Brasil

Ematerce fará concurso

Posted on Updated on

A edição do Diário Oficial do Estado do Ceará desta quinta-feira (19.7) divulga a sanção de lei que se refere ao concurso para a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará – Ematerce.  A seleção será aberta com 263 vagas, sendo 196 para profissionais de nível médio e 67 para nível superior.

A lei que autoriza o certame foi sancionada pelo governador Camilo Santana (PT). O edital com as informações do concurso público está previsto para ser lançado ainda este mês.

Caucaia (CE) analisa adesão a agenda ambiental

Posted on Updated on

O Instituto do Meio Ambiente de Caucaia (Imac) está investindo na sustentabilidade. E vem analisando orientações sobre a Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), programa de caráter voluntário para a adoção de medidas essenciais na constituição de uma gestão socioambiental na administração pública.

“Essa é uma agenda muito importante e nós estamos felizes em participar desse momento, que vem para multiplicar nossas ações. Estamos aqui para fazer a nossa parte” , comentou o presidente do Imac, Hugo Pontes.

O programa é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) a nível federal e tem como objetivo incluir critérios de sustentabilidade na rotina da administração pública. “Para isso, trazemos essa proposta de promover critérios socioambientais para as atividades laborais dentro da gestão municipal” , explicou Milton Alves, orientador de célula da Coordenadoria de Educação Ambiental e Articulação Social da SEMA, órgão responsável pela coordenação estadual da iniciativa. A coordenadoria vai promover outras 15 oficinas regionais para a adesão dos municípios

Entre os eixos principais estão o uso racional dos recursos naturais e bens públicos, o gerenciamento de resíduos sólidos e a qualidade de vida no ambiente de trabalho. Na prática, as ações passam, por exemplo, pela redução do consumo de energia, de papel, de água e copos plásticos. No âmbito do próprio órgão federal, em quatro anos de desenvolvimento do projeto, a instituição chegou a zerar os gastos com compra de copos descartáveis. Em 2011, quando implementou o A3P, o ministério utilizava 1 milhão de unidades.

Por meio do Imac, o município já desenvolvia algumas das diretrizes do programa. Agora, quer reimplementar o A3P e obter nova certificação, segundo a gerente do Núcleo de Educação Ambiental do IMAC, Márcia Ximenes. “Para conscientizar a população, temos que começar dentro de casa, temos que mostrar o nosso trabalho dentro da administração de Caucaia”, destaca.

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 62 milhões em 21.7

Posted on Updated on

Nenhuma aposta acertou o prêmio principal do concurso 2.060 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas foram: 08 – 09 – 11 – 25 – 39 – 41.

A estimativa da Caixa para o próximo sorteio é de um prêmio acumulado de R$ 62 milhões.

Cada uma das 186 apostas ganhadoras da Quina vai receber R$ 19.455,08. A quadra teve 8.570 acertadores. Eles vão receber cada um o prêmio de R$ 603,20.

O sorteio do concurso 2.061 será no próximo sábado (21), às 20h. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta mínima custa R$ 3,50

Icapuí (CE) analisa desenvolvimento local

Posted on Updated on

Icapuí possui diversas potencialidades que merecem ser divulgadas mundo afora. As riquezas do município enchem de orgulho os icapuienses e são motivos para atrair turistas e investimentos. O desenvolvimento local foi tema de uma oficina de estudo e planejamento realizada pela Prefeitura, através da Secretaria de Governo, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A atividade, que contou com o envolvimento de técnicos e secretariado local, é uma das etapas de construção do diagnóstico para o plano de investimento de Icapuí, que conta com o apoio da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece).

“Icapuí quer investir, atrair investidores para o município. Nessa oficina, nós vamos avaliar potencialidades. Nós temos sol o ano inteiro, um povo receptivo e acolhedor. A principal economia, a pesca, a cajucultura. Icapuí é abençoada”, destacou a secretária de Governo, Rosário Rebouças, acrescentando que a ideia é construir portfólios para divulgar as potencialidades locais.

O prefeito Raimundo Lacerda Filho ressaltou a grande potencialidade turística, histórica e cultural e agradeceu a importante parceria com o Sebrae.

“Precisamos criar um ambiente de visibilidade, nós temos muitas belezas naturais. Nós vamos investir tanto na potencialidade, quanto para profissionalizar, dentro da sustentabilidade, o turismo da nossa cidade, desde a visibilidade à capacitação de atendimento”, acrescentou.

Dinheiro do petróleo pode ser usado em prevenção de desastres naturais

Posted on Updated on

Recursos dos royalties do petróleo poderão ser destinados à prevenção de desastres naturais e ao socorro das populações atingidas por esses fenômenos. Projeto de lei (PLS 227/2011) com esse intuito foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) esta semana. O texto deve passar por mais um turno de votação na comissão.

Os royalties são tributos pagos ao governo pelo direito de exploração do petróleo. Os recursos são arrecadados pela União. Do total dos royalties, 20% vão para o Fundo Especial do Petróleo, de onde são repartidos entre todos os estados e municípios não produtores.

O PLS 227 do senador licenciado Walter Pinheiro (sem partido-BA), determina que pelo menos 20% do dinheiro desse fundo seja aplicado em ações contra desastres naturais, como obras de prevenção, de evacuação de áreas de risco, de reflorestamento de margens de rios, de contenção de encostas, entre outras. O dinheiro também deverá ser investido na prevenção de tragédias provocadas pelo vazamento de materiais radioativos.

O relator na CAE, senador Valdir Raupp (PMDB-RO), modificou a proposta para acrescentar mais uma área em que governos estaduais e prefeituras deverão aplicar a verba: a prevenção de incêndios em instalações de armazenamento de combustíveis.

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) foi o único a votar contra a proposta, por temer um enfraquecimento do Fundo Especial do Petróleo.

– Eu temo que esse projeto dilua recursos. Na época da aprovação do fundo, eu lembro que debatemos com muito cuidado. Eu próprio queria concentrar em educação, terminou chegando também em saúde, esporte, ciência, tecnologia e meio ambiente. De qualquer maneira, para educação está garantido 50%, mas eu temo que sejam diluídos recursos que iriam para ciência, tecnologia, meio ambiente, esporte e saúde – disse.

Na opinião do senador, para os desastres naturais a população e as prefeituras podem fazer novos esforços em busca de dinheiro e não retirar recursos do Fundo Social, que vai se esgotar quando acabarem as reservas de petróleo.

Rodovia estratégica no Ceará tem obras concluídas

Posted on Updated on

Nesta quinta-feira (19), às 9h, na localidade de Paripueira, serão entregues os dois últimos trechos das obras de duplicação da rodovia CE-040, que liga Fortaleza a Aracati. São eles: Beberibe – Paripueira e Paripueira – Guajiru. Com a entrega das obras, a CE-040 passa a ter 138 quilômetros duplicados. A rodovia é o principal acesso à praias do Litoral Leste, como Presídio, Iguape, Caponga, Morro Branco, Majorlândia e Canoa Quebrada.

A estrada passou por serviços de terraplenagem, pavimentação, revestimento asfáltico, obras d’arte correntes e especiais, drenagem, sinalizações (vertical e horizontal) e proteção ambiental. A duplicação dos dois trechos deixa a rodovia com duas pistas de rolamento de sete metros de largura cada, totalizando 14 metros de largura, além de acostamento e canteiro central. Nos trechos Beberibe – Paripueira e Paripueira – Guajiru as obras se estenderam por 44 km, a um custo de R$ 79 milhões.

Produção de livros em Braille deve seguir normas técnicas

Posted on Updated on

A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou determinação de que a produção de publicações em braile no Brasil obedeça às normas do órgão nacional competente. Braile é o sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão.

A medida consta no Projeto de Lei 8997/17, do deputado Cabo Sabino (Avante-CE). O texto recebeu parecer favorável do relator, deputado Diego Garcia (Pode-PR), com emenda.

Garcia destacou a importância de se respeitarem as normas técnicas mais atuais na produção de quaisquer materiais escritos direcionados para cegos ou pessoas com baixa visão, de forma a assegurar sua qualidade.

O projeto original determina que essas publicações sigam as normas técnicas definidas pela Comissão Brasileira do Braille (CBB). O relator preferiu alterar o texto para não vincular a produção de escrita em braile às normas da CBB especificamente, mas ao órgão que venha a regular a matéria.

Atualmente, esse órgão é o CBB, conforme portaria do Ministério da Educação (319/99, alterada pela portaria 1.200/08), porém Garcia alertou que isso pode ser eventualmente alterado pelo governo.

Desenvolvido pelo francês Louis Braille, o sistema de escrita em braile é constituído por combinações de seis pontos em relevo, dispostos segundo uma matriz de três linhas e duas colunas, permitindo 64 combinações.

 

CMN autoriza mudanças em operações de crédito com o FNE

Posted on Updated on

As operações de crédito rural com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) podem ser contratadas com redução nas taxas de juros pré-fixadas, que passam a variar de 4,96% ao ano a 5,91% ao ano (considerando bônus de adimplência), segundo porte e finalidade do crédito. A medida foi aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e beneficia produtores rurais de todo o Nordeste e norte de Minas Gerais e do Espírito Santo.

A mudança também permite contratação de operações de crédito rurais com taxas pós-fixadas, ficando a cargo do produtor a opção pela alternativa mais vantajosa. Os juros pós-fixados deverão ser disponibilizadas pelo BNB em até 90 dias aos clientes, de acordo com o definido pelo CMN. As taxas pré-fixadas, por sua vez, já podem ser aplicadas nas operações de crédito.

“As mudanças autorizadas pelo CMN contribuem para impulsionar ainda mais a ação de crédito do BNB, extremamente importante em um momento crucial de retomada da economia nordestina. Por outro lado, estamos muito focados na melhoria dos nossos indicadores de conformidade, de eficiência e de agilidade no atendimento ao cliente”, afirma o presidente do Banco do Nordeste, Romildo Carneiro Rolim.

Também foram aprovados ajustes nas regras para contratação de operações de crédito rural pelo Programa Nacional de Financiamento da Agricultura Familiar (Pronaf). A alteração inclui financiamento de motocicletas adaptadas às atividades rurais e aumento da renda máxima de enquadramento no Pronaf, que sobe de R$ 360 mil para R$ 415 mil.

Outra novidade é a permissão para que agroindústrias financiem, para uso próprio, tecnologias de energia renovável, como o uso de energia solar, biomassa, energia eólica, miniusinas de biocombustíveis, além da substituição de tecnologia de combustível fóssil por renovável nos equipamentos e máquinas de uso na agroindústria.

No âmbito do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF), foram aprovados novos preços garantidores que servirão de base para concessão do bônus de desconto do PGPAF e que também passam a vigorar de 1º de julho de 2018 a 30 de junho de 2019.

Gaitas são tema de evento em Aracaju (SE)

Posted on Updated on

Do Jornal da Cidade, de Aracaju (SE), trechos de texto de Gilmara Costa:

Júlio Rêgo, gaitista sergipano

É sopro, é beiço, é tempo no caminho. É mão em concha para dar intensidade à sonoridade do ar em baile por entre palhetas livres, invisíveis para quem tem o ouvido como único guia de notas a serem sopradas e aspiradas. É a gaita no universo das brincadeiras de menino, é a harmônica no mundo da música e de quem leva a sério os ‘bends’ (efeito sonoro). Com a boa intenção de tornar esse instrumento ainda mais conhecido e próximo à música sergipana e os sergipanos, o trio de gaitistas Igor Côrtes, Júlio Rêgo e Mateus Santana solta o ar e compartilha conhecimento no encontro ‘Falando em Gaita’, que acontece na sexta, 20.7, às 20h, no Blend Steakbar, no Parque do Cajueiros.

Na conversa informal e aberta ao público, será apresentada a estrutura física da gaita, tipos, técnicas, abordagens metodológicas e música (claro!) na companhia dos músicos Rodrygo Besteti, Ferdinando Santos e Lucas Pinheiro. “Cada um tem as respectivas especializações, resultados de vivências e experiências ao longo do tempo com a gaita. Da estrutura do instrumento aos diversos estilos musicais onde ele é aplicado, passando por diferentes tipos de gaita (cromática, diatônica, gaita baixo, etc), bem como abordagens metodológicas de aprendizado, esperamos abranger variados aspectos de interesse que a gaita possa levantar.(…)”, afirmou Igor Côrtes, músico e professor de gaita.

Segundo Mateus Santana, gaitista e luthier de harmônica, o encontro resulta do amadurecimento de um desejo latejante em colocar a gaita no lugar de destaque que ela merece estar. “É uma ideia já meio antiga que eu, Júlio e Igor já discutíamos e amadurecemos com objetivo de divulgar mais a gaita em Sergipe. Quantitativamente, a gaita tem se destacado muito pouco no estado. Há muitas pessoas interessadas nesse instrumento, porém, há por aqui um déficit em popularização e em informações sobre ele”, afirmou Mateus.

Numa ‘partitura’ desigual em relação a outros instrumentos, a harmônica ocupa o lugar de ‘participação especial’, sendo minoria no protagonismo musical, especialmente quando se trata de Sergipe. “A gaita ainda é um instrumento “extra” no ambiente musical sergipano. Ela aparece na maioria das vezes como uma participação em algum trabalho de artistas daqui. Há poucas formações musicais (bandas, instrumentistas, etc) onde ela aparece como principal protagonista”, ressaltou Mateus.

Para o gaitista Júlio Rêgo, a visibilidade da harmônica enquanto instrumento musical como violão, bateria, baixo, entres outros, estaria relacionada a um misticismo que faz ‘faltar o ar’ para a contemplação sonora das palhetas livres à palma da mão. “Parece-me que há uma certa mística em torno da gaita e ela é considerada meio que um instrumento de brinquedo, não sei, algo que não se leva muito a sério quando comparada aos outros instrumentos citados. Para se ter uma ideia do que falo, o gaúcho Edu da Gaita (1916-1982), considerado internacionalmente como um gênio do instrumento, tinha o seu registro da Ordem dos Músicos como “músico excêntrico” (…)”, explicou Júlio Rêgo.

*** *** ***

A íntegra está aqui.

IJF 2: primeira etapa em agosto

Posted on Updated on

O IJF2, nova unidade de saúde de Fortaleza, deve ter a primeira etapa entregue em agosto, quando serão disponibilizados os dois primeiros andares do prédio que reconfigura o principal hospital de emergência de Fortaleza.

“Fiscalizamos com nossa equipe do Instituto Doutor José Frota (IJF) e da Secretaria de Infraestrutura essa intervenção importante que terá um papel social muito relevante na cidade, que é a obra do IJF2. A parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado vai permitir que a cidade amplie em mais de 200 novos leitos a estrutura do IJF, além de um novo centro cirúrgico, sala de recuperação, novos exames como ressonância, entre outros”, afirmou o prefeito Roberto Cláudio (PDT).

O IJF2 complementará os serviços que já são prestados, aumentando a capacidade de internamento e de realização de cirurgias, principalmente de urgência e emergência. A obra está dentro do cronograma e tem previsão de que, já neste mês de agosto, os primeiros pacientes possam ser transferidos do antigo Hospital para o primeiro e segundo andares do novo prédio.

A obra já está com 100% da parte de infraestrutura concluída, restando apenas os serviços de acabamentos, instalação da climatização, elevadores e aquisição de equipamentos.

Os pavimentos térreo e o primeiro andar da nova unidade de saúde contam com 130 novos leitos, distribuídos em 34 amplas enfermarias, todas dotadas com banheiros, armários e assentos para acompanhantes. O novo prédio será interligado ao atual por meio de passarelas, conectando as duas áreas de enfermarias.

Quando concluída a intervenção e o IJF2 estiver totalmente equipado, será possível a ampliação da capacidade de atendimento da principal unidade municipal de saúde de nível terciário, que passará a contar com 664 leitos, além de novas salas cirúrgicas e central de exames especializados.

Só em leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva), o acréscimo será de 91%. Em leitos de pós-operatório, o aumento será de 82%. As enfermarias também serão reforçadas com uma ampliação de 41% no número de leitos.

No total, serão 203 novos leitos, distribuídos em enfermaria (153), unidade intermediária – UI (20) e Unidade de Tratamento Intensivo – UTI (30).

Com o IJF2, a unidade será ampliada em 13.237m² de área construída. Dotado de cinco pavimentos, o novo prédio terá duas guaritas, estacionamentos em subsolo, área de convivência, enfermarias, UTIs, Centros Cirúrgicos e salas de recuperação pós-anestésica. A estrutura também permitirá a instalação dos novos serviços de Ressonância Magnética e Hemodinâmica, hoje inexistentes no IJF e de grande importância para o tratamento de vítimas de traumas graves.