Prefeitura cria barreiras de contenção para proteger drenagem da Beira Mar

A Prefeitura de Fortaleza iniciou trabalhos de construção de três barreiras de contenção para evitar assoreamentos nas duas galerias de drenagem localizadas no aterro da Av. Beira-Mar. A medida visa proteger a área de deságue, evitando o depósito de areia e, consequentemente, a obstrução do novo sistema.

Os trabalhos fazem parte do projeto de requalificação da Av. Beira-Mar e consistem na construção de três barreiras de contenção de pedra, duas próximas à galeria da rua Idelfonso Albano e outra na altura da avenida Rui Barbosa, ao lado do espigão já existente. Cada estrutura contará com 25 metros de comprimento. O serviço é a última etapa para a finalização do novo sistema da avenida, que tem por finalidade eliminar alagamentos na região.

De acordo com o secretário municipal da Infraestrutura, Samuel Dias, “esta é uma intervenção importante para garantir o bom funcionamento e a manutenção das galerias de drenagem existentes no aterro. Nas chuvas do começo do ano, tivemos registro de alagamento na avenida exatamente devido o depósito de areia na galeria, sendo preciso a retirada do material com maquinário. Com as barreiras de contenção, esse problema não mais existirá e todo o novo sistema irá fluir com eficiência”.

Atualmente, as obras acontecem na galeria da rua Idelfonso Albano, onde as equipes trabalham na colocação de material rochoso com maquinário, apenas na área do aterro. A conclusão para finalização dos serviços é dezembro deste ano.

Sobre a obra

As obras de urbanização da Av. Beira-Mar estão com 97% dos serviços executados e possuem conclusão prevista para o segundo semestre deste ano. Ao todo, já foram urbanizados mais de 66 mil m² de área, no trecho entre a Avenida Rui Barbosa e a Rua Tereza Hinko, mudança que já tem proporcionado uma nova experiência para fortalezenses e turistas.

A obra de requalificação da Av. Beira-Mar já realizou diversas melhorias urbanísticas como a engorda da faixa de praia, expansão do calçadão, sistema de drenagem, nova pavimentação e a instalação de novos equipamentos de esporte e lazer.

Atualmente, estão em andamento ações de urbanização na orla, como paisagismo, revestimentos dos quiosques, acabamentos de piso e a construção da nova feirinha da Beira-Mar, projeto que prevê a construção de 707 boxes comerciais para a venda de artesanatos e produtos regionais.

Deixe uma resposta