Um ano após inauguração, hospital de Quixeramobim tem verba para abrir

Posted on Updated on

quixeramobimInaugurado há mais de um ano, o Hospital Regional do Sertão Central recebeu ontem sinalização de que enfim terá recursos para iniciar seu funcionamento. Em reunião com Camilo Santana (PT) em Brasília, o ministro Marcelo Castro (Saúde) garantiu custeio federal de 50% do hospital, que deve abrir as portas no 1º trimestre de 2016.

A unidade, conhecida como Hospital de Quixeramobim, seguia inativa desde 28 de dezembro de 2014, quando ocorreu “visita inaugural” do ex-governador Cid Gomes (PDT). A atual gestão vinha tentando garantir apoio federal na manutenção do hospital, que custará R$ 100 milhões por ano.

“Solicitei ao ministro a garantia dos recursos de 50% do custeio para colocarmos em funcionamento o hospital, algo que já estava acordado antes da troca no ministério. Agora, ele garantiu a liberação para o início do ano. A unidade é muito importante não só para o Sertão Central, mas para todo o nosso estado”, disse Camilo Santana.

Ao lado do secretário Mauro Filho (Fazenda), Camilo se reuniu com Castro e com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. Segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesa), 4% da obra do hospital ainda está em execução.

Nesta segunda-feira, quando a obra completou um ano de “inauguração”, concursados que esperam nomeação na unidade fizeram protesto pela abertura do hospital. Sem a unidade, população ainda precisa recorrer a Fortaleza – cidade a 206km – para procedimentos complexos.

Obra polêmica
Inatividade do hospital de Quixeramobim tem motivado uma série de embates na Assembleia e entre a bancada cearense na Câmara Federal. Segundo o deputado federal Danilo Forte (PSB), unidade não funciona por “má gestão”.

Unidade com investimento de R$ 87,7 milhões, o Hospital Regional do Sertão Central tem capacidade para atender mais de 400 pessoas por dia, de vinte cidades da região. Com perfil para realizar operações de alta complexidade, o Hospital possui nove salas de cirurgia, 209 leitos de internação geral e 60 leitos de UTI.

Inicialmente cotado para ser instalado em Quixadá – pela centralidade e maior tamanho do município -, o hospital acabou transferido para Quixeramobim em votação entre conselhos de saúde e prefeituras da região. Nos bastidores, no entanto, se comenta que a transferência ocorreu por influência política do deputado José Guimarães (PT), natural de Quixeramobim.
Saiba mais

O Hospital do Sertão Central é a 3ª unidade Regional do Estado. Ação da gestão Cid Gomes, a rede é elogiada por descentralizar investimentos de Saúde da Capital para o interior.

Aterro da Praia de Iracema ganha nova iluminação

Posted on

beira_mar6O prefeito Roberto Cláudio entregou, nesta segunda-feira (28/12), a nova iluminação do Aterro da Praia de Iracema, com um novo sistema mais eficiente. A implantação da nova iluminação no local irá beneficiar a população e os frequentadores, que utilizam o espaço diariamente para a convivência em família e práticas esportivas. Além disso, no
Aterro são realizados os maiores eventos ao ar livre da cidade.
Para o prefeito Roberto Cláudio, esta nova iluminação irá transformar todo o visual da Praia de Iracema. “Estamos dando agora uma nova iluminação completamente diferente e bem mais potente para um espaço que tem destinação turística, mas que também é a grande arena aberta para os grandes eventos da cidade de Fortaleza. Eu espero que com isso possamos garantir mais segurança e mais infraestrutura”, comentou o Prefeito.

Proporcionando alta eficiência e baixo consumo, os equipamentos em LED estão dotados com sistema de Telegestão, de forma a permitir o controle de seu funcionamento com atividade de dimerização remotamente. A Telegestão permitirá à Prefeitura de Fortaleza criar cenários e níveis de iluminamento de acordo com horários e usos específicos, dando mais eficiência à iluminação desse importante espaço. “Monitoraremos a iluminação por sistema online e de acordo com a utilização do espaço. Faremos este controle através de um tablet ou celular aumentando ou diminuindo a intensidade destes projetores que foram instalados”, explicou o coordenador espacial de iluminação pública de Fortaleza, Alfredo Serejo.

Com este projeto, o consumo de energia será reduzido e o nível de iluminância e uniformidade serão melhorados significantemente, com atendimento desde o calçadão até a faixa de maré seca, com média de 70 lux na área de eventos. Tudo isto com apenas uma linha de postes, o que dá maior liberdade de uso para a faixa de praia.

A atual gestão realizou o maior investimento com nova iluminação. “Em toda a cidade, estamos trocando luz amarela pela branca, fortalecendo a iluminação e colocando luzes em LED em algumas praças públicas da cidade. Posso garantir que, ao longo destes dois anos, fizemos o maior investimento já realizado tanto em troca de iluminação, como em troca da rede e inclusão de novas tecnologias em espaços públicos e em grandes corredores urbanos da cidade. Melhorar a iluminação acaba sendo uma contribuição da Prefeitura para uma questão que é um grande desafio para as grandes cidades, que é diminuir a violência urbana”, disse Roberto Cláudio.

 

Da Prefeitura de Fortaleza.

Aterro da Praia de Iracema ganha nova iluminação

Posted on Updated on

beira_mar6O prefeito Roberto Cláudio entregou, nesta segunda-feira (28/12), a nova iluminação do Aterro da Praia de Iracema, com um novo sistema mais eficiente. A implantação da nova iluminação no local irá beneficiar a população e os frequentadores, que utilizam o espaço diariamente para a convivência em família e práticas esportivas. Além disso, no
Aterro são realizados os maiores eventos ao ar livre da cidade.
Para o prefeito Roberto Cláudio, esta nova iluminação irá transformar todo o visual da Praia de Iracema. “Estamos dando agora uma nova iluminação completamente diferente e bem mais potente para um espaço que tem destinação turística, mas que também é a grande arena aberta para os grandes eventos da cidade de Fortaleza. Eu espero que com isso possamos garantir mais segurança e mais infraestrutura”, comentou o Prefeito.

Proporcionando alta eficiência e baixo consumo, os equipamentos em LED estão dotados com sistema de Telegestão, de forma a permitir o controle de seu funcionamento com atividade de dimerização remotamente. A Telegestão permitirá à Prefeitura de Fortaleza criar cenários e níveis de iluminamento de acordo com horários e usos específicos, dando mais eficiência à iluminação desse importante espaço. “Monitoraremos a iluminação por sistema online e de acordo com a utilização do espaço. Faremos este controle através de um tablet ou celular aumentando ou diminuindo a intensidade destes projetores que foram instalados”, explicou o coordenador espacial de iluminação pública de Fortaleza, Alfredo Serejo.

Com este projeto, o consumo de energia será reduzido e o nível de iluminância e uniformidade serão melhorados significantemente, com atendimento desde o calçadão até a faixa de maré seca, com média de 70 lux na área de eventos. Tudo isto com apenas uma linha de postes, o que dá maior liberdade de uso para a faixa de praia.

A atual gestão realizou o maior investimento com nova iluminação. “Em toda a cidade, estamos trocando luz amarela pela branca, fortalecendo a iluminação e colocando luzes em LED em algumas praças públicas da cidade. Posso garantir que, ao longo destes dois anos, fizemos o maior investimento já realizado tanto em troca de iluminação, como em troca da rede e inclusão de novas tecnologias em espaços públicos e em grandes corredores urbanos da cidade. Melhorar a iluminação acaba sendo uma contribuição da Prefeitura para uma questão que é um grande desafio para as grandes cidades, que é diminuir a violência urbana”, disse Roberto Cláudio.
 

 

 

Do Governo do Estado do Ceará.

Mercado prevê inflação de 6,86% e juros de 15,25% para 2016

Posted on

inflaçãoA projeção de instituições financeiras para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2016 passou de 6,87% para 6,86%, segundo Boletim Focus divulgado hoje (28) pelo Banco Central – BC.

A publicação semanal, feita a partir de consultas a instituições financeiras, também prevê que a taxa básica de juros (Selic) deve chegar ao fim de 2016 em 15,25%.

Para 2015, a projeção para a inflação passou de 10,70% para 10,72%. Esta foi a 15ª semana seguida de alta na previsão de inflação para este ano. Os cálculos de inflação estão acima do limite superior da meta, que é 6,5%. O centro da meta é 4,5%.

De acordo com a pesquisa do BC, a projeção para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) passou de 10,82% para 10,80% este ano, e de 6,11% para 6,14% para 2016.

Para o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), a estimativa foi mantida em 10,72%, em 2015, e em 6,48% no próximo ano.

A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe) mudou de 10,85% para 10,84% este ano e se manteve em 5,81% para 2016.

A projeção para a alta dos preços administrados foi mantida em 18%, este ano, e em 7,50%, em 2016.

A projeção para a queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos pelo país, se manteve em 3,70% este ano e, para 2016, a estimativa de queda foi alterada de 2,80% para 2,81%.

A taxa básica de juros, a Selic, é o principal instrumento usado pelo BC para controlar alta dos preços.  Ela é usada nas negociações de títulos públicos no Sistema Especial de Liquidação e Custódia (Selic) e serve de referência para as demais taxas de juros da economia.

Ao reajustá-la para cima, o BC contém o excesso de demanda que pressiona os preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

O Comitê de Política Monetária (Copom), responsável por definir a Selic, elevou a taxa por sete vezes consecutivas. Nas reuniões do comitê em setembro, outubro e novembro, o Copom optou por manter a Selic em 14,25% ao ano.

Da Agência Brasil.

Hemoce recebe doações de sangue nos feriados de Natal e Ano Novo

Posted on

hemoceAs festas de final de ano e os feriados prolongados se aproximam e com eles a necessidade de reforçar o estoque de bolsas de sangue. Por isso, o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), da rede pública do Governo do Estado do Ceará, estará de portas abertas durante as duas últimas semanas do ano, fechando somente nos dias 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Nos dias 24, véspera do Natal, e 31 de janeiro, véspera de Réveillon, a sede do Hemoce, na Av. José Bastos 3390, e os regionais do interior do Estado, vão receber os doadores das 7h30 às 12h. Já o posto de coleta no IJF, não fecha nenhum dia e os doadores podem realizar o gesto de solidariedade das 13 às 17h30 nos dias 24, 25, 31 de dezembro e 1º de janeiro. Nos demais dias, o posto funcionará no horário normal da semana.

A expectativa é de que até o fim deste mês, sejam realizadas pelo menos 1.200 doações de sangue para alcançar a meta de 108 mil bolsas coletadas no ano de 2015 em todo o Estado. ?A gente sabe que o povo cearense é solidário, se preocupa com o próximo e contando com a ajuda da população vamos atingir a meta?, explica Nágela Lima, coordenadora da captação de doadores do Hemoce.

Para facilitar o acesso da população às unidades de coleta, o Hemoce ampliou os locais de doação. Além da sede do Hemocentro coordenador, e o posto de coleta no IJF, foi montada uma estrutura de coleta de sangue na Praça do Ferreira, até o dia 30 de janeiro. As doações podem ser realizadas das 8 às 16h, de segunda a sexta-feira, e também aos sábados, das 8 ás 14h. Fora da capital cearense, o Hemoce funciona com atendimento nos hemocentros regionais nas cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Iguatu, Quixadá e Sobral.

O que é necessário para doar:
Para ser um doador de sangue é preciso: estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50kg, ter entre 16 a 69 anos de idade e apresentar um documento oficial e original com foto. Atenção: os menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento para menores de 18 anos, disponível para download no site do Hemoce (www.hemoce.ce.gov.br). Em Fortaleza, além da sede que funciona na Av. José Bastos 3390, e do posto de coleta no IJF.

Inflação deve chegar a 10,8% este ano e a 6,2% em 2016

Posted on

inflaçãoPara 2016, a estimativa para o IPCA subiu de 5,3% para 6,2%. Em 2017, a inflação deve ficar em 4,8%, segundo previsão do BCAgência Brasil/Arquivo
A inflação, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), este ano vai chegar a dois dígitos e passar longe do teto da meta de 6,5%. A projeção do Banco Central (BC) é que a inflação feche este ano em 10,8%. A estimativa divulgada em setembro era 9,5%. A última vez que a inflação ultrapassou dois dígitos foi em 2002, quando chegou a 12,53%.

A previsão consta no Relatório de Inflação, divulgado trimestralmente pelo BC. Para 2016, a estimativa para o IPCA subiu de 5,3% para 6,2%. Em 2017, a inflação deve ficar em 4,8%.

Essas projeções são do cenário de referência, elaborado com base na taxa básica de juros, a Selic, no atual patamar (14,25% ao ano), e o dólar a R$ 3,90. O BC também divulga estimativas do cenário de mercado, em que são usadas projeções de analistas de instituições financeiras para a taxa Selic e câmbio. Neste caso, o IPCA também deve ficar em 10,8%, ante 9,5% previstos em setembro.

Para 2016, a estimativa de mercado foi ajustada de 5,4% para 6,3%. Em 2017, a inflação deve ficar em 4,9%.
O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu como meta de inflação 4,5% para 2016 e 2017, sendo que o limite de tolerância é 2 pontos percentuais no ano que vem e 1,5 ponto em 2017.

Quando a meta é ultrapassada, o presidente do BC tem de enviar carta aberta ao ministro da Fazenda, com as explicações para o descumprimento. A última vez que isso aconteceu foi em 2003, quando a inflação atingiu 9,3%.

 

Da Agência Brasil.

Procon Fortaleza divulga pesquisa com 68 itens da cesta de Natal

Posted on

imagesO Procon Fortaleza divulgou, nesta segunda-feira (21/12), a pesquisa com 68 itens da ceia de Natal 2015. O levantamento ocorreu de 14 a 16 de dezembro e é o mais completo já realizado pelo Procon. O consumidor pode economizar até 137% no quilo da uva itália, se optar pelo supermercado mais barato. O item, bastante utilizado na ceia, pode ser comprado de R$ 3,99 a R$ 9,49. O tradicional peru foi encontrado com diferença de até 25% entre os estabelecimentos pesquisados, indo de R$ 17,90 a R$ 22,39.

O preço do bacalhau, também comum nas festas de fim de ano, pode variar até 27,99% o quilo, sendo encontrado de R$ 28,90 a R$ 36,99 entre o supermercado mais caro e o mais barato. O Procon pesquisou ainda os preços dos espumantes e encontrou diferenças que podem chegar a 44%. É o caso da garrafa Chandon de 750ml, que varia de R$ 49,90 a R$ 71,99.

Já os preços dos vinhos podem variar até 56%, na garrafa de 750ml, da marca quinta do morgado, indo de R$ 8,29 a R$ 12,99. Quem optar por panetones vai encontrar diferença de até 21% no produto da Nestlé, que pode ser comprado de R$ 13,98 a R$ 16,99.

Se comparada com a pesquisa anterior, realizada no final de outubro, e considerando 34 itens que se repetiram nos dois levantamentos, verificou-se que 15 produtos apresentaram diminuição no preço médio, 18 aumentaram e um manteve o mesmo preço preço médio.

Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, o consumidor deve economizar, procurando os estabelecimentos mais baratos, numa época em que as contas de fim de ano já comprometem o orçamento. “Início do ano novo representa aumento de despesas com matrículas escolares, impostos de veículos e viagens e o consumidor deve evitar endividamento”, orientou.

Veja a pesquisa completa aqui.

Dicas
– Verifique as datas de promoções e dias de ofertas;
– Analise os encartes distribuídos como sendo de produtos promocionais e exija os mesmos preços praticados nos caixas. Se houver divergência, o consumidor tem o direito a pagar sempre o valor menor;
– Faça uma lista de quantos produtos precisa realmente comprar;
– Pesquise preços e verifique a melhor forma de pagamento e descontos no pagamento à vista em dinheiro e no cartão;
– Confira a data de validade dos produtos;
– Alimentos congelados devem ser colocados por último no carrinho para que sua qualidade não seja comprometida.

Da Prefeitura de Fortaleza.

Movimentação de frutas cresce 53% e lidera exportações no Pecém

Posted on

pecemA movimentação de frutas liderou as atividades de exportação de longo curso no Porto do Pecém, em 2015. Mesmo com a atual situação econômica do país, o porto exportou mais de 200 mil toneladas de frutas, ultrapassando os últimos dois anos: 2014 (135 mil toneladas) e 2013 (155 mil toneladas).

“Enviamos as frutas principalmente para a Europa. O Porto do Pecém é muito utilizado por causa de sua localização estratégica, que encurta o tempo de viagem, aumentando a qualidade do produto ao chegar a seu destino”, disse o presidente da Cearáportos, Danilo Serpa. As frutas enviadas para o exterior são produzidas nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco, e abastecem, principalmente, países como Holanda (40%), Estados Unidos (18%), Grã Bretanha (40%) e Espanha (8%).

O melão ocupa o primeiro lugar no ranking das frutas exportadas, com 120.514 toneladas, seguido da manga (44.325 toneladas), e da melancia (23.957 toneladas). Além desses, também são enviados para o exterior, através do terminal, uvas frescas, passas, castanha de caju e mamão.

Outras mercadorias que apresentaram um crescimento significativo no número de exportações são: produtos minerais como sal, enxofre, terras, pedras, gesso, cal e cimento (52%), metais comuns (81%), algodão (36%) e peles e couros (33%).

Os bons resultados consolidam a importância do Porto do Pecém, considerado a porta de entrada para grandes investimentos no Estado do Ceará. Tanto que o terminal tem recebido a visita de diversas empresas internacionais. Prestes a concluir a obra de segunda expansão, que vai aumentar a capacidade de movimentação do porto, e já com a terceira obra de expansão em estudo, o porto cearense trabalha ainda para receber um Hub de cargas a nível internacional.

Do Governo do Estado do Ceará.

Governo do Estado lança plano de combate ao Aedes aegypti

Posted on Updated on

O governador Camilo Santana lançará nesta segunda-feira (21) o Plano de Enfrentamento ao Mosquito Aedes aegypti. O inseto é vetor da dengue, chikungunya e zika. Esta última, teve relação confirmada pelo Ministério da Saúde com a microcefalia, malformação congênita que deixa as crianças com o crânio pequeno, influenciando o seu desenvolvimento.

A solenidade começará às 9 horas e será realizada no Centro de Eventos do Ceará, avenida Washington Soares, 999, bairro Edson Queiroz. Na ocasião, serão apresentadas informações técnicas, ações reforçadas de enfrentamento ao mosquito e a campanha para chamar a população ao combate. O Plano é fruto de uma ação integrada de todos os setores do Governo do Estado, além da parceria com os governos federal e municipais.

O Governo do Estado tem reunido gestores, coordenadores e técnicos para nivelar informações, por determinação do governador Camilo Santana, que provocou um encontro dos governadores com a presidente Dilma, no início de dezembro, após pedir apoio ao Governo Federal no combate ao inseto.

Do Governo do Estado do Ceará.

 

Dengue

Prefeitura de Fortaleza firma convênio com Judiciário para facilitar depoimentos de crianças

Posted on Updated on

O prefeito Roberto Cláudio e a presidente do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), desembargadora Iracema Vale, assinam nesta quarta-feira (16/12) Termo de Convênio de Cooperação Técnica para implantação do projeto “Depoimento Pessoal”. O documento será assinado às 14h30, no Palácio da Justiça, bairro Cambeba. O termo também será assinado pela presidente da Fundação da Criança e da Família Cidadã, Tânia de Fátima Gurgel Nobre; coordenadora da Infância e da Juventude do Tribunal, desembargadora Maria Vilauba Fausto Lopes, e pela titular da 12ª Vara Criminal da Capital, juíza Maria Ilna Lima de Castro.

A parceria objetiva instalar equipamentos de áudio e vídeo em sala da 12ª Vara Criminal visando adequar o ambiente para ouvir depoimentos de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual. A medida irá minimizar os danos causados ao público infantojuvenil. Pelo acordo, caberá ao Tribunal instalar os equipamentos fornecidos pela Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), vinculada à Prefeitura de Fortaleza, na referida Vara. Também disponibilizará sala de atendimento na unidade judiciária para atuação de equipe técnica da Fundação.

A equipe fará monitoramento pedagógico e avaliará as ações realizadas e o desempenho do projeto. O termo de cooperação terá vigência de 12 meses, podendo ser prorrogado a critérios da partes envolvidas.