PagBank lança Tesouro Direto para seus 11,2 milhões de clientes ativos

PagBank PagSeguro, que promove soluções inovadoras em serviços financeiros e meios de pagamento e é empresa líder entre os maiores adquirentes do país em quantidade de clientes no segmento de maquininhas de cartão, amplia a sua grade de investimentos e lança o Tesouro Direto. A nova modalidade é um investimento de renda fixa, em que o investidor compra títulos públicos federais e tem, entre as muitas vantagens, liquidez diária, ou seja, os clientes têm acesso aos recursos sempre que precisar. Além disso, a aplicação possui 100% de garantia pelo Tesouro Nacional e os valores iniciais de compra de títulos são baixos, a partir de apenas R$ 30. Tudo negociado num ambiente extremamente robusto e seguro, desenvolvido pela parceria entre B3 e Tesouro Nacional.

A oferta do Tesouro Direto pelo PagBank é realizada pela plataforma de investimentos lançada em 2020, que já possui diversas opções de CDB e Fundos de Investimento, e vem disponibilizando novos produtos para crescer ainda mais a sua base de investidores.

“A nossa missão é sempre distribuir e desenvolver produtos e serviços que beneficiem nossos clientes, com o objetivo de democratizar ainda mais o acesso aos serviços financeiros e investimentos. Vemos um potencial muito grande de distribuir títulos do tesouro direto para os mais de 11 milhões de clientes da nossa base, ajudando-os a poupar e ampliar seu patrimônio”, diz Ricardo Dutra, CEO do PagBank PagSeguro.

Para quem pretende investir no Tesouro Direto, o acesso é muito fácil. Basta baixar o super app PagBank e criar uma conta gratuita, tudo isso em menos de 3 minutos*. Além do super app, também será possível investir pelo iBanking (plataforma web) e por meio de Assessores de Investimentos.

O Tesouro Direto será disponibilizado nas três opções de investimentos:
Tesouro Selic, indicado para os planejamentos de curto, médio e longo prazo e tem um investimento pós-fixado com a Selic como referência, em que o rendimento final depende do desempenho da taxa básica de juros. A rentabilidade da modalidade é estável e o rendimento é somado na aplicação diariamente.

Tesouro Prefixado, ideal para planejamentos de médio e longo prazo, em que o investimento é atrelado à uma taxa fixa e o cliente consegue saber quanto receberá no vencimento. O modelo garante uma rentabilidade fixa caso permaneça com a aplicação financeira até a data de vencimento. Já a opção de Tesouro Prefixado com Juros Semestrais, o investidor recebe o rendimento em forma de “cupons” e em vez de receber todos os rendimentos na data de vencimento, os pagamentos ocorrem antecipadamente, a cada seis meses, porque cada título adquirido tem uma data fixa para o pagamento.

Tem ainda o Tesouro IPCA+, para quem tem um planejamento a médio e longo prazo, com objetivo de superar a variação da inflação. Esse investimento é atrelado à uma taxa fixa somado à variação do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), cuja rentabilidade sempre supera a inflação. Para quem escolher o Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais, o investidor recebe o rendimento em forma de “cupons” antecipadamente e em vez de receber todos os rendimentos na data de vencimento, os pagamentos ocorrem antecipadamente, a cada seis meses, porque cada título tem uma data fixa para o pagamento.

Para mais informações sobre os produtos de investimentos, acesse o site do PagBank PagSeguroTesouro Direto.

Deixe uma resposta