Brasil

Tecnologias de identificação digital são destaque em simpósio em Recife (PE)

Posted on Updated on

Certificação em nuvem, identificação digital criptografada e validação automática de identidade em tempo real, essas foram algumas das tecnologias apresentadas pelo Serpro em um simpósio realizado em Recife (PE) e transmitido por videoconferência para Belém, Salvador e Fortaleza. O evento reuniu cerca de 160 representantes de prefeituras, secretarias estaduais, agências reguladoras, órgãos do judiciário e conselhos de classe dos quatro estados.

“Nossa ideia é difundir a imagem do Serpro e apresentar, para as instituições convidadas, as inovações da empresa relacionadas à identificação digital”, informa Carlos Alexandria, analista de Negócio do Serpro e um dos idealizadores do ProID, solução para emissão de identidades profissionais digitais, uma das tecnologias demonstradas no evento.

Na ocasião, o Serpro também apresentou o NeoID, um certificado digital em nuvem que pode ser carregado em múltiplos dispositivos, incluindo o telefone celular; e o Datavalid, solução de validação cadastral e biométrica a partir de bancos de dados do governo federal.

Casos de sucesso
“Clientes satisfeitos são um dos mais significativos sinais de sucesso de uma empresa. Mas ter um cliente falando bem de seu produto para outros potenciais clientes é um privilégio ainda maior”, analisa Carlos Alexandria. Ele refere-se à participação, no simpósio, de Archimedes Cavalcanti Júnior, presidente do Conselho Regional dos Representantes Comerciais no Estado de Pernambuco (Core-PE) e vice-presidente da Fecomércio Pernambuco, que falou sobre a experiência do Core com o ProID.

“Não só o Core-PE, mas todo o sistema Confere/Cores, composto por 24 regionais e o Conselho Federal, que foram os primeiros contratantes do ProID no Brasil. E estamos em processo de ampliação de produtos contratados”, afirma Archimedes.

Para o presidente do Core, o ProID garante plena segurança na identificação do profissional, gerando economia e abrangendo 100% da base inscrita. Além disso, a solução oferece uma possibilidade de comunicação direta da entidade com o seu registrado, por meio de mensagens institucionais, informações legais e notificações. Outra vantagem destacada por ele é a possibilidade de atualização, em tempo real, da condição do profissional, de regular a irregular, ativo a inativo, por exemplo.

“Ou seja, além da identidade profissional, o produto atrelou uma gama de outros serviços ofertados. Estamos plenamente satisfeitos com a parceria estabelecida com o Serpro, pelo atendimento profissional, meticuloso e pela agilidade no atendimento das demandas”, completa Archimedes.

TCE do Ceará lança quatro cursos a distância neste mês de junho

Posted on Updated on

Quatro cursos de educação a distância serão promovidos pelo Instituto Plácido Castelo (IPC) a partir de junho até a primeira metade de julho. As capacitações têm os seguintes temas: Educação e gestão ambiental (17/6 a 15/7), Legislação de pessoal na administração pública (17/6 a 8/7), Limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos urbanos: principais aspectos (10/6 a 8/7) e As repercussões do Código de Processo Civil Brasileiro no processo administrativo dos Tribunais de Contas (10/6 a 15/7), este último, um curso de extensão.

As pré-inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Sistema de Gestão Educacional (Siged), no site do IPC, para os cursos de Legislação pessoal na administração pública e Educação e gestão ambiental, até 12/6 e 15/6, respectivamente, já que o período de inscrição para os demais foi encerrado. As capacitações têm como público-alvo a sociedade e os servidores e jurisdicionados do TCE, com cargas horárias que variam entre 16 e 30 horas.

Confira o conteúdo programático de cada curso:

Educação e Gestão Ambiental

Período: 17/6 a 15/7

Carga horária: 20h

Instrutor(es): João Batista de Albuquerque Figueiredo e Pedro Henrique Alves Camelo

Objetivo geral: Favorecer o trabalho de sensibilização para servidores da gestão pública e à sociedade sobre a importância de se pensar as questões ambientais como responsabilidades coletivas, estimulando práticas que causem menor ou nenhuma agressão ao planeta. Favorecer noções acerca dos principais paradigmas da educação ambiental e da gestão ambiental, a fim de contribuir com reflexões sobre as práticas educativas nas relações de trabalho, na família e na sociedade.

MÓDULO I – NATUREZA E MEIO AMBIENTE;

MÓDULO II – EDUCAÇÃO AMBIENTAL;

MÓDULO III – GESTÃO AMBIENTAL;

MÓDULO IV – INSTRUMENTOS DE GESTÃO AMBIENTAL

Legislação de Pessoal na Administração Pública

Período: 17/6 a 8/7

Carga horária: 16h

Instrutor(es): Bruno de Oliveira Carneiro, Francisco Rafael Peixoto Brandão

Objetivo geral: Disseminar conhecimentos e favorecer discussões sobre as principais regras constitucionais que dizem respeito aos servidores públicos. Apresentar também os dispositivos constitucionais com o intuito de fornecer informações importantes para maior conhecimento sobre a matéria e disseminar, assim, boas práticas administrativas entre os agentes públicos.

MÓDULO I – CONCEITOS BÁSICOS SOBRE SERVIDORES PÚBLICOS E ADMISSÃO NO SERVIÇO PÚBLICO;

MÓDULO II – ESTABILIDADE, REMUNERAÇÃO E TETO CONSTITUCIONAL;

MÓDULO III – REGIME PREVIDENCIÁRIO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS, MODALIDADES DE APOSENTADORIA E PENSÃO E REGRAS GERAIS CONTIDAS NO ART.40DA CF/88

Limpeza Urbana e Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos: Principais Aspectos

Período: (10/6 a 8/7)

Carga horária: 30h

Instrutor(es): José Almir da Silva, Wanda Gomes de Oliveira Murta

Objetivo geral: Abordar os aspectos da limpeza urbana e do manejo de resíduos sólidos, especificamente no que se refere ao entendimento do que são resíduos sólidos, os principais elementos que envolvem esse contexto e a necessidade da correta destinação final, por meio da implantação de aterros sanitários.

MÓDULO I -O SANEAMENTO BÁSICO E OS RESÍDUOS SÓLIDOS;

MÓDULO II – A POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS – PNRS;

MÓDULO III – LEGISLAÇÃO E NORMAS TÉCNICAS PERTINENTES AO SETOR – PRINCIPAIS OBJETIVOS;

MÓDULO IV – CLASSIFICAÇÃO,TRATAMENTO E DESTINAÇÃO FINAL DOS RESÍDUOS SÓLIDOS

As Repercussões do Código de Processo Civil Brasileiro no Processo Administrativo dos Tribunais de Contas

Período: 10/6 a 15/7

Carga horária: 30h

Instrutor(es): João Marcelo Rego Magalhães

Objetivo geral: Estudar as mais relevantes repercussões do Novo Código de Processo Civil Brasileiro (NCPC) – lei nº 13.105/15, sobre a disciplina jurídica do processo administrativo, notadamente os procedimentos específicos adotados no âmbito dos Tribunais de Contas, tendo em conta a possibilidade de aplicação subsidiária do NCPC aos comandos da lei nº 8.443/92 e da lei nº 9.784/99.

UNIDADE I – PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS E APLICAÇÃO DAS NORMAS PROCESSUAIS;

UNIDADE II – DEVERES DAS PARTES E DO JUIZ;

UNIDADE III – SUSPENSÃO E SANEAMENTO DO PROCESSO;

UNIDADE IV – PROCESSO DE EXECUÇÃO;

UNIDADE V – RECURSOS E DISPOSIÇÕES FINAIS

Empresas devem apresentar Escrituração Contábil Fiscal até 31 de julho

Posted on Updated on

Está chegando a hora de as empresas cumprirem mais uma das obrigações do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Até 31 de julho, todas as pessoas jurídicas, inclusive as imunes e isentas, tributadas pelo Lucro Real, Lucro Arbitrado e Lucro Presumido, precisam fazer a entrega da Escrituração Contábil Fiscal (ECF) referente ao ano-calendário de 2018 e situações especiais de 2019. Quais são os principais cuidados para 2019?

A Anefac e a consultoria KPMG realizarão em 18 de junho (terça-feira), em Fortaleza, seminário sobre a (ECF 2019) e os Projetos de Reforma Tributária em discussão no Brasil. A ECF é uma obrigação acessória que tem por objetivo, além de interligar os dados contábeis às informações fiscais, apresentar a abertura de todas as informações relacionadas às apurações do IRPJ e da CSLL, o que agiliza o processo de acesso de informações do Fisco e torna mais eficiente o processo de fiscalização por meio do cruzamento das diversas informações com as outras obrigações acessórias que são apresentadas digitalmente pelos contribuintes. 

Para o ano de 2019, assim como em anos anteriores, a obrigatoriedade é imposta a todas as pessoas jurídicas atuantes no Brasil, sujeitas aos regimes do Lucro Real, Presumido ou que tiveram seu lucro Arbitrado, no tocante ao ano-calendário de 2018, inclusive para as pessoas jurídicas imunes e isentas. É muito importante destacar que essa obrigação guarda relação direta com as obrigações acessórias que são apresentadas ao longo do ano pelos contribuintes, e que já vem sendo objeto de fiscalização e análise por parte da Receita Federal, inclusive de forma remota (cruzamento com outras obrigações).

Nesse contexto, o seminário da ANEFAC, com conteúdo técnico da KPMG, tem por finalidade apresentar para as empresas os principais pontos que devem ser observados para o seu correto preenchimento, evitando maiores problemas e potenciais multas pela apresentação de informações incorretas ou pela omissão de informações.

Além disso, nesse seminário também serão abordados os principais aspectos envolvendo os atuais Projetos de Reforma Tributária que estão em discussão no País, as tendências de cada um dos projetos, os principais pontos de mudança, suas convergências, diferenças e os principais pontos de atenção que cada um deles irá oferecer aos contribuintes brasileiros.

Principais tópicos que serão abordados:

– Informações Gerais sobre a ECF: Prazos, processo de retificação e Penalidades

– Bloco “0” – Cadastro

– Bloco C – Informações recuperadas da ECD

– Bloco E – Informações Recuperadas da ECF Anterior e Cálculo Fiscal dos Dados Recuperados da ECD

– Bloco J – Mapeamento das Contas Contábeis do Contribuinte

– Bloco K – Saldos das Contas Contábeis por Período de Apuração (Referencial)

– Bloco L – Lucro Real

– Bloco M – Livro Eletrônico de Apuração do Lucro Real (e-Lalur) e Livro Eletrônico de Apuração da Base de Cálculo da CSLL (e-Lacs)

​- Bloco N – Cálculo do IRPJ e da CSLL

– Bloco W – Declaração País-a-País (Country-by-Country Report)

– Bloco X – Informações Econômicas

– Bloco Y – Informações Gerais

– Projetos de Reforma Tributária atualmente em discussão no País

Evento faz parte de Roadshow que está sendo realizado em 11 cidades brasileiras.

Prefeito assina empréstimo de R$ 200 milhões; equilíbrio das contas públicas de Fortaleza é essencial para investimentos

Posted on Updated on

O prefeito Roberto Cláudio assinou, na tarde desta quinta-feira (13/06), no Paço Municipal, o contrato de crédito no valor de R$ 200 milhões com o Banco Santander. Os recursos do financiamento serão investidos nos projetos de infraestrutura de Fortaleza, com obras de urbanização e em áreas como saúde, educação e turismo, de forma a garantir, como resultado final, mudanças para o bem-estar da população.

De acordo com o Prefeito, “é o equilíbrio das contas públicas que vem sendo o fator essencial para a atração de créditos na contratação de investimentos junto a bancos multilaterais e instituições privadas, o que coloca o Município de Fortaleza em uma posição bem avaliada pelo próprio sistema financeiro.”

Na última semana, Roberto Cláudio assinou outras duas operações de financiamento. No dia 05 de junho, em Brasília, o contrato de empréstimo de U$ 73,3 milhões (cerca de R$ 300 milhões em câmbio atual) junto ao Banco Mundial (BIRD) foi o primeiro financiamento internacional da história da Prefeitura de Fortaleza voltada exclusivamente para a área ambiental.

O segundo contrato de financiamento foi assinado no dia 06 de junho com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), no valor de US$ 150 milhões, o equivalente a R$ 580 milhões. O investimento será destinado ao Programa de Infraestrutura em Educação e Saneamento de Fortaleza (Proinfra), que visa à implantação de importantes intervenções na Cidade, como a urbanização de áreas de assentamentos precários.

No total, os três contratos somam, aproximadamente, R$ 1,1 bilhão que serão investidos na capital cearense. No ato de assinatura do financiamento nesta quinta-feira, o prefeito Roberto Cláudio esteve acompanhado do secretário Municipal das Finanças, Jurandir Gurgel, e do secretário-chefe de Gabinete, Marcelo Pinheiro.

Novo Plano de Cargos e Salários garante equiparação salarial de servidores do TCE Ceará

Posted on Updated on

Consenso, unidade e capacidade de diálogo garantiram a aprovação do novo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) do Tribunal de Contas do Estado do Ceará. A votação foi realizada  na tarde desta quinta-feira (13/6), na Assembleia Legislativa, em sessão presidida pelo deputado José Sarto Nogueira (PDT). O novo Plano equipara os servidores originários do TCE e os oriundos do extinto TCM. 

A equiparação salarial foi um dos pontos fundamentais, segundo o deputado Elmano de Freitas. “Além de garantir a harmonia entre os servidores do Tribunal, haverá, nos próximos três anos, uma redução de custos no caixa do tesouro.”  O relator da matéria, deputado Júlio César Filho, parabenizou a condução constante do diálogo pelo presidente Edilberto Pontes, bem como a forma conjunta de trabalho dos servidores do TCE e do extinto TCM.

 Cautela e prudência na análise do texto por parte dos dirigentes do Tribunal e da Assembleia, dos parlamentares e dos servidores foram importantes, segundo o deputado Antônio Granja, presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação. Salmito Filho também destacou a liderança do conselheiro Edilberto Pontes.
O Plano contém a organização dos cargos, funções, classes, carreiras, referências e qualificações; estruturação do Grupo Ocupacional; forma de provimento dos cargos; o desenvolvimento da carreira, tabela de vencimentos, remuneração e enquadramentos funcional e salarial, dentre outras informações.

Acompanharam a votação na Assembleia os assessores da Presidência do Tribunal que trabalharam diretamente na elaboração da proposta, além de representantes das associações de servidores.

A minuta do Projeto de Lei sobre o novo PCCR, aprovada pelo Pleno da Corte em dezembro último, chegou para análise do Legislativo Estadual em fevereiro deste ano. Com o novo Plano, serão reduzidas as assimetrias existentes entre os servidores. A elaboração de um novo PCCR estava prevista na Emenda Constitucional n° 92/2017, que extinguiu o TCM-CE e passou suas funções ao TCE.

Fábrica de caminhões chega à marca de 20 mil unidades otimizadas pela uso de dados

Posted on Updated on

A Scania acaba de atingir 20 mil veículos conectados no Brasil, desde o lançamento do serviço em janeiro de 2017. São cerca de 18.800 caminhões e 1.200 ônibus ativos. A projeção da fabricante é atingir 28 mil até o fim de 2019. Ao redor do planeta, a Scania possui 400 mil veículos comerciais conectados que geram dados usados para melhorias nas operações de transporte dos clientes. 

“Toda esta inteligência de dados nos proporcionam resultados práticos fantásticos. Conseguimos ir bem no detalhe da operação do cliente para economizar combustível e diminuir emissões de poluentes, aumentar a rentabilidade e disponibilidade da frota, além de ajudar a melhorar a condução do motorista e diminuir os acidentes”, afirma Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil. “A conectividade criou uma nova gestão para quem atua no setor de transportes e a sobrevivência no mercado passa por tirar o máximo de proveito da análise qualitativa dos dados da viagem.”

Nos Serviços Conectados Scania os dados são enviados por um módulo (Communicator), instalado nos veículos desde maio de 2016; para veículos a partir de 2012 é possível também instalar, mas com um custo. São duas opções de pacotes (Análise e Desempenho). O Análise, gratuito por 10 anos, gera relatórios semanais e mensais. O Desempenho, de custo muito competitivo, permite um acompanhamento em tempo real do veículo e do motorista, individualmente, e tem o retorno imediato do investimento.

“Estamos comemorando bastante esta marca de 20 mil veículos conectados no Brasil. Não se trata apenas de um número, mas do quanto estamos interferindo positivamente na redução de custos dos clientes, sejam pequenos, médios ou grandes clientes”, diz Fábio Souza, diretor de Serviços da Scania no Brasil. “O mais interessante é que são 7 mil veículos com o pacote Desempenho, que representam cerca de 35% dos 20 mil. Ou seja, o cliente está investindo porque enxerga um benefício. Ele vê na prática o quanto pode diminuir de custos com diesel, desgaste de pneus e lonas, manutenção e, desta forma, aumentar a vida últil da composição”, completa Souza. De acordo com o diretor, os 7 mil veículos com o pacote Desempenho colocam a Scania Brasil em quarto lugar no ranking mundial entre todos os mais de 100 países onde a fabricante atua.

Dos 7 mil, são 6.700 caminhões e 300 ônibus. Em junho de 2018, eram menos de 10 mil conectados e apenas 766 veículos com o pacote mais completo. “A opção do Desempenho pulou de 8% do total para os 35% deste momento. É um sucesso absoluto. A rede de concessionárias Scania pode demonstrar ao cliente todas as vantagens dos Serviços Conectados, inclusive com projeções reais com base no dia a dia de rodagem da frota.”   

Número atingido também comprova outra tendência

A Scania lançou no Brasil, em outubro de 2018, sua Nova Geração de caminhões, que elevou ainda mais os benefícios da conectividade por meio dos serviços. “Para quem tem o veículo da geração anterior e está adquirindo o lançamento estamos comprovando a importância da continuidade. Por outro lado, os novos clientes da marca já percebem claramente o salto de rentabilidade. A tendência de conectar o caminhão com o serviço pago só aumenta. Quanto mais tecnologia tiver o produto mais a conectivade irá contribuir. É a nova gestão sustentável do negócio”, salienta Souza.

A tendência se comprova pelos números. Dos quase 1.900 caminhões conectados da Nova Geração, cerca de 1.100 já têm o pacote Desempenho. São quase 60% do total. “A curva vai continuar subindo”, prevê Souza.

Na nova gestão dos transportes tudo passa pela conectividade

“Nenhum outro concorrente revolucionou tanto o mercado com soluções de serviços nos últimos anos como a Scania. Desde o Driver Services (treinamento), o Programa de Manutenção com Planos Flexíveis (16% na redução de custos e aumento de até 20% de disponibilidade), até a novidade mais recente, o PMS Fleet Care (para cada cliente é designado um gestor de frota para cuidar dos veículos). Tudo o que envolve produto e serviços na Nova Geração passa pela conectividade”, conclui Souza.

Governo do Ceará se reúne com empresários da Catalunha para tratar de novos investimentos

Posted on Updated on

“O Ceará está de portas abertas para a Catalunha”. Com essa frase, o governador Camilo Santana (PT) recebeu no Palácio da Abolição comitiva de empresários de sete multinacionais organizada pela Câmara de Comércio Brasil-Catalunha e pelo Consulado da Espanha. O encontro é mais uma etapa do memorando de entendimento assinado ano passado entre o Governo do Ceará e os investidores para a promoção comercial e atração de novos negócios entre o estado e a Catalunha.

Na oportunidade, Camilo apresentou para o grupo a boa gestão fiscal e a organização administrativa do Estado como forma de mostrar o quão atrativo e seguro pode ser investir no Ceará. “Somos um estado que cumpre acordos e compromissos firmados com as parcerias privadas. Hoje, o Estado que lidera a eficiência em finanças no país. O Ceará é quem mais faz investimentos públicos em termos percentuais, investindo ano passado 15,2% da nossa receita corrente líquida. Somos também o primeiro lugar no ranking nacional do Ministério Público em transparência”, informou o governador.

Com uma localização geográfica privilegiada, sendo a porta de entrada do Brasil pelo Oceano Atlântico, o Ceará vem trabalhando para fortalecer os três centros de conexões implantados recentemente com o intuito de fomentar ainda mais a economia local. Camilo explicou a estratégia adotada pelo Governo.

“O Ceará tem acesso fácil a todos os mercados mundiais. Por essa localização estratégica é que a gente tem trabalhado alguns eixos importantes para o estado com uma trinca de hub’s. O hub portuário funciona em um porto do Estado, em parceria com o Porto de Roterdã. Temos lá a única zona de processamento de exportação em funcionamento no Brasil. O outro é o hub aéreo. As pessoas antes tinham que ir para São Paulo para poder ir para a Europa. Em menos de um ano nós saímos de oito voos internacionais por semana para 48 e estamos trabalhando para ampliar. Fortaleza hoje já é o terceiro aeroporto no Brasil com o maior fluxo de voos, abrindo uma série de perspectivas para importação e exportação de produtos. E a terceira é o hub tecnológico. Todos os cabos de fibra óptica que entram no continente sulamericano entram por Fortaleza. A partir disso a gente foi trabalhar uma estratégia para consolidar o Ceará como um polo tecnológico. Hoje, somos o estado com a maior rede de fibra óptica implantada no interior, com 3.500 quilômetros em cerca de 150 municípios. Recentemente foi inaugurado um data center da empresa Angola Cables, um dos maiores do mundo. Já somos o estado com o maior número de startups no Nordeste”, detalhou o chefe do Executivo cearense.

Além de garantir a infraestrutura necessária para dar suporte aos empreendimentos que buscam o Ceará, Camilo Santana ressaltou que o Governo trata de forma prioritária a promoção da educação e da qualificação dos cearenses com vista oferecer mão de obra qualificada para as empresas. “Um ponto muito precioso para nós é o capital humano. O Ceará tem investido em uma política de educação e qualificação muito forte, tanto em nível fundamental, médio, tecnológico e superior. Temos a melhor educação pública do Brasil. Abrimos nos últimos anos uma rede de institutos de línguas estrangeiras para alunos de escolas públicas para facilitar a entrada em novos mercados”, concluiu.

Confiança

Essa missão da Câmara de Comércio Brasil-Catalunha faz parte do desdobramento do memorando de entendimentos assinado entre as partes. Javier Mirallas, CEO da Mallory e presidente da Câmara, mostrou-se seguro e confiante com o que foi apresentado pelo governador. “Estamos pensando em parcerias importantes para o desenvolvimento das empresas catalãs e do Ceará. A Câmara de Comércio tem políticas vincularas às Nações Unidas que pensam em temas cruciais para o desenvolvimento econômico, como a infraestrutura, geração de energia e educação. Temos interesse em transferir conhecimento para o Ceará usando as oportunidades que o Estado nos oferece. Apostamos na relação leal do Ceará com os investidores para viabilizar os investimentos no Estado”, destacou Javier. Estiveram presentes executivos das empresas Simón, Socializa, Mallory, S&E Partners, Ferrocarrils de La Generalitat, Somrie e Acció.

Gonzalo Fournier, cônsul geral da Espanha, enfatizou que o Governo espanhol endossa essa parceria entre as multinacionais catalãs e o Ceará. “As empresas têm todo o apoio do Governo da Espanha para investir no Brasil e no Ceará”, disse. Além da comitiva catalã, a reunião teve a participação de gestores do Estado na área do desenvolvimento econômico e planejamento, como Mauro Filho (Seplag), Maia Júnior (Sedet), Eduardo Neve (Adece), César Ribeiro (assessor especial para Assuntos Internacionais) e o chefe da Casa Civil, Élcio Batista.

Ataque a petroleiros repercute na economia brasileira

Posted on Updated on

Resultado de imagem para omã

Dois petroleiros foram atacados no Golfo de Omã, elevando as tensões geopolíticas na região. Os preços do petróleo, que atingiram ontem a mínima de 5 meses, subiram forte, batendo US$ 62,40 o barril do tipo brent. Os ataques aconteceram pouco depois que D.Trump endureceu seu discurso com a Alemanha, que continua comprando gás e petróleo da Rússia, contra as orientações dos EUA. Ontem a EIA anunciou uma forte alta dos estoques de petróleo do país, disparando mais um derretimento nos preços.

Os mercados acionários estão em recuperação, com destaque para o DAX de Frankfurt (+0,40%) e o futuro do S&P500 (+0,25%). As taxas de juros continuam deprimidas, com os yields das treasuries alemãs saindo a -0,24% aa e os do Japão a -0,11% aa. O spread entre os juros de 3 meses X 10 anos está em-10 bps, mostrando manutenção da aposta em recessão ou desaceleração da economia dos EUA. O IBGE divulgou o índice de serviços de abril e ele veio um pouco abaixo da mediana das expectativas da Broadcast, de 0,5%. Em relação a abril de 2018 o índice recuou 0,7%. A alta de abril não recupera a queda março, de -0,8% e mostra, junto com indústria e varejo, atividade muito fraca no primeiro mês do segundo trimestre. Sobem as chances de mais um trimestre perto do zero, depois de 0,1% no quarto trimestre de 2018 e dos -0,3% do primeiro de 2019. Esse número de atividade fraco, junto com a manutenção dos yields da treasuries globais em queda, empurrou as taxas de juros mais um pouco para baixo. As taxas do jan/27 estão saindo a 7,92%, menor nível já observado para o vencimento.

O índice futuro do Ibovespa abriu em alta de 400 pontos e está sendo negociado a 99.850. A perspectiva de votação ainda hoje do relatório de Samuel Moreira, na comissão especial da Reforma da Previdência na Câmara. Se o relatório for aprovado tal como está, ele permite uma economia projetada de R$ 600 milhões a R$ 900 bilhões. Ainda que a discussão seja acalorada, a expectativa é que a votação seja feita hoje, com vitória para o governo.

Servidores irão parar em todo o Ceará na greve geral de hoje

Posted on Updated on

A Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), os sindicatos municipais filiados e demais entidades sindicais e movimentos sociais organizados preparam atos em todo o Ceará da greve geral marcada para a próxima sexta-feira, 14 de junho, em protesto contra a reforma da Previdência, que é vista o prenúncio do fim do direito à aposentadoria dos trabalhadores brasileiros.

Depois de organizar 10 marchas regionais contra a destruição da previdência, que mobilizou todo o estado, a Fetamce destaca que é hora de aumentar a pressão e convocar mais pessoas para a luta, através da paralisação total das atividades no país. Servidores públicos, trabalhadores do setor privado, profissionais liberais, entre outros cruzarão os braços contra amedida classificada como anti-povo.

Além de retirar direitos fundamentais ligados à aposentadoria e à seguridade, as mudanças elaboradas pela presidência atingiriam quase 90% dos 5.500 municípios do país, que enfrentariam dificuldades econômicas, segundo dados da Associação Nacional dos Auditores da Receita Fiscal do Brasil (Anfip). Isso porque o montante de benefícios pagos pelo INSS é maior do que a arrecadação de impostos e transferências federais obrigatórias nessas cidades.

Para alcançar as mudanças na Seguridade Social, o Governo Bolsonaro precisa obter 308 votos necessários para a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Nº 06, que tramita na Câmara dos Deputados. Sobre isso, os sindicatos prometem denunciar e finalizar a carreira política dos deputados que forem a favor da medida.

Os sindicalistas também criticam a milionária campanha publicitária do presidente em defesa da proposta de Reforma espalhada nas redes de TV e rádio. “A justiça brasileira fechou os olhos para a ‘manipulação’ da opinião nacional feita por Bolsonaro com dinheiro público. É ilegal. Contraria a Constituição Federal, no parágrafo 1º do artigo 37, que prevê publicidade apenas de caráter educativo, informativo ou de orientação social”, denuncia Enedina Soares.

Acompanhe a agenda no Ceará:

MunicípioLocal de ConcentraçãoHorário
AquirazRodoviária7h30
BarreiraPraça dos Taxistas8h30
BeberibeCâmara dos Vereadores8h
CaucaiaPraça da Matriz8h
FortalezaPraça da Bandeira10h30
IcóSede do Sindicato dos Servidores Municipais8h30
IguatuPraça da Caixa Econômica Federal8h
IracemaPraça Casimiro Costa Moraes (Mangueira)7h
ItapipocaPraça do Cafita8h
JaguaribaraEscola Estadual Liceu7h
Limoeiro do NorteINSS (Ao lado da Honda)8h
Maracanaú Praça da Estação de Maracanaú8h
MilhãSede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais8h30
Nova RussasPraça da Macavi8h
PacujáSede do Sindicato dos Servidores Municipais8h
QuixadáPraça da Catedral8h
Regional Cariri – Juazeiro do NorteCREDE (Rua São Pedro com Rua Rui Barbosa)8h
RussasSecretaria da Saúde7h30
SobralPraça de Cuba8h

Webserie “Radar do Comércio”, da Fecomércio-CE, lança novo episódio

Posted on Updated on

,
O 1º vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), Francisco Valdeci Cavalcante, é o segundo entrevistado para a web série “Radar do Comércio” da Fecomércio. Em sua fala, Valdeci destaca a aliança da CNC e demais instituições do Sistema S para o desenvolvimento brasileiro e pela paz social.

Valdeci ressalta que na década de 1940, o então presidente Getúlio Vargas começou esse diálogo, que originou a Carta da Paz Social, formalizada em 1946, e criação de Sesc e Senac, com seu trabalho de assistência social – saúde, educação, lazer, cultura, esporte e turismo – e qualificação profissional dos trabalhadores.

Idealizada pela equipe de comunicação do Sistema Fecomércio Ceará, foram ouvidas diversas lideranças nacionais do segmento do comércio de bens serviços e turismo do País, resultando em 14 vídeos. Temas como: economia, novo sindicalismo, e desafios do sistema S estão em destaque na série. As entrevistas podem ser acompanhadas semanalmente no canal do Youtube da Fecomércio-CE.

Link: https://www.youtube.com/watch?v=jIly3DQ_DlY&t=20s