A Coluna do Roberto Maciel (terça, 24.8): “O agro é pop, o agro é tech, o agro é tudo. Agora o agro também é golpe”

  • Nos últimos dois anos, a gestão de Jair Bolsonaro irrigou com mais de R$ 121 milhões associações, sindicatos rurais e cooperativas ligadas ao agronegócio. Os dados estão no Portal da Transparência e foram apurados pelo portal The Intercept Brasil (leia aqui). Sem muito esforço, é possível, então, concluir que os arrancos golpistas acelerados por gente com os cantores sertanejos Sérgio Reis e Eduardo Araújo são, pelo menos, retribuição que parte do setor dá a quem, com a cortesia típica de quem usa o chapéu alheio – no caso, do contribuinte -, lhe assegura benesses. Em resumo, uma mão suja lava a outra. Mais ainda: pode-se também concluir que os articuladores verdadeiros estão mesmo é nos bastidores. Reis e Araújo, entre outros, são apenas marionetes que se prestam ao serviço sujo de advogar contra os direitos e as liberdades do cidadão.

Sentem-se em casa
O The Intercept constatou que Bolsonaro patrocinou desde 2019, sem licitação, mais de uma dúzia de feiras e eventos do agronegócio. Com alguma ironia, mas esbanjando precisão, o portal destaca: “O agro é pop, o agro é tech, o agro é tudo. Agora o agro também é golpe”. E é mesmo. Por trás da perigosa movimentação contra instituições da democracia, desnudada pela desavergonhada articulação do cantor Sérgio Reis, encontra-se o empresário Antônio Galvan, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Soja. Um dado muito, muitíssimo relevante é o de que o Ministério da Defesa – onde se aboletam militares brindados com cargos e altos salários por Bolsonaro – é uma dos principais fontes de financiamento das atividades do agronegócio.

Agronegócio no Brasil: os fatores que vem impulsionando esse setor

Em paralelo
Enquanto morriam cerca de 575 mil brasileiros vítimas da covid-19, alguns sem vacinas, outros sem leitos hospitalares, sem respiradores e sem oxigênio, o governo imunizava o golpismo com R$ 121 milhões.

Sem papo
E Jair Bolsonaro deu uma solene rabissaca, como se diz no Nordeste, para os governadores que defendiam reunião para tentar apaziguar ânimos entre os poderes da República. Não bastando desprezar a vontade dos gestores estaduais, nem se dignou a explicar a recusa. Determinou a paus-mandados que avisassem que ele não quer conversa. É esse o presidente, avesso ao diálogo, que foi posto para comandar os destinos do Brasil.

Conexão
A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou o projeto Ceará Conectado, iniciativa do Governo do Estado para, segundo o texto, “democratização do acesso à Internet gratuito, em espaços públicos, à população do Ceará”. A solução pode se revelar estratégica no futuro. Basta ver o perrengue por que têm passado sobretudo estudantes carentes em preparação para o Enem. Sem aulas presenciais e sem internet de qualidade para acessar aulas remotas, os alunos sofrem maus bocados.

Esquentai vossos pandeiros
A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados analisa hoje (terça-feira, 24.8) projeto que destina R$ 3 bilhões aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios para serem aplicados em ações emergenciais de apoio ao setor cultural e de serviços diretamente relacionados aos festejos de Carnaval e de São João. O relator da proposta é o deputado pernambucano Túlio Gadelha (PDT).

A rua sem frevo no carnaval de Olinda | Geral

Grave
A gigantesca e rica Associação Paulista de Supermercados pediu penico, como se diz no Nordeste. E desistiu de realizar a 36ª edição da Apas Show – megaexposição que congrega não apenas supermercados, mas distribuidoras e fabricantes de artigos diversos, agências de publicidade, profissionais de áreas distintas, fornecedores de equipamentos e quem mais possa integrar o segmento. O evento estava previsto para o período de 27 a 30 de outubro. A decisão da Apas é uma eloquente demonstração de que, na gestão de Paulo Guedes com participação de Jair Bolsonaro, o que é sólido desmancha no ar.

Núcleo
Para se ter ideia do tamanho da Associação Paulista de Supermercados, é suficiente notar que a entidade mantém três representações distritais na cidade de São Paulo, além de 13 regionais distribuídas estrategicamente pelo Estado. Fundada há mais de 50 anos, atualmente reúne 1.505 supermercados associados – que somam 4.315 lojas. Tudo o que se faz na Apas repercute nas demais regiões do Brasil.

Psico

Afinal, o que é Psicologia? - Psicologia Hoje


Na folhinha de agosto, o dia 27 é marcado como data para celebrar o profissional de Psicologia. Costuma-se dizer que psicólogo não é deus, que não faz milagre. Mas que ajuda, ajuda. Num Brasil em que há tantos – inclusive em funções estratégicas – claramente precisando de cuidados da mente, é sempre de bom tom lembrar da importância dessa categoria.

Opine
Os leitores têm meios de comunicação com esta Coluna e com o portal InvestNE. Mensagens podem ser enviadas para o e-mail portalinvestne@gmail.com e para o número de WhatsApp: +55 85 99855 9789. Contatos também podem ser feitos no espaço para comentários do site, logo abaixo desta nota.

Deixe uma resposta