Nordeste

Manual da UFRN trata da diversidade no mercado publicitário

Posted on Updated on

O grupo de pesquisa Ciberpublicidade e Sociabilidades Digitais do Departamento de Comunicação Social (Decom) da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) lança um manual da diversidade para o mercado publicitário, produto fruto do Projeto de Extensão DIV.A.S – Diversidade, Ação e Sensibilidade na Publicidade Brasileira, realizado ao longo deste ano.

A  produção do manual envolveu entrevistas, pesquisas bibliográficas e dados estatísticos, com o intuito de embasar as dicas do manual e trazer argumentos sólidos para os profissionais das áreas de Marketing e Publicidade convencerem seus clientes a adotarem a prática da inclusão com responsabilidade.

O projeto de extensão nasceu com o objetivo de oferecer aos anunciantes, agências e profissionais do mercado um guia aprofundado para a criação publicitária diante das demandas atuais da diversidade e da representatividade.

A íntegra está aqui.

Ceará tem novas regras de segurança bancária

Posted on Updated on

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou projeto do Poder Executivo que define normas de segurança em estabelecimentos bancários do Estado. Entre as novas regras estão a instalação de portas giratórias nas salas de autoatendimento e na entrada dos espaços de atendimento ao público; de vidros resistentes a projéteis de armas de fogo de grosso calibre; de sistema de monitoramento interno e externo e de alarme e de equipamento ou tecnologia  que inutilize as cédulas em caso de explosão de caixas eletrônicos.

Abaixo, informações da Assembleia:

Outro destaque do projeto foi a aprovação da emenda de autoria do deputado Elmano Freitas (PT), proibindo que  bancários(as) de instituições públicas e privadas, guardem em seu poder as chaves dos cofres e agências onde trabalham, além da proibição do transporte de dinheiro por parte dos funcionários(as), devendo o mesmo ser feito apenas por carros-fortes.

A emenda também estabelece a instalação de câmeras de vigilância na parte externa das instituições financeiras públicas e privadas. Esses equipamentos deverão integrar o Sistema de Segurança Pública do Ceará. “Estamos acabando de vez com esse procedimento arcaico da guarda de chaves, protegendo assim a vida dos bancários e suas famílias. A aprovação da nossa emenda é uma vitória para toda população,que passa a ter mais segurança”, comemora Elmano.

R$ 2 bilhões para o Ceará

Posted on Updated on

A governadora em exercício do Ceará, Izolda Cela, participou da XXII Reunião do Conselho Deliberativo da Sudene . O encontro congregou, na na sede do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), representantes das 40 maiores cidades das regiões Nordeste e norte dos estados dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo – sem incluir  capitais e municípios de regiões metropolitanas. No evento, foi assegurado a porte em torno de R$ 2 bilhões para o Ceará.

“Esse fundo tem grande potencial para aquecer, apoiar a produção local. Acho sempre muito importante que os critérios sejam direcionados para a inclusão e para a redução da desigualdade, beneficiando aqueles que mais precisam. Quando vemos os números e a cadeia de pequenos produtores se movimenta com efetividade, é muito saudável para a economia, gerando uma melhor distribuição das riquezas e recursos”, afirmo Izolda.

Um dos principais assuntos em debate no encontro foi a inclusão de novas cidades na região do semiárido. O Ceará requereu a entrada dos municípios de Bela Cruz, Camocim, Chaval, Cruz, Itarema, Barroquinha, Guaiúba, Jijoca de Jericoacoara, São Gonçalo do Amarante e Trairi. Com exceção de Guaiúba, todos estão em zonas litorâneas.

Recomposição ambiental em Natal ganha força com ações de fiscalização

Posted on Updated on

Da Prefeitura de Natal (RN):

O trabalho de combate à poluição visual realizado pela secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) de Natal, capital do Rio Grande do Norte, tem trazido outros benefícios, que vão além da diminuição dos problemas produzidos pelo excesso de publicidade nas ruas da capital potiguar. O material apreendido pela fiscalização como faixas e placas está sendo reaproveitado em ações de educação ambiental e recomposição florestal de áreas de mangue na Grande Natal. Cerca de 230 faixas e placas apreendidas no último mês foram doadas para o projeto desenvolvido por alunos do curso de Gestão Ambiental e Engenharia Ambiental da Universidade Potiguar (UnP) no entorno do estuário do Rio Ceará-Mirim.

“Faixas e placas apreendidas nas ações de fiscalização realizadas pela Semurb possuem destino certo. Os tutores (madeiras de sustentação das faixas) tornam-se apoios para mudas de arvores e o tecido transforma-se em ecobags. Já as placas, por ser material mais duro, servem para dar sustentação a informativos relativos a temas ambientais” conta Gustavo Szilagyi, Supervisor de Fiscalização de Ambientais Naturais e Biodiversidade da Semurb. Ele revela que cerca de 90% de todo o material retirado das ruas vai para organizações que desenvolvem atividades sustentáveis.

Sergipe investe em infraestrutura agrária

Posted on Updated on

Produtores e agricultores familiares de Porto da Folha, em Sergipe, receberam incentivos que somam mais de R$ 4,8 milhões. O governador Jackson Barreto esteve no município para entregar títulos fundiários, caminhão-tanque e a implantação do programa Mais Palma. Na ocasião, também foi autorizada construção da ponte do povoado Lagoa da Volta.

“São grandes investimentos para nosso sertão. Assinamos autorização para construção da ponte do povoado Lagoa da Volta. É uma obra muito esperada pela população.  Entregamos títulos de regularização fundiária, são 706 famílias atendidas aqui. Esse é um grande investimento porque o homem do campo se torna cidadão quando ele tem um título de sua propriedade na mão. Também entregamos um caminhão à prefeitura de Porto da Folha para ajudar no abastecimento de água”, disse o governador.

O programa Mais Palmas objetiva incentivar a produção de palma forrageira para reserva e multiplicação estratégica de alimento bovino leiteiro. O programa prevê o investimento de R$ 906.300 mil, recursos do Fundo de Combate a Pobreza, beneficiando 823 produtores do Alto Sertão.

Executado pela Secretaria de Inclusão, em parceira com a secretaria de Agricultura, o Mais Palma vai fornecer ao pequeno produtor condições para implantar uma tarefa de palma em sua propriedade. Para tanto, o governo vai fornecer raquetes/palma para plantio, uma hora de serviços mecanizados (trator) e três sacos de fertilizantes. Serão 250 hectares de plantio que vão render 2.450 hectares na colheita ou replantio.

Canoa Quebrada: o Blues é a trilha sonora

Posted on Updated on

Canoa Quebrada, em Aracati, praia referencial e símbolo do litoral do Ceará, é novamente palco para grandes nomes do Blues. E, hoje e amanhã – 17 e 18 de novembro de 2017 – o estilo ganha um cenário paradisíaco e faz do festival Canoa Blues o ponto de encontro ideal para quem curte e vive música de qualidade. Chegando à décima edição, o Canoa Blues já integra o calendário oficial de eventos do Estado e atrai, além de cearenses, turistas de diversos outros estados e países. Nesta edição, a programação foi aberta dia 11.11 em Fortaleza, com shows das bandas Mr. Mojo e Íris Sativa.

Já em Canoa Quebrada, as atrações são o guitarrista Anderson Camelo e a cantora cearense Marília Lima (foto), o guitarrista mineiro Gustavo Andrade e o gaitista carioca Jefferson Gonçalves, a banda Gumbo Blues, a cantora e gaitista Xime Monzon e o baixista Mauro Bonamico, ambos argentinos. A programação se encerra com Jam Session comandada pela cantora de Fortaleza Fernanda Fialho.

E o Canoa Blues, como nas edições passadas, destina atenção especial à responsabilidade social. Este ano, o Festival novamente estimula o público a doar livros, que serão encaminhados ao Conselho Comunitário de Canoa Quebrada. As doações serão recolhidas nos locais dos shows. Também haverá oficina de arte-educação para crianças e adolescentes da comunidade, em 24 de novembro, na ONG Canoa Criança.

Todos os shows em Fortaleza e em Canoa Quebrada, assim como as atividades de arte-educação, são inteiramente gratuitos ao público.

Agenda

17 de novembro, sexta-feira

Local: Canoa Quebrada, Polo de Lazer
Shows: Anderson Camelo e Marília Lima, às 22h
Acesso gratuito

18 de novembro, sábado
Local: Canoa Quebrada, Polo de Lazer
Shows: Gustavo Andrade & Jefferson Gonçalves e Xime Monzon, Mauro Bonamico e Gumbo Blues, às 22 horas.
Fernanda Fialho, com Jam Session com músicos convidados (Restaurante Pátio), a partir da meia noite.
Acesso gratuito

24 de novembro, sexta-feira
Local: ONG Canoa Criança, Rua Descida da Praia, Canoa Quebrada
– Oficina de arte-educação
– Doação de livros para o Conselho Comunitário de Canoa Quebrada

Redes Canoa Blues
Facebook: https://www.facebook.com/CanoaBlues/
Instagram: @canoablues
Twitter: https://twitter.com/canoablues
E-mail: forblues@gmail.com

PATROCÍNIO
Banco do Nordeste/Governo do Brasil, Governo do Estado do Ceará/Secretaria da Cultura e Assembleia Legislativa do Estado do Ceará
Patrocínio em Fortaleza: Prefeitura Municipal de Fortaleza/Secretaria de Turismo
Patrocínio em Canoa Quebrada: Prefeitura Municipal de Aracati e Sebrae

APOIO
InvestNE, Diogo Farias Microfones Artesanais, Associação dos Empreendedores de Canoa Quebrada e Conselho Comunitário de Canoa Quebrada.

Governo do Ceará fortalece ensino tecnológico

Posted on Updated on

O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) está com inscrições abertas para 1.070 vagas em cursos básicos gratuitos, em 27 cidades cearenses, para o mês de novembro. As capacitações são oferecidas nos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) e qualquer pessoa, a partir de 16 anos, pode participar. Basta comparecer à unidade do Centec com o CPF.

São oferecidos 65 cursos de diferentes áreas, como: informação e comunicação, hospitalidade e lazer, gestão e negócios, infraestrutura, idiomas, dentre outros; nas cidades de Acaraú, Amontada, Aracoiaba, Beberibe, Boa Viagem, Brejo Santo, Campos Sales, Fortaleza, Fortim, Granja, Horizonte, Icó, Ipaumirim, Ipu, Itaiçaba, Limoeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape, Massapê, Mauriti, Missão Velha, Piquet Carneiro, Quixeré, São Benedito, Tabuleiro do Norte, Tauá e Viçosa do Ceará. Acesse em anexo a programação completa.

Para mais informações, os interessados devem entrar em contato diretamente com o Centro Vocacional Tecnológico da sua cidade. Encontre aqui o endereço e telefone de todos os CVTs do Instituto Centec. A instituição oferece cursos básicos, técnicos de nível médio e superiores tecnológicos, totalmente gratuitos, por meio de um contrato de gestão com a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), do Governo do Estado do Ceará.

Ceará implanta política pública contra trabalho escravo

Posted on Updated on

O Estado do Ceará tem procurado remar contra a maré de desconstruções dos direitos humanos. Em resposta à conjuntura, e comprometendo-se com a eliminação da escravidão contemporânea, o Governo do Ceará lançou o Plano Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo no Estado.

Idealizado em conjunto com a Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo no Ceará (Coetrae), o Plano expressa uma política pública permanente dedicada à repressão da exploração e estabelece ações para o enfrentamento, fiscalização e prevenção desse tipo de crime. O instrumento busca, ainda, identificar e coibir a exploração do trabalho da pessoa migrante vítima de tráfico de pessoas, assegurando a realização do trabalho em condições decentes, além de estabelecer parcerias para construir estratégias de atuação integrada em relação às ações preventivas e repressivas dos órgãos do Executivo, Legislativo, Judiciário e Ministério Público.

“O Estado tem obrigação de proteger as pessoas e de combater quaisquer tipos de abuso. Não vamos admitir trabalho escravo no Ceará. Não tenho dúvidas de que, com o plano, seremos referência no país sobre o tema. Precisamos cuidar e acolher os nossos irmãos e irmãs cearenses”, disse o governador Camilo Santana. Para o presidente da Comissão Estadual para Erradicação do Trabalho Escravo no Ceará e coordenador de Direitos Humanos do Estado do Ceará, Demitri Cruz, a iniciativa é necessária, sobretudo, a partir da constatação de que o Ceará posiciona-se em quinto lugar no ranking dos povos mais explorados fora da terra natal, conforme dossiê elaborado pelo Observatório Digital do Trabalho Escravo no Brasil. “Dialogamos e trocamos experiências com outros estados. Temos a preocupação em relação ao retrocesso político e institucional da pauta verificado no âmbito da União, que compromete a dignidade humana ao expor as pessoas a condições degradantes de trabalho e jornada exaustiva. Assim, esse plano torna-se ainda mais importante para nós”, destaca.

Demitri Cruz ressalta ainda que o Governo do Ceará já conta com uma equipe de acompanhamento para trabalhadores resgatados. “Vamos integrar políticas de educação e reinserção social dos trabalhadores. Estamos desenvolvendo uma metodologia de acompanhamento e iniciando o diálogo com os territórios para pensar em ações locais que possam superar as vulnerabilidades”, pondera.

Construído durante as reuniões ordinárias da Coetrae, o Plano consta no Decreto nº 31.071, de 6 de dezembro de 2012, que cria a Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo. Em 2016, o governador do Ceará, Camilo Santana, assinou o Pacto Federativo para Erradicação do Trabalho Escravo, fruto de uma articulação nacional com o propósito de promover a aliança entre os estados nas ações contra o trabalho escravo e aperfeiçoar as estratégias de enfrentamento a esse tipo de violação dos direitos humanos.

Segundo dados do Ministério do Trabalho, o perfil do trabalhador resgatado no Brasil é na sua maioria homens, correspondendo a 95%; e 83% têm entre 18 e 44 anos. Entre 1995 a 2017, foram contabilizados mais de 50 mil resgates. No Ceará, entre 2006 e 2017, foram resgatados 594 trabalhadores.

BNB investirá em audiovisual

Posted on Updated on

O Banco do Nordeste do Brasil (BNB), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Agência Nacional do Cinema (Ancine) formalizam nesta segunda-feira, 13, protocolo de intenções para estruturar parceria para o desenvolvimento do setor audiovisual.

A assinatura do documento ocorre na abertura do 3º Mercado Audiovisual do Nordeste (MAN), às 9 horas, na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza (Av. Dr. Silas Munguba, 5700). O ato contará com a participação do presidente do BNB, Marcos Holanda, representantes do setor audiovisual e autoridades, entre elas o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Com a parceria, o BNB fica autorizado a operar recursos financeiros do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) em toda a área de atuação (Nordeste e norte dos estados do Espírito Santo e Minas Gerais). O Fundo destina-se ao desenvolvimento de toda a cadeia produtiva do audiovisual no Brasil, incluindo diversas atividades ligadas a segmentos do setor, como produção, distribuição/comercialização, exibição e infraestrutura de serviços.

O Mercado do Audiovisual do Nordeste foi lançado em 2015, no Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema, visando a unir os protagonistas do audiovisual e promover a troca de experiências e a geração de negócios. A terceira edição do MAN reunirá canais e plataformas de exibição, produtoras independentes, profissionais e instituições ligadas ao setor do audiovisual para discutir os rumos do setor nos estados do Nordeste, Norte e Centro Oeste.

Além dos paineis, debates e palestras nos dias 13 e 14, a programação será retomada nos dias 16 e 17, com apresentação dos canais sobre suas respectivas programações, públicos que atingem e tipos de produtos que pretendem comprar de produtoras independentes. Para o dia 18, estão programadas rodadas de negócios já agendadas entre as produtoras independentes e os canais, oportunidade de compra e venda de produções audiovisuais.

CGE do Ceará amplia recursos tecnológicos

Posted on

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado do Ceará (CGE) assinou com a Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará contrato para o fornecimento do serviço tecnológico de hospedagem em nuvem. A inovação visa garantir robustez e segurança aos sistemas fornecidos pela CGE ao cidadão.

Para o secretário de Estado Chefe da CGE, Flávio Jucá, a contratação do serviço representa um marco para a instituição. “A hospedagem em nuvem tem como objetivo, além de melhorar as estruturas disponibilizadas para nossos sistemas, garantir mais efetividade e agilidade na utilização pelos cidadãos. Isso representa um verdadeiro marco histórico na instituição, pois estamos mudando de patamar, dando mais robustez a nossos sistemas, contando com o crescimento constante no números de acessos e participação do cidadão. Também estamos nos preparando para receber novos sistemas que estão sendo desenvolvidos pela CGE como o Sistema Público de Relacionamento com o Cidadão”, destacou.

Com a assinatura do contrato, a CGE migrará seus sistemas informatizados para nuvem, espaço virtual responsável pelo armazenamento digital de dados junto a rede mundial de computadores. O processo trará mais segurança as ferramentas, garantindo disponibilidade, além de possibilitar uma melhoria na performance dos sistemas, permitindo o aumento no número de acesso às ferramentas sem perda de qualidade e agilidade.

A hospedagem de sistemas institucionais da CGE em nuvem é uma ação que está sendo realizada dentro do previsto na Instrução Normativa Estadual Nº 01, de 13 de fevereiro de 2017, onde fica disposta a substituição da contratação de servidores, storages, racks, datacenter ou serviços de processamento de dados de TIC no âmbito do Governo do Estado do Ceará pela contratação de serviços de computação em nuvem, sendo este processo realizado por meio da Etice.