Nordeste

BNB protagoniza Plano Progredir

Posted on Updated on

O presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda, participa do lançamento do Plano Progredir, hoje, às 11 horas, no Palácio do Planalto. O novo programa social visa elevar a renda de um milhão de famílias, que fazem parte do Cadastro Único do Governo Federal. Na ocasião, Holanda apresentará o case dos programas de microcrédito criados e geridos pelo BNB (Crediamigo e Agroamigo), que serviram de inspiração para a iniciativa.

A solenidade, com a presença do presidente Michel Temer, marcará ainda a assinatura de acordo de cooperação técnica a ser firmado pelo Banco do Nordeste e Ministério do Desenvolvimento Social. O instrumento permitirá a troca de informações para melhor integração dos programas governamentais e apoiará a realização de estudos e avaliações das iniciativas exitosas do BNB.

“Esse esforço do Governo Federal possui como um dos principais objetivos a busca por caminhos para a superação da pobreza, seja apoiando as pessoas para acessarem o mercado de trabalho, seja criando estímulos para o empreendedorismo, oferecendo alternativas de autonomia financeira aos que hoje dependem da rede de proteção social. Ficamos felizes em agregar a experiência do Banco do Nordeste a este projeto. Como instituição financeira de desenvolvimento regional, o Banco do Nordeste possui um papel importante nesse processo e abraça o Programa Progredir como grande entusiasmo”, destaca Marcos Holanda.

O BNB é o principal operador de microcrédito do País, com 60% de todos os financiamentos da categoria. No segmento, o Banco do Nordeste conta com 3,2 milhões de clientes ativos – 49% deles, beneficiários do Bolsa Família.
Nos últimos doze meses, Crediamigo e Agroamigo aplicaram R$ 9,7 bilhões na área de atuação do BNB, que corresponde a todo o Nordeste e norte dos Estados de Minas Gerais e Espírito Santo. O valor equivale a 63% do repasse do Bolsa Família para a região Nordeste. Diariamente, o Banco realiza 18 mil operações de microcrédito, combinando crédito com orientação empresarial e fortalecimento do capital social das comunidades dos microempreendedores.

“Estamos preparados para o crescimento da carteira, investindo fortemente em tecnologia e no aumento do número de agentes de crédito. Reafirmamos nosso compromisso com a inclusão financeira e com a busca de soluções estruturais para o problema da pobreza”, finaliza o presidente do Banco do Nordeste.

Sobre o Progredir
A ação oferecerá cursos de qualificação profissional, ajudará na seleção de oportunidades de trabalho e disponibilizará R$ 3 bilhões em microcrédito para famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único dos programas sociais do Governo Federal.

 

BNB planeja aplicação de R$ 1,2 bilhão no Piauí em 2018

Posted on Updated on

O Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), operacionalizado com exclusividade pelo BNB, está em fase de planejamento para o ano de 2018. Os recursos reservados para investimentos no Piauí somam R$ 1,2 bilhão. Entidades empresariais piauienses do Comércio, Serviços, Indústria e Turismo, além de representantes das Câmaras Setoriais, Governo do Estado e Prefeitura de Teresina reúnem-se dia 21 para definir a política de aplicações do montante no Estado. O evento ocorrerá às 8h30, no auditório da Superintendência do Banco do Nordeste. O diretor de Negócios do BNB, Antônio Rosendo Neto Júnior, participará do encontro.

Para o superintendente estadual em exercício do Banco do Nordeste no Piauí, Francisco das Chagas Sousa Lopes, as discussões com os setores produtivos são fundamentais para distribuição dos recursos considerando a realidade do Estado. “A programação anual do FNE é caracterizada por sua metodologia participativa e se constitui em momento importante para o Banco e sociedade piauiense, pela oportunidade de manifestação de todos os setores produtivos do Estado, representados pelas Federações, Secretarias de Governo e entidades de classe, com vistas à aplicação dos recursos do Fundo Constitucional para 2018”, avalia.

A elaboração da Programação Anual do FNE está em consonância com as diretrizes e orientações gerais do Ministério da Integração Nacional e do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Condel/Sudene) e prioridades dos Governos Estaduais.

Vereador de Fortaleza quer eliminar disparidades na cobrança da água

Posted on Updated on

“O cidadão não sabe, mas independentemente de consumir 2, 3 ou 4 m³ de água por mês, num esforço de economia, ele paga um valor mínimo correspondente a 10 m³ (10 mil litros) na sua conta de água, segundo resolução da Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFOR)”, explicou o vereador Acrísio Sena (PT), presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Fortaleza. Ele anunciou a realização de audiência para que Cagece e AcFor expliquem os motivos da cobrança.

“Isso fere o Código de Defesa do Consumidor, que determina que a cobrança deve corresponder à exata medida da prestação do serviço. Ora, se um cidadão ou uma família não consomem tal volume, porque são obrigados a pagar por isso?”, reclamou o parlamentar. Já ocorreram várias audiências no Procon sobre o parâmetro utilizado para estabelecer este valor, que determina um pagamento mínimo por um consumo diário correspondente a 333 litros por dia.

“Por dia, cada brasileiro usa em média 166,30 litros de água encanada, segundo dados do Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (Snis), do Ministério das Cidades, de 2013”, explicou. Ainda segundo a mesma pesquisa, o Ceará é sexto estado do país com menor consumo médio per capita de água, com somente 128,39 litros/dia. “Em plena crise hídrica, de que adianta a conscientização e o esforço para economizar água do cidadão se isso pode não vai se refletir no bolso dele?”, finalizou Acrísio.

Nordeste lidera em geração de empregos

Posted on

Da Agência Brasil:

Em agosto, o número de novas vagas de trabalho com carteira assinada somou 35.457, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje (22) pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Segundo o Caged, agosto foi o quinto mês seguido com mais vagas de trabalho formal abertas do que fechadas no país.

No mês anterior, julho, foram gerados mais 35.900 postos de trabalho com carteira assinada.

De janeiro a agosto deste ano, o mês de abril foi o que apresentou melhor resultado: 71.193 novas vagas em postos de trabalho formal.

A Região Nordeste foi a que gerou mais postos de trabalho com 19.964 vagas. Em seguida, vêm a Região Sul, com 5935 vagas; o Centro-Oeste, com 4655; o Norte, com 3.275; e o Sudeste 1628 postos.

A íntegra está neste link.

Empresas do Pecém analisam alta performance

Posted on Updated on

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) realiza hoje mais uma edição do Ciclo de Palestras, série de encontros promovidos para incentivar a discussão de temas de interesse das empresas associadas. Para essa edição, o convidado é o consultor de inteligência de mercado e economista, Walyson Soares, que falará sobre “Indicadores para alcançar a alta performance”. “O objetivo do evento é apresentar técnicas e metodologias de gestão para alcançar e de alavancar os resultados das empresas”, explica.

O encontro acontecerá na sede da AECIPP (Campus do Pecém, IFCE – Rodovia CE-155 km 04 – Caucaia/CE) a partir das 9 horas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas por meio do endereço eletrônico relacionamento@aecipp.com.br ou pelo telefone 99102-2912.

A Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) é uma entidade empresarial, sem fins lucrativos, com atuação no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e região. A associação nasceu com o intuito de fortalecer e desenvolver, de forma sustentável, as atividades empresariais, industriais e de serviços nessa área, tanto atendendo as demandas e interesses das empresas associadas como atraindo cada vez mais oportunidades de negócio. A associação conta atualmente com 24 associados, que juntos geram mais de 50 mil empregos diretos e indiretos e um faturamento anual superior a R$ 12,5 bilhões.

Walyson Soares é economista e consultor empresarial há 11 anos. Já gerou para seus clientes um ROI de mais de 55% apenas em 2017. Junto com a jornalista Mônika Vieira, é sócio fundador do Grupo WS|MK, que reúne consultorias com foco em Inteligência de Mercado.

Turismo se qualifica no Ceará

Posted on Updated on

A Secretaria do Turismo do Estado Ceará programou para até março de 2018 cursos de capacitação profissional e de incentivo às empresas do setor. Serão disponibilizadas 120 turmas, beneficiando 3 mil pessoas nos polos turísticos Maciço de Baturité, Ibiapaba e no Litoral Leste. A qualificação dos profissionais, que faz parte do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), totaliza investimento de R$ 2 milhões e será executada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Ceará (Senac/CE).

Os trainamentos serão nos municípios de Ubajara, São Benedito, Viçosa, Guaramiranga, Redenção, Mulungu, Palmácia, Aquiraz e Beberibe. Para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos ao turista nas regiões de serra, sertão e litoral do Estado, serão ofertados cursos como: Inglês Básico para Turismo; Elaboração de Projetos Turísticos; Empreendedorismo e Negócios de Oportunidade; Planejamento e Elaboração de Roteiros Turísticos; Boas Práticas na Manipulação de Alimentos; Sustentabilidade e Cidadania Ambiental, entre outros.

A qualificação profissional será executada de acordo com os objetivos do Prodetur, que tem como foco o fortalecimento da Política Nacional de Turismo e a consolidação da gestão turística de modo democrático e sustentável, alinhando os investimentos regionais, estaduais e municipais ao modelo de desenvolvimento turístico projetado pelo Ministério do Turismo para o país. Dessa forma, o programa visa a geração de emprego e renda, em especial para a população local.

Camilo Santana apresenta Acquário a investidores chineses

Posted on Updated on

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), tem reunião agendada hoje em Pequim, na China, com investidores interessados no Acquario Ceará. A obra (imagem acima, projetada por escritório de arquitetura), em execução pelo Estado em Fortaleza, tem a meta de ser atratora de turismo e está orçada em US$ 150 milhões. Em seguida, Camilo se encontra com o embaixador do Brasil na China, Marcos Caramuru.

No segundo dia de sua missão oficial na China, Camilo Santana se reuniu ontem, em Hangzhou, com os diretores do CHINT Group, uma das maiores empresas do mundo na área de energia. Em discussão, a implantação de uma unidade da companhia na Zona de Processamento de Exportação (ZPE), no Pecém. Durante o encontro, ficou acertado que uma missão do CHINT Group, com técnicos e diretores, visitará o Ceará ainda este ano para conhecer o estado e, em especial, a área da ZPE.

“Foi uma reunião muito proveitosa. Apresentamos as potencialidades do Ceará, incluindo a ZPE, e saio muito otimista com a possibilidade de instalarem uma unidade no Ceará. Eles querem visitar nosso estado e mandarão, em breve, técnicos e engenheiros para conhecerem a ZPE”, disse o governador, que fez visita técnica à fábrica da empresa, em Hangzhou, acompanhado da vice-presidente do grupo, Lily Zhang.

“O CHINT Group é uma das maiores empresas do segmento do mundo, não só na fabricação de equipamentos de energia, mas também de painéis solares com alta tecnologia. O Ceará tem grande potencial para a produção de energias renováveis, o que aumenta nosso otimismo para atração investimento nessa área. É uma fábrica deste tipo que eles querem instalar no Brasil”, afirmou o governador.

Na última segunda-feira, a comitiva cearense se reuniu com diretores da empresa multinacional chinesa Meheco (Medical Health Company), quando foi assinado um Memorando de Entendimento (MOU) para o desenvolvimento de soluções para a implementação, construção, financiamento e operação de projetos na área da saúde. Entre as ações está a instalação de unidade para fabricação de montagem de máquinas de alta complexidade e imagens (tomógrafos, raios-x, ultrassons) na ZPE.

Também na segunda-feira, o governador Camilo Santana se reuniu com o diretor para a África e Américas do Banco de Desenvolvimento da China (China Development Bank), Tian Yunhai. O encontro teve como foco discutir a participação do banco em programas e projetos apresentados pelo Estado. Atualmente, o CDB tem ativos no valor de 2,2 trilhões de dólares e o Brasil tem sido o principal parceiro para operações no mundo.

Acordo pode viabilizar gigante chinesa no Ceará

Posted on Updated on

Do Governo do Ceará:

O governador Camilo Santana e a multinacional chinesa Meheco (Medical Health Company) assinaram nesta segunda-feira (18), em Pequim, na China, um Memorando de Entendimento (MOU) para o desenvolvimento de soluções para a implementação, construção, financiamento e operação de projetos na área da saúde. Entre as ações está a instalação de unidade para fabricação de montagem de máquinas de alta complexidade e imagens (tomógrafos, raios-x, ultrassons) na Zona de Processamento do Ceará, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

Fiquei muito animado com a perspectiva (de instalação de nova fábrica). A Meheco é uma das maiores empresas do mundo na fabricação de medicamentos e equipamentos na área da saúde. Eles demonstraram muito interesse em fazer investimentos no Ceará. Além de instalar uma fábrica de produção de equipamentos para área da saúde, eles pretendem financiar, por meio do Banco de Desenvolvimento Chinês, equipamentos para a área da saúde pública do Estado do Ceará”, citou o governador Camilo Santana.

Leia mais neste link.

Feira multissetorial abre espaços para negócios

Posted on Updated on

O cenário econômico de crise e o potencial de geração de negócios da Região Metropolitana de Fortaleza motivaram o Instituto Paju e a Associação Empresarial de Indústrias (Aedi) a promover quarta e quinta-feira próximas, das 14 às 20 horas, no Clube da Parceria do Sesi, em Maracanaú, a II Feira Multissetorial de Negócios da Região Metropolitana de Fortaleza.

A Feira reunirá em um mesmo espaço micro e pequenas empresas industriais, comerciais e de serviços que tenham interesse em comercializar ou prestar serviços.

A ideia é também aproximar os pequenos empreendimentos das indústrias e atacadistas de maior porte, que estarão presentes para comprar ou ainda ofertar com condições especiais produtos de seu interesse.

Refinaria no Pecém começa a ganhar nitidez legal

Posted on

 

Camilo Santana: agenda na Ásia

O Governo do Ceará participa de uma série de eventos com investidores no continente asiático, nesta e na próxima semana. Já nesta sexta-feira, o governador Camilo Santana (PT) viaja para a China para participar de uma reunião com o banco de desenvolvimento chinês para a assinatura de compromisso financeiro para o investimento de construção da refinaria, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém ( CIPP).

Para apresentar as potencialidades do CIPP aos investidores asiáticos, a Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE) e a Cearáportos já estão participando da Missão Ásia – Investimentos em Portos Brasileiros, a convite da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), do Governo Federal, na China (Xangai e Hong Kong) e em Singapura, de 12 a 19 de setembro. Já a A Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE-CE) participa também da Feira Internacional de Investimento e Comércio da China (CIFIT), que acontece de 18 a 21 de setembro, em Xiamen, também na China.

O titular da SDE, Cesar Ribeiro, e o presidente da Cearáportos, Danilo Serpa, apresentam o Ceará e o Porto do Pecém aos investidores asiáticos. O objetivo da missão da Apex Brasil é promover oportunidades de investimentos em portos brasileiros, especificamente atração de recursos para projetos e apresentar a empresas asiáticas alguns portos brasileiros. Além do Porto do Pecém, participam da missão o Porto do Itaqui (MA), Porto do Açu (RJ), Porto Central (ES), Porto de Belém (PA), Porto de Paranaguá (PR), Porto de Santana (AP) e Porto de Santos (SP) e Porto de São Sebastião(SP). Apenas dois desses portos brasileiros foram convidados a apresentar individualmente suas potencialidades e participar de reuniões privativas com empresas locais, entre eles o do Pecém.

Além de seminário, o evento contempla reuniões de negócios e visitas a portos de referência. O secretário do Desenvolvimento Econômico, Cesar Ribeiro, destaca que essas apresentações individuais a investidores asiáticos demonstram a importância do CIPP. Segundo ele, só em Xangai, onde acontece a primeira rodada, sete reuniões estão agendadas com investidores querendo saber sobre a operação do Porto do Pecém.