Governo do Ceará lança hoje a 13ª edição da Bienal do Livro

Posted on Updated on

A Secretaria da Cultura do Ceará faz hoje (quarta-feira, 10.4) o lançamento da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará. A atividade será aberta ao público, às 9h, na Casa Juvenal Galeno, no Centro de Fortaleza.

A cerimônia visa a apresentar o conceito da edição da Bienal em 2019, assim como o seu tema, detalhes da programação, dos ambientes a serem montados, além da lista de palestrantes. Novos projetos e ações inéditas também serão revelados com exclusividade durante o evento.

A XIII Bienal Internacional do Livro será realizada entre 16 e 25 de agosto, no Centro de Eventos do Ceará.

Justiça do CE condena Uber a pagar indenização por extravio de bagagem

Posted on Updated on

A Uber do Brasil Tecnologia Ltda. (aplicativo de transporte) foi condenada a reparar os danos causados a passageiro que teve a bagagem extraviada durante viagem a São Paulo. A decisão é do juiz Marcelo Roseno de Oliveira, titular do 12º Juizado Especial Cível de Fortaleza.

Para o magistrado, as provas produzidas são “suficientes para demonstrar que, de fato, houve o extravio de bagagem por ocasião do deslocamento”.

A empresa pagará R$ 2.788,15, referentes aos prejuízos materiais, além de R$ 3 mil, a título de abalo moral. De acordo com a sentença, o extravio ocorreu em 11 de agosto do ano passado, no deslocamento entre o Aeroporto de Guarulhos e o bairro de Pinheiros, na capital paulista.

Segundo o processo, no momento do embarque, o passageiro acomodou as bagagens no porta-malas do veículo. Na mochila, no banco do carro, ele disse que levava fone de ouvido, passaporte, cartões de crédito, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), computador, carregador e uma quantia em euros.

Ao chegar ao hotel, o motorista retirou as malas e deixou o local, de forma apressada, conforme narra o cliente. Naquele momento, o passageiro sentiu falta da mochila, o que causou desespero porque faria uma viagem internacional.

Afirma ainda que tentou fazer contato com o condutor do carro, sem sucesso. Ao informar a Uber, recebeu a informação de que a empresa buscou o parceiro, que disse não ter ficado nenhum pertence no veículo. No dia seguinte, o passageiro registrou boletim de ocorrência e teve que ir à Polícia Federal emitir passaporte de emergência.

Por esse motivo, buscou a Justiça com a finalidade de ser ressarcido. A Uber, na contestação, negou ter cometido qualquer ato ilícito. “Toda a responsabilidade pela perda e suposta má-fé na ausência de devolução do bem – se provada – deve ser imputada, respectivamente, ao próprio demandante [passageiro] e ao motorista parceiro”, defendeu.

Nas audiências de conciliação, ocorridas em 24 de janeiro e em 13 de março de 2019, as partes não chegaram a acordo. Na sentença, o juiz afirma que “o fato motivador da demanda (extravio de bagagem) ocorreu em meio a deslocamento (registrado na plataforma durante o trajeto) realizado por motorista selecionado através de aplicativo disponibilizado pela reclamada [Uber], que o propaga e explora comercialmente para o fim de captar os consumidores, auferindo lucro para o desempenho de tal atividade econômica”.

O magistrado levou em consideração o artigo 734 do Código Civil, onde prevê que “o transportador responde pelos danos causados às pessoas transportadas e suas bagagens, salvo motivo de força maior, sendo nula qualquer cláusula excludente da responsabilidade”.

Também acrescentou que, “ainda que se reconheça a inexistência de vínculo empregatício entre os parceiros e a empresa, tal não afasta, a meu sentir, a responsabilidade solidária pelo serviço de intermediação oferecido.” Com relação ao valor dos prejuízos materiais, o juiz considerou ter ficado demonstrada a perda do computador, avaliado em R$ 2.788,15, valor que deve ser corrigido. Da decisão, assinada nessa sexta-feira (29/03), cabe recurso.

Audiência na OAB-CE trata de direitos humanos

Posted on Updated on

O Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH) realiza nesta quarta-feira (10.4) audiência pública sobre “Segurança Pública no Estado do Ceará”, das 9 às 13 horas, no auditório da sede da Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Ceará, na Av. Washington Soares, 800.

A audiência pública será realizada após uma operação de apuração e avaliação de violação de direitos humanos nos presídios cearenses. O evento contará com a participação de lideranças e representantes das entidades, da sociedade civil e das instituições públicas com atuação na defesa dos direitos humanos. A missão do CNDH, aqui no Ceará, iniciou no dia 8 de abril, com a realização de reuniões com diversas instituições e visita aos locais de privação de liberdade.

O Conselho Nacional de Direitos Humanos decidiu vir ao Ceará após relatos enviados pela Comissão Permanente dos Direitos da População em Privação de Liberdade e de peritos do Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura, ligado ao Ministério da Justiça, que trataram da crise no sistema prisional no Estado.

O presidente do CNDH, Leonardo Pinho, ressalta a atuação dos parceiros: “A reunião e a missão são resultado da forte atuação do Conselho Estadual e do Mecanismo e Comitê de Prevenção de Combate à Tortura, que mostrou a necessidade de somarmos esforços para responder à sistemática violação de Direitos Humanos apontados no sistema prisional e na segurança pública no Estado do Ceará”, concluiu.

O CNDH é um órgão autônomo, criado pela Lei nº 12.986/14, que tem por finalidade a promoção e a defesa dos direitos humanos, mediante ações preventivas, protetivas, reparadoras e sancionadoras das condutas e situações de ameaça ou violação desses direitos e a proteção aos direitos e garantias fundamentais, individuais, coletivos ou sociais previstos na Constituição Federal, nos tratados e atos internacionais celebrados pela República Federativa do Brasil.

Litro de Luz participa do evento Intersolar Summit Fortaleza Brazil 2019

Posted on Updated on

A Litro de Luz  – organização que leva soluções sustentáveis de iluminação para comunidades que não têm acesso adequado à energia elétrica e já impactou diretamente 11 mil pessoas – estará com um estande no Intersolar Summit Fortaleza Brazil 2019,que ocorrerá no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, hoje e amanhã (10 e 11 de abril, quinta e sexta-feira), apresentando as tecnologias que já iluminaram as cinco  regiões do País.

No estande os visitantes poderão conhecer o lampião e o poste solar, soluções desenvolvidas pelo Litro de Luz para iluminar áreas internas e externas nas comunidades. Além disso, poderá entender como é utilizada a metodologia de desenvolvimento social para capacitar e potencializar as habilidades dos moradores destas comunidades. 

“A Litro de Luz irá participar do Intersolar Summit Brazil, evento que é referência em inovação tecnológica na geração de energia fotovoltaica. Por outro lado, a nossa organização acredita na tecnologia como um meio de transformar a realidade de milhares de pessoas. Assim, participar deste evento é uma oportunidade de mostrar como a energia solar pode levar empoderamento comunitário de uma maneira sustentável.”, diz Renata Vilela, responsável pela atuação da organização na região nordeste do Brasil.

Intersolar Summit Brasil Nordeste
O Intersolar Summit Brasil Nordeste será realizado em Fortaleza, CE, em 10–11 de abril de 2019. O evento é voltado para especialistas brasileiros e internacionais, e enfocará a energia solar e renovável na região. O congresso de alto nível reunirá 250+ delegados e 25+ palestrantes de primeira linha para discutir políticas, desafios legislativos e marcos regulatórios, bem como financiamento e soluções de integração de redes. 
Incrições abertas até o dia 10 de Abril. Entrada gratuita.

Confira a programação no site:
http://centrodeeventos.ce.gov.br

Sobre a Litro de Luz:

No Brasil desde 2014, a Litro de Luz desenvolve soluções ecológicas e economicamente sustentáveis para combater a falta de iluminação nas cinco regiões do país, tendo impactado diretamente mais de onze mil pessoas.  Foi por meio de uma solução acessível, criada pelo brasileiro Alfredo Moser, em 2002 – que usou garrafas pet abastecidas com água e alvejante para solucionar o problema da falta de luz dentro de casa –, que o movimento global Liter of Light foi criado nas Filipinas, em 2011. Atualmente, a organização está presente em mais de 21 países e já impactou a vida de milhões de pessoas, além de ter recebido importantes premiações como o World Habitat Awards 2015, da ONU, e o Zayed Energy Prize, considerado o prêmio NOBEL de Energia Sustentável. 
site:https://www.litrodeluz.com

ECR Nordeste promove 23º workshop para público varejista nesta quarta (10.4), na CDL de Fortaleza

Posted on Updated on

A Associação ECR Brasil (Efficient Consumer Response – Resposta Eficiente ao Consumidor) realiza hoje (10.4, quarta-feira) Workshop para o público varejista e interessados. Com operações mundiais e sede brasileira em São Paulo, a ECR promove programações voltadas para disseminação de conteúdo sobre as melhores práticas no segmento. Assim, na próxima quarta-feira (10), a associação O evento acontece na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), de 8h30 às 12h30, com inscrição gratuita.

A entidade, que atua em Fortaleza desde 2015, diz que o objetivo é o de estreitar e aperfeiçoar relações entre as indústrias e as empresas locais nordestinas, bem como com seus consumidores.

A programação para o workshop será dividida em três painéis. O primeiro tema “Fator crítico de sucesso” conta com a palestra “Prova de Orquestra/ Colaboração”, dos diretores da Tapera das Artes, Ritelza Cabral e Ênio Antunes e a palestra “Colaboração, fator indispensável para a longevidade empresarial”, da co-fundadora da KM Partners, Kelly Malheiros. Em seguida, será apresentado o painel Shopper, com Kita Mastopiero, palestrando pela primeira vez em Fortaleza, sobre o modelo Shopper-centric. O último painel levanta a temática Eficiência e Produtividade e apresenta as palestras de Alberto Englert e Silverio Souza, diretor e principal Goldratt Consulting Brasil, com o tema “Inovação na conexão Varejo-indústria – Uma abordagem Israelense”. Em seguida, a palestra “Logística Reversa desafios e oportunidades para varejo e indústria – case Império Moveis” será apresentada pelo sócio da Focus-Trigueiro Consultoria & Treinamento, Felipe Trigueiro.

Encerrando a manhã de atividades, Antônio Rodrigues, diretor Logística Betânia Lácteos, apresenta a palestra “Projetos colaborativos logísticos”.

O workshop ECR contará com a participação dos presidentes de Indústria e Varejo da ECR Regional, Bruno Girão, presidente da Batânia Lacteos. A ECR Regional conta com 50 empresas participantes. 15 fazem parte do setor industrial e 35 do varejo. Empresas como Betânia, Frosty, Minalba, M. Dias Branco, 3 Corações, Mercadinhos São Luis e Pinheiro Supermercados fazem parte da entidade, que investe nos valores de colaboração, métodos e resultados e networking internacional. Para Bruno Girão esse trabalho vem se consolidando cada vez mais na nossa região. “É muito importante essa parceria da indústria com o comércio varejistas, pois cria oportunidades para os dois setores, através do esforço conjunto de toda a cadeia produtiva. É esse laço que queremos estreitar para impulsionar o Nordeste como grande fornecedor de produtos e serviços com cada vez mais qualidade”, explica o Bruno Girão, presidente da ECR Regional.

Schneider Electric tem novo CFO para América do Sul

Posted on Updated on

A Schneider Electric, líder global na transformação digital em gestão da energia elétrica e automação, anuncia Igor Glaser como CFO para América do Sul. O executivo, que tem ampla experiência internacional tanto em economias emergentes quanto desenvolvidas, formou-se em Administração de Empresas na USP e concluiu um programa de gestão avançada na IESE Business School (Universidade de Navarra, na Espanha).

Glaser ingressou na Schneider em 2001 como controller e, ao longo da sua trajetória, ocupou diferentes cargos de liderança: gerente financeiro, diretor administrativo-financeiro, CFO para a Zona Andina (que engloba Colômbia, Bolívia, Venezuela, Peru e Equador), VP de Desenvolvimento de Negócios na Europa Central e Oriental, presidente da operação austríaca e, mais recentemente (entre 2017 e 2019), CFO da subsidiária brasileira. Ele passa a responder para Rafael Segrera, presidente da empresa para América do Sul.

Igor Glaser acumula passagens pela Bayer e Sachs.

Frente parlamentar defende mais recursos para municípios

Posted on Updated on

A recuperação da capacidade de investimento de estados e municípios é a principal meta da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Novo Pacto Federativo. A pauta legislativa da frente foi elaborada em conjunto pela Confederação Nacional de Municípios e a Frente Nacional de Prefeitos.

O primeiro item é a proposta de emenda à Constituição (PEC 391/17) que acrescenta 1% ao Fundo de Participação dos Municípios (FPM) na distribuição de recursos da União provenientes da arrecadação do imposto de renda e do IPI.

O coordenador da frente parlamentar, deputado Sílvio Costa Filho (PRB-PE), justifica a necessidade de reforço no caixa de estados e municípios. “Infelizmente, nesses últimos 20 anos, os municípios e os estados perderam a capacidade de investimento e tiveram redução de receita”, lamentou.

O deputado argumenta que antes da Constituição de 1988, 70% do que se arrecadava no Brasil ficavam nas mãos de estados e municípios. “Agora, essa pirâmide se inverteu: 60% ficam nas mãos da União e 40% nas mãos de estados e municípios. Então, defendemos que o governo federal amplie a distribuição dos recursos”, completou.

Municípios no vermelho
Para o deputado, a atual distorção na distribuição de recursos é a principal responsável pelo fato de um terço dos municípios estar com as contas “no vermelho” e de quase dez estados não apresentarem condições sequer de pagar o funcionalismo público. Sílvio Costa Filho também cita alguns dos impactos negativos dessa situação financeira em programas sociais e nas políticas de educação e saúde.

“Hoje, a gente tem um grande no déficit no Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação); em vários programas da área da saúde, onde, há quase 12 anos, não há reajuste na tabela do SUS”, enumerou.

Ele também cita obras paralisadas e dificuldades para manter os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). “Porque o governo não está pagando. Então, a gente defende que o governo priorize a agenda municipalista”, disse.

Além da PEC do FPM, a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Novo Pacto Federativo também quer a aprovação de propostas relativas à nova lei de licitações e à reformulação do marco legal do saneamento básico.

Shopping Iguatemi e Unifor, em Fortaleza, recebem postos de coleta de sangue

Posted on Updated on

Com o objetivo de aumentar o número de doações neste período, o Centro de Hemoterapia e Hetalogia do Ceará (Hemoce), em parceria com o Instituto Pro Hemoce, instalou mais dois postos de coleta na Capital cearense. Um deles fica no Shopping Iguatemi e o outro posto está na Universidade de Fortaleza (Unifor).

No Iguatemi, além da doação de sangue, a população também pode fazer cadastro para ser doador de medula óssea, que está sendo feito durante todo o horário de funcionamento do shopping, das 10h às 22h, de segunda a sábado e das 10h às 21h aos domingos. Já as doações de sangue estão sendo feitas no período da tarde, das 15h às 22h, de segunda a sábado, e das 15h às 21h aos domingos. O posto de coleta ficará no local durante três meses, até o dia 30 de junho, no 1º piso em expansão, na frente da praça de convivência.

Já na Unifor, o posto do Hemoce está montado ao lado do Centro de Convivência, no Bloco I. Os interessados podem fazer sua doação de sangue até esta quinta-feira (11), último dia de ação do HEMOCE e Instituto Pro Hemoce na Universidade, durante todo o dia, das 09h às 20h.

Além dos dois postos de coleta temporários, a população também tem mais três pontos fixos para doação: o hemocentro coordenador, o posto de coleta no IJF e a unidade na Praça das Flores. No interior do estado, há hemocentros regionais em Quixadá, Iguatu, Crato, Juazeiro do Norte e Sobral.

Para ser um doador de sangue é preciso estar saudável, bem alimentado, ter mais de 50kg, idade entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial e original com foto. Menores de 18 anos precisam apresentar o termo de consentimento disponível para download no site do Hemoce (www.hemoce.ce.gov.br).

A expectativa é que, com mais opções de locais para doação e mais ações de conscientização sobre a importância da doação de sangue e cadastro de doação de medula óssea, cada vez mais, pessoas se solidarizem a doar e salvar vidas. Cada doação importa!

O Pro Hemoce é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, que desenvolve ações de apoio ao Hemoce, em diversas áreas de atuação, através de convênios, acordos e contratos com diferentes organizações e a sociedade em geral.

Fundado em 2013, o Instituto também atua com atividades de capacitação e formação de profissionais, presta serviços de saúde e apoio na gestão dos hemocentros no Ceará. A maior missão do Pro HEMOCE é ser mais um canal de apoio parceiro do Hemoce na busca por, cada vez mais, pessoas que queiram, com o ato da doação de sangue, salvar vidas.

Camilo Santana diz que hub tecnológico vira realidade com inauguração do data center da Angola Cables

Posted on Updated on

O Ceará passa a ter protagonismo na área de tecnologia da informação ao ver se tornar realidade o hub tecnológico com a inauguração, na próxima terça-feira (16), do Data Center da multinacional de telecomunicações Angola Cables, que se conecta com o cabo South Atlantic Cable System (Sacs) e o sistema Monet, ambos com alta tecnologia de processamento e armazenamento de dados. A informação foi repassada nesta terça-feira (9) pelo governador Camilo Santana durante bate-papo com a população pelas redes sociais.

Para o chefe do Executivo estadual, o Ceará passa a ter um trunfo ainda maior na atração de multinacionais que trabalham no setor com o Data Center. “Todos os cabos de fibra ótica que entram no Brasil e na América do Sul passam pelo Ceará, então a ideia é aproveitar esse potencial da nossa localização geográfica para trazer empresas internacionais na área de tecnologia da informação. É uma tarefa importante que a gente tem pela frente para desenvolver esse hub no Ceará. Foi feito um investimento de quase R$ 1 bilhão pela empresa. É o primeiro cabo que une o continente africano com o Brasil”, destacou.

O cabo Sacs liga Fortaleza a Luanda, em Angola. Camilo Santana participou, ainda em 2017, da solenidade de lançamento do cabo submarino de fibra ótica, que saiu do continente africano e cruzou 6.200 quilômetros do Oceano Atlântico para chegar na capital cearense.

Perguntas e respostas

Após anunciar a inauguração do Data Center, Camilo Santana respondeu questionamentos enviados por cidadãos e um deles foi sobre a conclusão das obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) Parangaba – Mucuripe. Na ocasião, o governador informou que o VLT já funciona desde o ano passado de forma gratuita em boa parte de sua extensão e que já foram entregues oito estações, restando apenas duas, Mucuripe e Iate, com o intuito de início da operação assistida para junho.

Camilo também foi indagado sobre ações nas áreas da saúde e da segurança. Sobre os investimentos em saúde, o governador destacou que o “Banco Interamericano de Desenvolvimento fez um relatório recentemente reconhecendo o Ceará como um dos estados com a melhor rede pública de saúde do Brasil”. Camilo Santana reconheceu que ainda há o que melhorar, mas que “só em Fortaleza são 12 UPAs 24h para atender a população, sendo mais 35 em todo o estado. São 19 policlínicas e ainda terá a inauguração da de Maracanaú, Canindé e Crato”, pontuou. Sobre a rede hospitalar, ele disse que o Estado possui 11 hospitais e que está dobrando a capacidade de atendimento do IJF em parceria com a Prefeitura de Fortaleza.

Na área da segurança o chefe do Executivo destacou a implantação do Batalhão do Raio em cidades com mais de 50 mil e o projeto já em desenvolvimento para instalar em municípios que possuem mais de 30 mil habitantes. Citou também a implantação do sistema de videomonitoramento em diversas cidades, o reforço da Polícia Civil, a contratação de mais policiais militares, compra de novas aeronaves para o Ciopaer, viaturas e armas.

Ao responder uma pergunta de uma moradora do município de Graça sobre a recuperação da ladeira da Lapa, o governador aproveitou a oportunidade para falar sobre o projeto para recuperar a malha viária do Estado. “Vamos apresentar um plano de recuperação das rodovias estaduais por conta das fortes chuvas que danificaram nossas estradas. Peço até para as pessoas terem um pouco de paciência, pois não adianta recuperar agora enquanto ainda está chovendo, mas vamos fazer assim que passar esse período”, comunicou Camilo.

Bolsa Família é ação inclusiva com impacto positivo contra doenças relacionadas com a pobreza

Posted on Updated on

Dados da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) indicam 4.750 registros de casos de tuberculose em 2018, com 295 mortes em todo o estado. Apesar do número ainda significativo, há uma queda gradual da doença nos últimos anos. Em 2006, eram 5.972 casos, o que significa uma redução de mais de 20% de lá para cá. De acordo com estudos realizados pelo Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, o recuo nas taxas de incidência e mortalidade, identificado em todo o país, pode estar relacionado à atuação direta do Programa Bolsa Família entre as famílias mais pobres.

A primeira pesquisa aponta para uma diminuição de 15,8% na incidência de tuberculose entre os anos de 2004 e 2012. Para esse resultado, foram analisados 2.458 municípios, responsáveis por mais de 93% dos casos de tuberculose diagnosticados no Brasil. Assim, o estudo levou em consideração os nove anos inicias do Programa Bolsa Família, introduzido no país em 2004.

“Nossos resultados sugerem que o Programa Bolsa Família, embora não tenha sido desenvolvido para o controle da tuberculose, pode ter contribuído, pelo menos em parte, para essa redução”, explica Joilda Nery, professora do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA que liderou o estudo.

Ainda segundo a pesquisadora, o programa se concentra nas famílias pobres, que consequentemente estão em alto risco de tuberculose. Para ela, há importantes evidências sugerindo que o programa reduziu a pobreza extrema e aliviou as desigualdades sociais e econômicas, melhorando o estado nutricional e outros benefícios para a saúde entre os indivíduos mais carentes.

“O Bolsa Família mostra-se uma política pública inclusiva que tem impacto positivo, particularmente no que diz respeito às doenças relacionadas com a pobreza. Pesquisas futuras devem avaliar a eficácia dessas intervenções e como elas podem contribuir para o controle da tuberculose em todo o mundo”, observa a professora.

Queda da mortalidade

O segundo estudo do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA avaliou os coeficientes de mortalidade por tuberculose no Brasil entre os anos de 2001 e 2012. A pesquisa abrange o efeito conjunto da Estratégia de Saúde da Família, iniciada em 1994, e o Programa Bolsa Família, implantado em 2004.

“Nossos resultados sugerem que o Programa Bolsa Família, embora não tenha sido desenvolvido para o controle da tuberculose, pode ter contribuído, pelo menos em parte, para essa redução”, explica Joilda Nery, professora do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA que liderou o estudo.

Em todo o período avaliado, o número de mortes pela doença recuou em 30% no país. Um total de 5.249 mortes resultantes de todas as formas de tuberculose foi registrado em 2001, caindo para 4.316 em 2012.

Para o pesquisador responsável pelo estudo, Ramon Andrade de Souza, a atuação do Programa Bolsa Família está associada a fatores socioeconômicos, como habitação, alimentação, educação e acesso a serviços de saúde, resultando em melhorias nas condições sociais. “A transferência direta de renda pode contribuir também para melhor adesão ao tratamento, aumento das taxas de cura e, consequentemente, uma redução no número de mortes”, explica o pesquisador.

Para ele, o estudo aponta para a necessidade de reforçar o investimento na implementação universal de políticas de saúde. “Outros estudos precisam ser realizados para aumentar o conhecimento sobre os mecanismos envolvidos na mortalidade por tuberculose e para estabelecer novas associações”, conclui.

“Nossos resultados sugerem que o Programa Bolsa Família, embora não tenha sido desenvolvido para o controle da tuberculose, pode ter contribuído, pelo menos em parte, para essa redução”, explica Joilda Nery, professora do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA que liderou o estudo.

Em todo o período avaliado, o número de mortes pela doença recuou em 30% no país. Um total de 5.249 mortes resultantes de todas as formas de tuberculose foi registrado em 2001, caindo para 4.316 em 2012.

Para o pesquisador responsável pelo estudo, Ramon Andrade de Souza, a atuação do Programa Bolsa Família está associada a fatores socioeconômicos, como habitação, alimentação, educação e acesso a serviços de saúde, resultando em melhorias nas condições sociais. “A transferência direta de renda pode contribuir também para melhor adesão ao tratamento, aumento das taxas de cura e, consequentemente, uma redução no número de mortes”, explica o pesquisador.

Para ele, o estudo aponta para a necessidade de reforçar o investimento na implementação universal de políticas de saúde. “Outros estudos precisam ser realizados para aumentar o conhecimento sobre os mecanismos envolvidos na mortalidade por tuberculose e para estabelecer novas associações”, conclui.