Notícias

Ipea prevê crescimento econômico mais lento em 2017

Posted on

Close-up of a Calculator and Pen on a Financial Newspaper.  Blue-toned.
A estimativa de crescimento para este ano é de 0,3%.

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) prevê a retomada da economia este ano de forma mais gradual do que o projetado anteriormente, segundo o estudo Visão Geral da Carta de Conjuntura – número 35, divulgada nesta quinta-feira (29) pela instituição, no Rio de Janeiro.

“Fizemos antes um cenário em que era condicional a aprovação mais rápida e segura das reformas constitucionais. Com o aumento da incerteza acerca dessa questão, e também com base nos indicadores já disponíveis, reestimamos tudo. Continuamos prevendo crescimento, porém em um ritmo mais lento do que anteriormente previsto”, disse o diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea (Dimac).

A previsão, feita em março passado, indicava crescimento do Produto Interno Bruto (PIB – soma de todos os bens e serviços fabricados no país) de 0,7%, em 2017. Agora, a estimativa é de aumento de 0,3%. A projeção é que o segundo trimestre do ano tenha crescimento negativo em torno de 0,5%, o que segundo ele, acaba atrapalhando a taxa anual, que fecharia em 0,3%.

Para 2018, o Ipea prevê aumento de 2,3% PIB, um crescimento bem maior, segundo Souza Júnior, especialmente quando se lembra que o país esteve em recessão “É um número positivo, porém poderiamos esperar uma taxa mais elevada, caso resolvida a questão fiscal de longo prazo”.

Fonte: Agência Brasil.

Ceará participa de feira em Frankfurt

Posted on Updated on

setur-evento
A feira Imex é uma das mais importantes para o segmento

A Secretaria do Turismo do Ceará (Setur) participa até esta quinta-feira (18) de uma das mais importantes para o segmento de turismo de reuniões e viagens de incentivo, a Imex 2017, em Frankfurt, na Alemanha.  No evento, a Setur destaca o Centro de Eventos do Ceará (CEC) e os principais atrativos do Estado, como praias, serras, gastronomia e artesanato por  meio de um estande próprio.

“A Alemanha é um mercado importante para o Ceará e a Imex é uma feira de destaque, já consolidada no calendário do setor. Dentro do segmento MICE, temos o Centro de Eventos, o equipamento mais moderno do tipo na América Latina. Mas também divulgamos nossos principais destinos, já que temos nosso voo semanal em Frankfurt pela Condor”, ressalta o secretário do Turismo, Arialdo Pinho.

A Imex Frankfurt começou na última terça-feira (16) e conta com quase 3.500 expositores de mais de 150 países. A feira reúne profissionais do turismo, organizadores de eventos, empresas hoteleiras e aéreas, operadores e agentes de viagens de negócios. “É uma grande oportunidade para mostrar o que o Ceará tem para oferecer”, completa o secretário.

A Alemanha está entre os cinco maiores emissores de turistas para o Ceará. O Estado recebe por ano aproximadamente 30 mil alemães, número que representa cerca de 10% do total de turistas estrangeiros que visitam o Ceará. Em abril, o voo da Condor teve ocupação de 73%.

Fonte: Governo do Estado do Ceará.

Ministro da Fazenda prevê crescimento de 2,7% no último trimestre

Posted on Updated on

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (4) que a economia do país deve crescer 2,7% no último trimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2016. A estimativa foi apresentada durante palestra no Financial Times Forum, realizado na capital paulista.

Em conversa com jornalistas após o evento, Meirelles disse que “o importante é que o Brasil volte a crescer, gerar emprego, gerar renda, com menos inflação”.

“Acreditamos que no final deste ano o Brasil vai estar crescendo a uma taxa forte comparada com o final do ano passado, de 2,7%, e estar crescendo a um ritmo de mais de 3% entrando em 2018”, disse o ministro. 

Segundo Meirelles, o país já está em trajetória de recuperação, mas precisa da implementação de reformas para garantir a melhora. O ministro disse estar confiante na aprovação da reforma da Previdência pelo Congresso Nacional. Segundo ele, a mudança nas aposentadorias não é uma questão de opinião, mas de necessidade. “É o que eu digo: por mim, se fosse depender da minha opinião, todos os brasileiros poderiam se aposentar com 50 anos de idade e tudo bem. Só trabalhava mais quem ia preferir. Só que alguém tem que pagar e esse alguém é o povo brasileiro.”

Para o ministro, mais importante do que a idade com que o trabalhador vai se aposentar é “que todos tenham segurança que vão receber a aposentadoria”. Com a reforma, segundo ele, “todos poderão ter a tranquilidade de que vão se aposentar, vão receber a sua aposentadoria na época adequada e de mareira justa”.

Ceará participa de encontro internacional sobre água e saneamento rural

Posted on

RIMG-20170404-WA0015

A III Assembleia Geral do Sistema de Informação sobre Água e Saneamento Rural (Siasar) começou na última segunda-feira (3), em Cali, na Colômbia. O Brasil é representado pelo Ceará, através da Secretaria das Cidades. O encontro, que segue até o dia 07 de abril, reúne delegações de 11 países, técnicos do Banco Mundial e agências que trabalham com a água potável e saneamento.

O Ceará é o primeiro estado brasileiro a implementar o sistema e os técnicos da SCidades foram convidados para participar do evento para apresentar as ações exitosas na experiência de implantação do Siasar, através do projeto piloto nas comunidades rurais do município de Aracati.

No evento, também será apresentada oficialmente a nova plataforma web Siasar 2.0, que amplia a sua capacidade como uma ferramenta estratégica sob o monitoramento das Metas de Desenvolvimento Sustentável. Além disso, serão divulgados os relatórios de progresso dos países e os planos de trabalho para o ano de 2017.

O SIASAR

O Siasar consiste em uma ferramenta de informação básica e atualizada sobre os serviços de saneamento rural de um país, sendo possível, entre outras funcionalidades, o monitoramento da cobertura, qualidade e sustentabilidade do serviço de abastecimento de água e esgotamento sanitário da região, o registro do desempenho dos prestadores de assistência técnica e a transferência de dados estatísticos, cruzando base de dados setoriais.

Atualmente, o banco de dados do sistema já possui armazenados informações de mais de 23.000 comunidades rurais dos países membros. A ferramenta, financiada pelo Banco Mundial, já é utilizada por outros países da América Latina como Costa Rica, Honduras e Peru.

Fortaleza: Defesa Civil apresenta experiências locais em seminário nacional

Posted on Updated on

O coordenador de Proteção e Defesa Civil de Fortaleza, Cristiano Férrer, participa, nesta semana, do I Seminário Nacional de Avaliação dos Alertas do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) em São José dos Campos (SP). O evento, que acontece de 4 a 6 de abril, reúne pesquisadores, instituições federais de monitoramento e Defesas Civis estaduais e municipais para avaliar o conteúdo e os processos de disseminação dos alertas de desastres naturais e as perspectivas de aprimoramento.

Dentro da programação do seminário, a Defesa Civil de Fortaleza apresentará experiências locais exitosas, como a criação do Centro de Monitoramento e Percepção de Riscos, inaugurado oficialmente em 2015, e o Sistema de Alerta Fortaleza, ferramenta online desenvolvida em parceria com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) com o objetivo de diminuir os danos provocados pelos desastres naturais na capital cearense.  

O Sistema Alerta Fortaleza exibe, em tempo real, o monitoramento  de radares meteorológicos, pluviômetros automáticos, imagens de satélites, estações hidrológicas e modelos matemáticos de tempo e clima, além de permitir o cadastro de usuários para receber avisos e alertas emitidos pela Defesa Civil de Fortaleza.

Ceará: aeroporto de Jericoacoara deve operar em junho

Posted on Updated on

jeriO governador Camilo Santana supervisionou nesta sexta-feira (31) as obras do Aeroporto de Jericoacoara, no município de Cruz. Previsto para ficar pronto em junho deste ano, o aeroporto vai operar com capacidade para 1,2 mil voos por ano e será fundamental para o turismo do Litoral Oeste do Estado. O primeiro voo comercial deverá ser realizado em maio, pela companhia aérea Azul, no trajeto Campinas (SP)/Recife/Jericoacoara.

“A parte física está praticamente concluída. Já estamos com todas as obras exigidas pela Anac e agora estamos esperando a fiscalização do órgão para autorizar a operação. O Estado também foi o responsável por todas as obras do entorno para facilitar o acesso”, afirmou o governador.

De acordo com o governador, o Estado tem trabalhado para atrair também a companhia GOL. “A partir do momento em que o aeroporto for regulamentado pela Anac, já podemos ter voos da companhia Azul, que será direto de São Paulo (via Campinas). Estamos trabalhando também para termos um voo da Gol e voos regionais dentro do próprio Ceará. Portanto, é um aeroporto que vai atender não só os nossos turistas, mas também os municípios vizinhos: Acaraú, Camocim, Marco, Cruz. Não tenho dúvida de que será um aeroporto com fluxo muito importante para a região e para o desenvolvimento do turismo”, acrescentou.

Em relação ao acesso ao aeroporto, o chefe do Executivo cearense explicou que o Estado vai investir na duplicação de trechos da CE-085. “Estamos com o projeto de duplicar toda a CE-085, que dá acesso ao Litoral Oeste, assim como aconteceu com a CE-040. A ideia é que as duas CEs litorâneas do Ceará possam ser duplicadas para facilitar o acesso do turista, da economia e do fluxo de cargas. Entretanto, como é um trecho muito longo na CE-085 e ainda não temos os recursos, vamos priorizar o trecho que Itarema a Acaraú. O DER já está com o projeto e vamos incluí-lo em mais uma etapa do Programa Ceará de Ponta a Ponta”, concluiu o governador.

A visita ao aeroporto foi acompanhada pelo secretário da Infraestrutura do Estado, Lucio Gomes; pelo secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho; pelo superintendente do Departamento Estadual de Rodovias (DER), Sérgio Azevedo, pelos deputados João Jaime, Dr. Duquinha e Sérgio Aguiar, além de prefeitos e lideranças políticas da região.

PAC terá corte de R$ 10,5 bilhões

Posted on

inflaçãoO Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) terá um corte de R$ 10,5 bilhões, informou há pouco o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira. O contingenciamento (bloqueio de verbas) de R$ 42,1 bilhões no Orçamento-Geral da União reduzirá para R$ 26,6 bilhões o orçamento do principal programa federal de investimentos.

Além dos cortes no PAC, os demais órgãos do governo sofrerão contingenciamento de R$ 20,1 bilhões, dos quais quase a totalidade em despesas de custeio (manutenção da máquina pública). Segundo Oliveira, os gastos mínimos determinados pela Constituição para a saúde e a educação serão preservados.

Emendas

O contingenciamento será completado da seguinte forma: as emendas impositivas (obrigatórias) sofrerão corte de R$ 5,4 bilhões. O contingenciamento é linear, atingindo todas as emendas na mesma proporção, conforme a Constituição. Serão cortadas ainda R$ 5,5 bilhões de emendas não obrigatórias incluídas durante a tramitação do Orçamento no Congresso Nacional.

Poderes

Os demais poderes – Legislativo, Judiciário e Ministério Público – sofrerão corte de R$ 580 milhões.

O contingenciamento de R$ 42,1 bilhões é uma das medidas necessárias para cobrir o rombo adicional de R$ 58,2 bilhões no Orçamento necessário para cumprir a meta fiscal de déficit primário (resultado negativo nas contas do governo desconsiderando os juros da dívida pública) de R$ 139 bilhões estipulado para este ano.

O restante da diferença será coberta da seguinte forma: R$ 10,1 bilhões virão do leilão de usinas hidrelétricas cujas concessões foram devolvidas à União; R$ 4,8 bilhões, da reversão quase total da desoneração da folha de pagamentos, e R$ 1,2 bilhão, do fim da isenção de Imposto sobre Operações Financeiras para cooperativas de crédito.

Da Agencia Brasil.

Seuma abre seleção pública para profissionais de níveis superior e médio

Posted on

A Prefeitura de Fortaleza, por meio do Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh), lança edital de abertura para contratação, por tempo determinado, de profissionais de níveis superior e médio para a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). No total, 33 vagas são ofertadas. As inscrições serão feitas, exclusivamente, pela internet, no período de 30 de março a 16 de abril de 2017.

Podem participar do processo seletivo os interessados que possuam diploma de conclusão de curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, Biologia, Ciências da Computação e áreas correlatas, Ciências Sociais, Direito, Economia, Engenharia Florestal, Engenharia de Pesca, Geografia e Geologia. Para os profissionais de nível médio é necessário, além da certificação do Ensino Médio, formação em Agrimensura ou Geoprocessamento, GIS e GPS ou formação em Autocad, GIS e GPS ou formação em Permacultura.

O processo seletivo será realizado em duas etapas, sendo a primeira análise de títulos e experiência profissional, na qual somente serão aceitos os títulos e a experiência profissional relacionados no edital; e a segunda, aplicação de entrevista, em que serão avaliados os seguintes critérios: concepção e conhecimento sobre a legislação urbana do Município de Fortaleza, sobre políticas públicas e sobre a atividade a ser desenvolvida; comportamento ético; capacidade de atender com celeridade às demandas; desenvoltura, clareza e objetividade na comunicação; capacidade de convivência harmônica e colaborativa e capacidade de trabalho em equipe. As duas etapas são de caráter eliminatório e classificatório.

Para se inscrever, os interessados devem acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura de Fortaleza, preencher o formulário eletrônico e pagar a taxa de inscrição no valor de R$140,00 para os candidatos de nível superior e de R$90,00 para os candidatos de nível médio. No ato da inscrição, o interessado terá de indicar seus próprios RG e CPF. O boleto de pagamento, ainda que gerado no último dia de inscrição, deverá ser pago obrigatoriamente até a data do vencimento, observado o horário da cidade de Fortaleza.

Seleção pública para gestores de saúde seguem até segunda-feira em Fortaleza

Posted on Updated on

As inscrições para a seleção pública para os cargos de diretor executivo de hospital, coordenador Regional de saúde e gestor de unidade de Atenção Primaria à Saúde (UAPS) da Rede Municipal da Saúde de Fortaleza podem ser feitas até a próxima segunda-feira, dia 3 de abril. No total, 124 vagas são ofertadas para os cargos. As inscrições são feitas, exclusivamente, pela internet.

Podem participar do processo seletivo os interessados que possuam graduação em Administração e/ou em qualquer curso de nível superior na área da saúde, com experiência mínima de um ano em gestão pública e/ou privada.

De acordo com o edital de abertura, serão 109 vagas para o cargo de gestor de UAPS, 9 para o de diretor executivo de hospital e 6 para coordenador regional de saúde. Para não servidores, os vencimentos variam de R$ R$2.231,75 a R$ 3.548,21. Para servidores das esferas municipal, estadual ou federal, os vencimentos variam de R$1.280,79 a R$3.024,26.

A seleção será composta por duas etapas, sendo a primeira uma prova objetiva de caráter eliminatório e a segunda uma entrevista, de caráter classificatório, apenas para os candidatos habilitados na primeira fase. A data prevista para aplicação da primeira etapa é 30 de abril.

Para se inscrever, os interessados devem acessar o Canal de Concursos e Seleções da Prefeitura de Fortaleza até às 23 horas e 59 minutos do dia 3 de abril de 2017 e indicar seus RG e CPF. O boleto deverá ser pago obrigatoriamente até a data do vencimento. O valor da inscrição é de R$180.

Os selecionados irão desempenhar atividades de liderança e gestão, de modo a garantir o funcionamento pleno dos órgãos/unidades sob a sua chefia, incluindo o planejamento, a organização e o desenvolvimento de Plano de Gestão, assim como o seu acompanhamento e a sua avaliação. A seleção pública terá validade de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação do resultado final do certame, podendo ser prorrogada por igual período, a critério da Administração Pública.

Caixa lucra R$ 4,1 bilhões em 2016

Posted on Updated on

Brasília - Neste sábado, 37 agências da Caixa Econômica Federal do Distrito Federal e entorno estão abertas das 9h às 15h para atendimento exclusivo sobre contas inativas do FGTS (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal teve lucro de R$ 4,1 bilhões em 2016, sendo R$ 691 milhões no quarto trimestre do ano. Segundo balanço divulgado hoje (28) pela instituição, o resultado representa queda de 43% em relação aos 7,2 bilhões de lucro registrados em 2015.

O índice de inadimplência chegou ao final do ano passado em 2,88%, uma redução de 0,7 ponto percentual em 12 meses.

Crédito

A carteira de crédito cresceu 4,4%, ao longo de 2016, registrando saldo de R$ 709,3 bilhões. Com isso, o banco tem 22,4% de participação no mercado. A principal linha, o crédito habitacional, teve expansão de 5,6%, fechando o ano com saldo de R$ 406,1 bilhões, o que representa 67% do mercado.

As contratações para compra de imóveis chegaram a R$ 81,8 bilhões no ano, dos quais R$ 62,9 bilhões foram viabilizados com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

As operações de crédito comerciais tiveram retração de 4% em 12 meses, totalizando R$ 191 bilhões. A queda foi puxada pela redução das operações com pessoa jurídica, que caíram 7,4%.

Por outro lado, o crédito consignado cresceu 7,2%, alcançando um saldo de R$ 63,9 bilhões em 2016. De maneira geral, o crédito para pessoa física teve redução de 0,8%.

As captações totais tiveram expansão de 4,5% em 12 meses, somando R$ 984,1 bilhões. A alta foi influenciada principalmente pelo crescimento de 4,1% na poupança (segmento em que a Caixa detém 38% do mercado) e de 27,7% pela emissão de títulos CDB.

Da Agencia Brasil.