidor tem a perda limitada ao valor que colocou na operação. Muito parecida com a de um seguro de carro. Com a compra fora do dinheiro, ou seja, abaixo do valor atual, a operação é barata e tem pouca chance de dar certo, mas quando o mercado cai muito e rápido, dá muito certo criando uma assimetria ótima para o investidor. Dessa forma pode multiplicar o seu dinheiro várias vezes com o risco limitado ou apenas proteger o capital”, completa Dany. 

Para ele, há investidores que operam como alavancagem, ou seja, usam a mesma estratégia com a compra da call, apostando na alta ou a compra da put apostando na baixa. 

Deixe uma resposta