Cinco dicas para o comércio eletrônico se preparar para o Dia das Crianças

Comemorado em 12 de outubro, o Dia das Crianças não é o período de maior faturamento no fim de ano, mas a data serve como um termômetro para o varejo medir suas potencialidades de venda, já que tem forte apelo comercial. E não são somente lojas de produtos infantis que podem aproveitar para aumentar as vendas. Outros nichos de negócio também podem entrar na onda.

Para fazer com que essa data tenha relevância no seu rendimento ao longo do ano, a sócia e diretora de produtos do Ecommerce na Prática, Babi Tonhela, elenca cinco dicas. Vale lembrar que são dicas importantes para todas as datas sazonais, por isso, não se prenda a uma específica! 

1.  Entre no clima do Dia das Crianças

Não é porque você não vende brinquedos, que não pode comemorar a data. Promova ações que despertem lembranças da infância em seus clientes. Invista em iniciativas relacionadas ao tema nas redes sociais e utilize esses canais para lembrar o seu público que o Dia das Crianças está chegando.

Vale falar de filmes antigos, brincadeiras e até alimentos que costumava comer quando era criança. Dessa forma, você gera engajamento com a sua marca, independentemente de vender produtos infantis ou não. “Ao investir em conteúdo com tema de infância, quando a data chegar, as pessoas terão a sua marca na cabeça, pois se lembrarão de algo que podem ter visto nas redes sociais ou recebido por e-mail do seu negócio”, explica Babi.

2. Se seus produtos são para o público infantil, fique atento às tendências e ofereça benefícios 

Se você vende brinquedos, roupas infantis, calçados, jogos e livros, há várias formas de aproveitar o Dia das Crianças para dar um “boom” nas vendas. Fique atento ao que é tendência e ofereça promoções, descontos, brindes, frete grátis, etc. 

Se você não trabalha com esse segmento, pode pensar em oferecer um bombom de brinde como forma de engajar o público com a data, por exemplo, já que doces são uma memória da infância. 

3. Não deposite todos os seus esforços em descontos

No Dia das Crianças, as pessoas não estão procurando, necessariamente, descontos. Afinal, a data comemorativa que tem esse foco acontece no mês seguinte: a Black Friday.

Babi alerta que os empreendedores não devem basear toda a sua ação para vender mais somente nos descontos. “Eles são importantes e podem ajudar a aumentar o faturamento, mas não podem ser a única estratégia”.

Entre outras ações possíveis, a diretora sugere condições diferenciadas, como a venda de kits. Aí sim, vale a pena a aplicação de descontos progressivos e funciona para atrair pessoas que precisam comprar mais do que um único presente. “É muito mais fácil comprar tudo de um mesmo e-commerce, do que ficar procurando produto por produto em diferentes lojas”, reforça Babi.

4. Ofereça frete grátis e frete expresso

Não pagar nada no frete sempre vai ser interessante para o cliente, seja em data comemorativa ou não. Mas sabemos como nós, brasileiros, sempre gostamos de deixar tudo para a última hora. Por isso, oferecer o frete expresso é uma ótima maneira de vender mais no Dia das Crianças, já que as pessoas podem estar dispostas a pagar um pouco mais caro, com a promessa de receber o produto antes.

Para oferecer o frete expresso, busque parceria com alguma transportadora ou companhia de motoboys que tenha condições de fazer a entrega no tempo estipulado.

5. Pense em influenciadores

As crianças hoje assistem a muitos conteúdos na internet, o que estimula o acompanhamento de influenciadores digitais. “É importante estar antenado no que as crianças estão assistindo. E nada melhor que se aproveitar dessa audiência já estabelecida para divulgar uma marca e seus produtos. Dessa forma, vários possíveis clientes estarão sendo expostos à ela”, explica a diretora.

Estude a sua persona, identifique algum influenciador que se comunique com ela e ofereça algum tipo de parceria. Assim, você conseguirá atingir mais pessoas e, consequentemente, aumentará suas chances de vender.

Deixe uma resposta