Tribanco alavanca carteira de ativos e chega a R$ 2,4 bilhões durante a pandemia

A crise sanitária provocada pelo covid-19 ainda não acabou, mas a expectativa é de continuidade na recuperação das atividades, que passaram por ruptura no ano passado. Em pesquisa realizada pelo Banco Central, para o segundo semestre, os economistas do mercado financeiro estimam um crescimento em 4% do PIB (Produto Interno Bruto) até o final do ano, na medida em que os efeitos da vacinação sejam sentidos de forma mais abrangente.

O Tribanco divulgou o balanço que mostra que o lucro líquido recorrente do primeiro semestre de 2021 atingiu o recorde histórico de evolução da carteira de ativos de R$2,4 bilhões, crescimento em 28,5% comparado ao mesmo período do ano anterior, com maior volume de receita em cinco anos. Além do crescimento do Lucro Operacional em 205,6% e aumento do Lucro Líquido em 186,9% em relação ao primeiro semestre de 2020. Destaque também para a evolução no número de clientes ativos de pessoas jurídicas, atingindo 34 mil clientes em junho de 2021, e o recorde de prêmios emitidos de seguros fechando em 44,6 milhões, crescimento de 46,0% x junho/2020.

“Tendo o cliente como eixo central da nossa estratégia, investimos em tecnologias que nos permitem conhecer ainda mais suas necessidades. Adquirimos parte de uma empresa de analise dados e inteligência de usabilidade, e estamos avaliando a aquisição de outras do ramo de customer behavior, que certamente contribuirá para que sejamos ainda mais assertivos, ágeis, próximos e surpreendentes. Iniciativas como essas, entre outras, nos colocam de vez na era do open banking, o que nos estimula a sermos ainda mais transparentes e competitivos. Estamos abertos e queremos empoderar nossos clientes para que possam desfrutar dos benefícios que oferecemos da maneira que lhes for mais conveniente – de modo que sejam respeitadas as diretrizes dos órgãos reguladores e as novas regras da Lei Geral de Proteção de Dados”, afirma Ricardo Batista CEO da Tribanco. 

Ainda no primeiro semestre de 2021, a UNICA, maquininha de adquirência do Atacadista Martins, responsável pela captura, processamento e pagamento de vendas com cartões das principais bandeiras do mercado, e com exclusividade da bandeira Tricard, a instituição atingiu 5,9 mil clientes que faturaram R$ 3,2 bilhões, crescimento de 176% comparado ao ano anterior. 

O resultado positivo desse balanço se deve à atuação iniciada pela Tribanco em 2020, com a Proteção do Caixa e Gestão do Capital, diversificando as fontes de captação, ajustando as simulações de cenário considerando o impacto da desaceleração da atividade econômica e aumento do desemprego. Outros fatores fundamentais foram a Integração de canais não presenciais, investimentos para a integração do “onboarding” de clientes pessoas Jurídicas, especialmente os empresários individuais, através dos canais “online”. 

Tudo isso em estreita sinergia com o Grupo Martins; disponibilizando produtos e serviços em um formato inovador de aquisição de clientes, conectando os processos para estender os benefícios do Programa de Fidelização BEM – Benefícios Exclusivos Martins, consolidando as operações de meios de pagamentos das empresas, para atender integralmente as necessidades de tecnologia para o varejo e meios de pagamentos dos clientes. Adicionalmente, fomentação do PIX como uma nova opção de pagamentos de maneira rápida e gratuita, inclusive para o segmento B2B, implementando uma política comercial competitiva.

“A prioridade é apoiar o pequeno e médio varejista na manutenção do seu negócio, principalmente em tempos de crise, dar condições de crédito, seja com antecipação de recebíveis ou outra modalidade, para apoiá-lo na gestão o fluxo de caixa, manter o pequeno em condições de fomentar a cadeia produtiva, da indústria ao consumidor final, levar acesso aos canais digitais ao pequeno varejista, apoiando-o na agilidade e desburocratizando as decisões de negócio”, explica Batista.

Renovação Valores Tribanco

Diante do cenário da pandemia, o Tribanco aprimorou a política de Gestão de Pessoas, preservando empregos, sem impactar a renda dos colaboradores, implementou o home office para todos, adotando os protocolos de segurança recomendados pelas autoridades sanitárias, ainda oferecendo testes para colaboradores e familiares, assim como assegurando o retorno voluntário ao local de trabalho com segurança. 

Também renovando a política de Meio Ambiente,  aderindo ao Pacto Global da ONU, iniciando o alinhamento da estratégia da instituição aos objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS).  O Pacto Global é uma iniciativa da ONU que reúne mais de 15 mil integrantes da iniciativa privada em todo o mundo e tem por objetivo integrar os ODS às estratégias das empresas.

“O primeiro semestre de 2021, foi uma confirmação da retomada dos nossos negócios e todas estas grandes conquistas consolidaram uma fase importante para Tribanco e nossos clientes, e nos impulsionam a alcançar marcos ainda maiores em nossa trajetória”, finaliza Batista.

Deixe uma resposta