Brasil

Articulação política inicia ações em defesa do BNB

Posted on Updated on

Presente à audiência pública que lançou a Frente Parlamentar em Defesa do Banco do Nordeste, nesta sexta (5/4), pela manhã, no auditório Murilo Aguiar, na Assembleia Legislativa do Ceará, reunindo políticos de vários estados e partidos – das esferas municipais, estadual e federal – e representantes do Sindicato dos Bancários do Ceará e da Associação dos Funcionários do BNB, o deputado estadual Acrísio Sena (PT) reafirmou a necessidade da união de todos os nordestinos para fortalecer aquela instituição financeira.

“O BNB é o maior banco de microcrédito da América Latina e fundamental para o desenvolvimento da nossa região. Não vamos aceitar qualquer intervenção que comprometa sua existência, pois não podemos abrir mão desta instituição”, disse o parlamentar.

IRB recebe trabalhos para compor o livro “Tribunal de Contas do Século XXI”

Posted on Updated on

A Vice-Presidência de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Rui Barbosa (IRB) abriu chamado para envio de trabalhos que irão compor a terceira edição da coleção IRB-Fórum: o livro “Tribunal de Contas do Século XXI”. A publicação será lançada no V Congresso Internacional de Controle e Políticas Públicas, que acontecerá de 11 a 14 de novembro de 2019, em Foz do Iguaçu, no Paraná. 

O livro será composto por 20 trabalhos de Conselheiros e Ministros de Tribunais de Contas, individuais ou em parcerias, resultantes de experiências e reflexões acerca de assuntos que envolvam temáticas da administração pública, preferencialmente relacionadas ao controle externo, tais como: papel e relevância dos TCs, combate à corrupção, aplicação dos recursos públicos, prestação de contas, políticas públicas, ética/compliance, auditoria, governança pública, inovação, tecnologia de informação, dentre outros.

Os trabalhos deverão ser encaminhados até o dia 31 de maio de 2019, para o e-mail: publicacoes@irbcontas.org.br. O mesmo e-mail também está disponível para dirimir dúvidas.

Datas importantes

* Lançamento do edital com a chamada de trabalhos: 25/3/2019;
* Prazo para encaminhamento dos trabalhos: 25/3 a 31/5/2019;
* Período de análise dos trabalhos pelo IRB: 3 a 5/6/2019;
* Divulgação dos trabalhos aceitos para publicação e comunicação ao(s) autor(es): 07/6/2019;
* Revisão e diagramação dos trabalhos aceitos: 10/6 a 31/7/2019;
* Lançamento do livro “Tribunal de Contas do Século XXI”: 12/11/2019.

Instituto Rui Barbosa

O Instituto Rui Brabosa (IRB) tem como objetivo aprimorar as atividades exercidas nos Tribunais de Contas do País para o competente exercício de sua missão constitucional e o atingimento de suas metas institucionais. Trata-se de uma associação civil de estudos e pesquisas, responsável por realizar ações voltadas para capacitação, debates, seminários e congressos; apoiar e promover iniciativas que busquem a aprendizagem de novos modelos de políticas públicas; estimular a publicação de trabalhos, monografias, revistas, relacionados aos seus objetivos, além de reconhecer e premiar as boas práticas de governança. Atualmente, a entidade tem como presidente o conselheiro Ivan Lelis Bonilha (TCE-PR) e Edilberto Carlos Pontes Lima (TCE Ceará) como Vice-Presidente de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Evento gratuito de economia criativa começa hoje em Fortaleza (CE) e prossegue até 14 de abril

Posted on Updated on

Com a crise econômica que atinge o País, os brasileiros têm pensado em alternativas para ganhar ou economizar dinheiro. A economia criativa é uma boa opção para aqueles que desejam empreender ou economizar no momento de comprar um presente para alguém especial.

Essa é a proposta do Mercado Universal. O evento é uma das maiores feiras de economia criativa de Fortaleza que trabalha na divulgação de marcas locais e comercialização dos produtos. As próximas edições do Mercado serão realizadas nos dias 5, 6, 7, 12, 13 e 14 de Abril de 17h às 23 horas, no Imprensa Food Square e é aberto ao público.

A feira conta com a participação de 20 marcas e expectativa de pelo menos 2 mil frequentadores por final de semana. Entre os segmentos ofertados estão moda, acessórios e decoração. “ O Mercado Transversal esse ano completa 5 anos e em  três desses anos realizamos a feira no Imprensa Food Square, que nos abrigou e fornece  todo o apoio para fomentar a economia criativa local”, explica a idealizadora do projeto, Lola Sciwinzki.

O Mercado Transversal abriga em um mesmo espaço, designers, artistas, artesãos, criadores e produtores que buscam levar seu trabalho ao público e assim estimular a cultura e a economia criativa local.

Além das marcas e produtos exclusivos, o evento é realizado em um local que possui uma estrutura que oferece conforto e comodidade aos clientes, com amplo estacionamento, grande variedade gastronômica, música ao vivo, atrações infantis e ainda permite a entrada de animais.

O Brasil é considerado um dos maiores mercados para a economia criativa entre os países emergentes. Os dados mais recentes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apontam que, em 2015, o setor cultural movimentou R$ 155 bilhões no País, ou 2,64% do Produto Interno Bruto (PIB). Cerca de 850 mil profissionais trabalham na área, de acordo com o banco.

De acordo com uma pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) de 2014, o avanço da economia criativa chegou a 69,8% entre 2003 e 2013, acima dos 36,4% de crescimento do PIB nacional no mesmo período. Isso mostra que a economia criativa é um mercado promissor e uma boa alternativa para driblar a crise e promover o desenvolvimento econômico e social.

Serasa amplia portfólio de parceiros e anuncia acordo com cartão Credicard

Posted on Updated on

O Serasa eCred, buscador e comparador de crédito online gratuito criado pelo Serasa Consumidor, segue trilhando sua bem-sucedida função de conectar pessoas com as melhores opções de crédito disponíveis no mercado. Como prova de seu crescimento, a plataforma não para de expandir seu portfólio de empresas parceiras e acaba de anunciar a entrada de mais uma forte marca: o cartão Credicard Zero – cartão de crédito sem anuidade e com ótimos benefícios do Itaú Unibanco.             

Com ofertas para todos os públicos, a plataforma, que estreou com apenas cinco parceiros, hoje conta com o apoio de 28 instituições como Santander, Itaú, Geru, Lendico, Creditas, entre outras. A expectativa é ampliar ainda mais esse número em 2019.             

“São duas marcas (Serasa Consumidor e Credicard) muito fortes trabalhando juntas para oferecer condições de crédito cada vez melhores para o consumidor. Essa é nossa função no mercado e queremos aumentar ainda mais esse número de empresas parceiras, dando autonomia e liberdade para que o consumidor possa escolher o que é melhor para ele no momento em que precisar de crédito. Adicionar o Credicard Zero, produto do Itaú, é um passo significativo para o consumidor que busca crédito através da nossa plataforma”, explica Eduardo Daniachi, Gerente do eCred.            

Sobre o cartão Credicard Zero

A experiência de uso do Credicard Zero é totalmente digital. Pelo aplicativo, os clientes dispõem de atendimento 24 horas por meio de chat online, acessam as faturas, gerenciam seus gastos, cadastram o Aviso Viagem e podem pedir cartões adicionais também gratuitos. Outro diferencial do cartão é a atribuição de limite, feita de acordo com o perfil de cada cliente – o inicial varia entre R$ 1 mil e R$ 35 mil. 

Conheça as vantagens do cartão:            

•             Zero anuidade;

•             Zero tarifa na avaliação emergencial de crédito;

•             Aceitação internacional;

•             Aceitação em todas as carteiras digitais: Apple Pay, Samsung Pay, Google Pay e PayPal;

•             Descontos em muitos parceiros, como: Decolar, Netshoes, Zattini, Natura, Centauro, Sony, Magazine Luiza, Avon, ConectCar, Atlantica Hotels, Polishop, Avis, Hertz Internacional e Evino;

•             Descontos e pré-venda na programação do Credicard Hall;

•             Benefícios do Programa Mastercard Surpreenda

Mentiras no currículo podem fechar portas, diz gestora

Posted on Updated on

Com o objetivo de alcançar a tão sonhada vaga de estágio, alguns jovens acabam decidindo ‘turbinar’ o currículo da maneira menos apropriada: acrescentando experiências e competências que na verdade não possuem. De acordo com especialistas, os candidatos costumam mentir principalmente nas informações referentes à formação acadêmica e conhecimento de idiomas.

“Esse tipo de conduta pode ser facilmente identificado pelos recrutadores, fazendo com que o candidato seja eliminado do processo seletivo. No caso da língua estrangeira, por exemplo, muitas empresas estão adotando testes rápidos que comprovem o nível de conhecimento em determinada língua”, disse a supervisora de Desenvolvimento Humano e Organizacional do Centro de Integração Empresa-Escola (Ciee), Juliana Malaquias.

No caso de cursos de formação complementar, é recomendado que o candidato descreva no currículo a instituição de ensino onde estudou, além do tempo de duração do curso. Para quem está iniciando na carreira e acredita que a falta de experiência profissional pode ser um empecilho, o principal conselho é investir em qualificação.

“Há muitos cursos oferecidos de maneira gratuita, presenciais ou a distância, como os conteúdos do Ciee Saber Virtual, que podem representar um diferencial no currículo de quem está começando. O engajamento com causas sociais e ações voluntárias também são bem vistos pelos recrutadores”, completou Juliana.

Desde sua fundação, há 55 anos, o Ciee se dedica à capacitação profissional de estudantes por meio de programas de estágio. Em 2003, abriu uma nova frente socioassistencial com a aprendizagem. Atualmente, administra o estágio de mais de  200 mil estudantes e a aprendizagem de mais de 100 mil adolescentes e jovens. Em paralelo, mantém uma série de ações socioassistenciais voltada à promoção do conhecimento e fortalecimento de vínculos de populações prioritárias.

Estudo indica reações dos mercados diante das variações do dólar

Posted on Updated on

Como no mundo todo, a Bolsa brasileira também é impactada com vários acontecimentos, principalmente políticos e econômicos, que acometem os investimentos, o preço do dólar ante o real e também as expectativas do mercado financeiro. (…) O Diretor de Câmbio da FB Capital, Fernando Bergallo, fez um estudo levantando os impactos no dólar e quais acontecimentos foram marcantes nessas altas.

As subidas mais agressivas do dólar são marcadas por decisões que não agradam os mercados, como mudanças nas taxas de juros ou incertezas sobre decisões políticas que abrem espaço para especulações que fazem a moeda flutuar. Em 2016, no primeiro mês do ano, o dólar bateu a maior alta da história, fechando em R$ 4,16, esse grande aumento foi uma reação que não agradou o mercado por uma decisão do Copom em manter os juros em 14,26% ao ano. Já em 21 de agosto de 2018, o dólar teve uma alta de 2,01%, o maior valor após 30 meses, chegando a R$ 4,03, por conta da eleição, já que os resultados das pesquisas eleitorais normalmente causam preocupação no mercado e abrem espaço para especulações que fazem a moeda subir.

Após as eleições, em novembro de 2018, aconteceram duas altas no mês. A primeira de 1,99%, onde o mercado estava preocupado com as falas de Jair Bolsonaro e Onyx, que fizeram uma declaração de como será difícil aprovar a Reforma da Previdência, com isso o dólar fechou em R$ 3,83.  A segunda alta do mês de novembro foi de 2%, fechando a R$ 3,91, com as incertezas internacionais, em relação a espera pela reunião de juros do FED e a proposta do Reino Unido sair da União Europeia. No cenário doméstico, a divulgação da equipe econômica e a incerteza sobre a falta de experiência do próximo governo para aprovar reformas, abriram espaço para o mercado especular, o resultado foi mais uma alta. Em fevereiro de 2019, o dólar sobe quase 2%, fechando R$ 3,73, essa alta foi marcada pelas expectativas com a Reforma da Previdência e no cenário econômico que influenciou a cautela com a decisão entre China e EUA.

Nessas situações é possível perceber que existe a relação de oferta e procura pela moeda americana. Em situações que envolvem política, quando algum membro do governo faz pronunciamentos que geram controvérsias, o dólar dispara. “Por conta das incertezas as pessoas investem na moeda americana, pois é a que tem mais força. Quando o país está otimista, o mercado financeiro confiante e a economia crescendo, o real se valoriza e faz o dólar baixar, resultando nessas flutuações diárias. Mas também existem questões técnicas de transações comerciais, que envolvem a valorização do dólar, como déficit comercial, juros e gastos de estrangeiros que também afetam as relações de oferta e demanda que causam essas oscilações”, finaliza Bergallo.

Programa de Modernização do Judiciário do Ceará inclui maior produtividade e aprimora serviços

Posted on Updated on

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargador Washington Araújo, se reuniu com a vice-presidente, desembargadora Nailde Pinheiro, o corregedor-geral, Teodoro Silva Santos, e demais desembargadores para apresentar o Programa de Modernização do Judiciário (Promojus).

A iniciativa tem como objetivo promover aumento da produtividade, maior celeridade e efetividade na prestação jurisdicional por meio da modernização da Justiça estadual, resultando assim em melhor atendimento ao cidadão. O programa prevê aperfeiçoar a gestão judiciária, aprimorar os serviços ao cidadão e incrementar a sustentabilidade institucional.

Durante a reunião, o desembargador Washington Araújo destacou que a iniciativa é um projeto para o Poder Judiciário e não para uma gestão. “Nosso orçamento não contempla recursos para investimento, então é preciso trazer esses recursos de fora. Houve sinalização do Poder Executivo de que podia se seguir nessa linha e esses recursos servirão para a modernização do Judiciário”, afirmou.

O magistrado disse ainda que serão feitos “investimentos em tecnologia da informação, segurança da informação, inteligência artificial, aprimoramento dos processos de trabalho, humanização dos espaços físicos e sustentabilidade financeira do Judiciário para que a população seja atendida com mais conforto”.

De acordo com Sérgio Mendes, secretário de Planejamento e Gestão do Tribunal, “uma vez que o programa tenha sucesso, ele coloca o Judiciário cearense em outro patamar. É um programa que se propõe, em cinco anos, transformar a Justiça estadual”.

O secretário ressaltou que “são projetos transformadores que, cessado o programa, realizados todos os investimentos, todos os projetos, você tem um outro formato de serviço ao cidadão, uma outra gestão, uma nova realidade em termos de procedimentos, em termos de informação, tecnologia e pessoas.”

Prêmio celebra ideias inovadoras em marketing de dados

Posted on Updated on

Termina hoje, 5 de abril, o período de inscrições para a 25ª edição do Prêmio ABEMD, promovido pela Associação Brasileira de Marketing de Dados. Serão premiadas as ideias mais inovadoras e os resultados surpreendentes em marketing de dados nas categorias Campanha/Programa; Digital; CRM/Loyalty e Call Center. Com um quarto de século, a premiação se consolida como uma das mais tradicionais do país para cases que apresentem resultados excepcionais e a utilização inteligente de dados em suas ações e métricas.

Levando em consideração estratégia, planejamento e criatividade, a premiação contempla com troféus de Ouro, Prata e Bronze os cases vencedores, além de suas premiações especiais: Grand Prix, Criação, Agência do Ano, Cliente do Ano e Melhor dos Melhores nas quatro categorias da competição.

Fundada em 1976, a ABEMD – Associação Brasileira de Marketing de Dados – é uma entidade sem fins lucrativos que trabalha para incentivar, valorizar e difundir o Marketing de Dados no Brasil. Seu quadro de associados é composto por empresas que utilizam e prestam serviços de Marketing de Dados, além de profissionais e estudantes.

As inscrições podem ser efetuadas por meio do site da ABEMD (https://abemd.org.br/premio2019/), onde os formulários já estão disponíveis. Para associados da entidade, cada inscrição custa R$ 1.480,00 e para não-sócios o custo é de R$ 2.090,00. O julgamento dos trabalhos inscritos será realizado nos dias 25 e 26 de abril e os finalistas serão divulgados em meados de maio. Na festa de premiação serão divulgados os troféus (Ouro, Prata ou Bronze) de cada um dos finalistas, além dos vencedores das premiações especiais.

A festa em que os vencedores do Prêmio ABEMD serão revelados acontece no dia 13 de junho a partir das 19 horas. O evento será realizado no espaço Vila Vérico, que fica à Rua Santa Justina, 329, na Vila Olímpia, em São Paulo. Cada convite pode ser adquirido por R$ 616,00, sendo que estão inclusos nesse valor jantar e estacionamento.

“É um enorme orgulho, como presidente da ABEMD, poder comemorar 25 anos do maior Prêmio de marketing direto e agora também digital.Nessa edição, celebraremos ¼ de século trazendo toda a história da premiação desde a sua primeira edição. Na oportunidade, também iremos homenagear todos os vencedores do Hall of Fame, que destaca personalidades a cada ano”, conta Antonio Rosa Neto, presidente da entidade. “Vamos fazer um mix entre o nostálgico e a tecnologia de dados atual”, completa.

Projeto de educação e inclusão encerra cursos em Fortaleza e Eusébio (CE)

Posted on Updated on

Dedicação, descobertas de talentos, de potenciais e principalmente de desenvolvimento. Estas são algumas das experiências expostas pelos jovens participantes do Projeto Toque de Vida, que finaliza mais duas turmas: a primeira na manhã de hoje (sexta-feira, 05.04), às 10h, na Escola de Ensino Fundamental Mário Sales, em Eusébio, onde acontecem os cursos de Canto Coral e Flauta. E às 16h evento de encerramento da turma do curso de Flauta, na Escola Municipal Professor Álvaro Costa, no Cais do Porto, em Fortaleza.

Pela manhã, os alunos participantes farão apresentações artísticas, haverá entrega de certificados e palestra dos autores do livro Sorrindo para Vida 2. Durante os cursos, os alunos tiveram aulas com o professor e músico, Jofran Fonteles.

À tarde, os alunos do curso de Flauta farão recital e receberão certificados de conclusão de curso, que teve como professora, a musicista Brenna Freire.

A próxima turma a ser concluída será a do curso de Violão que acontece na cidade de Maracanaú.

O Projeto Toque de Vida é um projeto de inclusão social por meio da música cujo trabalho é destinado aos jovens carentes do interior do Ceará. Os cursos são gratuitos, totalizam 250 horas/aula e no final, os alunos recebem certificado de conclusão e os instrumentos serão doados à alguma instituição da cidade que sedia o curso para que possam continuar o ensino da música.

“O objetivo não é a formação de músicos e sim promover e desenvolver a musicalidade de jovens carentes através de cursos específicos, aprimorando a criatividade, a sensibilidade e criando oportunidades de expressão artística. O Projeto Toque de Vida se define não somente na realização de aulas e sim, na socialização através da música. O objetivo é promover e desenvolver a musicalidade de jovens carentes através de cursos específicos, aprimorando a criatividade, a sensibilidade e criando oportunidades de expressão artística”, destaca Léo Lanter, músico e coordenador do projeto.

O Projeto Toque de Vida tem apoio cultural da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Bahia e Pará obtêm isenção de ICMS nos equipamentos fotovoltaicos em prédios públicos

Posted on Updated on

A adesão recente dos estados da Bahia e do Pará ao Convênio ICMS 114/17, que concede isenção do ICMS nos equipamentos e componentes para geração de energia elétrica solar fotovoltaica destinada ao atendimento do consumo de prédios mantidos pela administração pública, é um avanço para o setor solar fotovoltaico e para o próprio desenvolvimento sustentável do País.

A afirmação é do CEO da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia. Para o executivo, a adesão da Bahia e do Pará demonstra o interesse e o comprometimento dos governos em acelerar o uso da energia solar fotovoltaica nos estados. “Trata-se de uma medida estratégica para incentivar a redução de custos de energia elétrica à partir da autogeração de energia limpa, renovável e sem emissões de gases de efeitos estufa. Certamente, a medida promoverá novos investimentos privados, movimentará a economia dos estados, atrairá mais empresas e gerará novos empregos locais de qualidade em suas regiões”, celebra Sauaia.

Dos mais de 630 megawatts de micro e minigeração distribuída solar fotovoltaica em operação no País, o poder público responde apenas por 3,2% da potência instalada, segundo mapeamento da Absolar. Entretanto, este segmento já é responsável por R$ 3,4 bilhões em investimentos acumulados no Brasil, num total de 61 mil instalações espalhadas por todo o território nacional.

“Celebramos com otimismo o avanço da fonte solar fotovoltaica no Brasil, com a certeza de que teremos um forte crescimento do setor nos próximos anos e décadas. O Brasil possui mais de 83 milhões de unidades consumidoras e um interesse crescente da população, das empresas e também dos gestores públicos em aproveitar seus telhados, fachadas e coberturas para gerar energia renovável localmente a partir do sol, economizando dinheiro e contribuindo na prática para a construção de um país mais sustentável e com mais empregos locais e qualificados”, conclui Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da Absolar.