App Best Gourmet Club chega ao franchising com operação 100% digital

Quem adora comer bem certamente já sentiu falta de um guia capaz de indicar os melhores espaços gastronômicos durante uma viagem ou até mesmo da cidade onde mora. Com o advento da pandemia, escolher os melhores locais para saborear um prato, mesmo que delivery, também se tornou um grande desafio.

Pensando em otimizar a experiência do consumidor, em outubro de 2020, os empreendedores Felipe Meciano e Oliver Dias, lançaram no mercado de franchising a rede de franquias Best Gourmet Club, um aplicativo de assinatura que dá acesso ao clube de descontos nos melhores restaurantes das cidades.

A ideia é bem simples: ao comprar o passaporte o cliente vai a um dos estabelecimentos parceiros da sua cidade, pede um prato ou drink e recebe 100% de desconto no segundo pedido de igual ou menor valor. A economia pode se aproximar dos R$ 400,00 mensais.

App de descontos

A proposta do Best Gourmet Club é motivar os clientes a conhecerem novos sabores fazendo um verdadeiro tour gastronômico. Para fazer parte é necessário que o cliente baixe o aplicativo Best Gourmet no celular. Lá é possível verificar todos os restaurantes participantes da sua cidade e as promoções.

Para se tornar um assinante basta escolher um dos planos: Anual (R$ 15,90 por mês), Semestral (R$ 20,90 por mês), ou Mensal (R$ 25,90).

“O uso do aplicativo é desenvolvido com códigos próprios da marca, tornando assim 100% dinâmico e mutável. O app também disponibiliza um painel de acesso aos restaurantes parceiros onde os mesmos podem verificar o fluxo de clientes do Best e fazer seu banco de dados pessoais. Disponibilizamos também um painel de acesso do franqueado, onde ele acompanha suas vendas por assinatura, cancelamentos, onde cadastra novos parceiros”, explica Felipe.

Modelo de franquia

O Best Gourmet Club atua exclusivamente home based onde é necessário apenas um celular e um computador para operar a franquia. O franqueado faz o trabalho local, mapeando os melhores restaurantes e oferecendo a parceria com o Best, assim ele cadastra os parceiros no app, e começa a fazer ações de divulgação e venda, a franqueadora cuida do marketing e da atualização do aplicativo, além das campanhas de tráfego pago para vendas no digital.

Entre os diferenciais da franquia está o baixo custo de instalação e operação, alta liquidez, fácil gestão, e payback estimado de sei a 14 meses.

O franqueado poderá atuar em todo território nacional. O investimento inicial, incluindo taxa franquia, capital de giro e custos de implantação do negócio é de R$ 26.800,00 para cidades de até 100 mil habitantes. O faturamento médio estimado é outro atrativo dessa microfranquia: R$ 3 mil a 10 mil por mês.

A marca, que trabalha com taxa de franquia de acordo com o número de habitantes do território de atuação, conta ainda com valores de investimento para municípios maiores. “Nossa missão é atender a necessidade de consumidores assinantes e restaurantes parceiros através de uma poderosa ferramenta de captação de clientes e fortalecimento do comércio local, prezando sempre pela qualidade dos parceiros, rapidez, confiabilidade do serviço, com foco na satisfação de todo o ciclo envolvido”, reforça o empresário.

Sem fronteiras

Por se tratar de um modelo home based e digital, Felipe conta que a intenção da franquia é crescer em nível nacional, já que não há necessidade de expansão em formato de caracol, onde precisa de uma cidade já atuante próxima.

Atualmente o Best Gourmet Club conta com 10 unidades franqueadas atuando home office presente em 14 cidades e 9 estados brasileiros, além de três unidades próprias e a loja física (matriz) em Cuiabá (MT). São Mais de 60 mil clientes, e mais de 800 restaurantes parceiros.

Estão previstas para serem inauguradas ainda este mês novas operações na cidade de Florianópolis (SC) e Divinópolis (MG).

A expectativa é encerrar 2021 com mais 20 operações ativas.

“O cenário pós-pandemia se apresenta como muito promissor. Não é à toa que nosso modelo de negócio foi criado em meio a uma crise econômica (em 2015) e continua crescendo mesmo em meio a mais uma crise mundial. Nesta condição é formado o ambiente perfeito para a atuação do Best, consumidores com baixo poder aquisitivo ou que tiveram reduções no orçamento, que ainda querem consumir da mesma forma como antes, e de outro lado os restaurantes, que lutavam com o baixo fluxo de clientes e altos orçamentos para o marketing. O Best vem para ser uma conexão entre esses dois lados”, finaliza o sócio fundador da Best Gourmet Club, Felipe Meciano.

Deixe uma resposta